Como saber se um peixe está saudável

junho 11, 2019
Se você quiser ter um aquário saudável, deve levar em conta quais doenças podem afetar os seus peixes.

Antes de introduzir um aquário em nossa casa, devemos estar cientes de que seu interior será povoado por seres vivos que precisam de cuidados específicos. Será que realmente sabemos dizer quando um peixe está saudável ou não?

Os peixes em um aquário são animais sensíveis que devem ter uma ótima qualidade de vida para se desenvolver adequadamente e evitar inúmeras doenças.

As doenças mais comuns nos peixes e seus sintomas

Antes de explicar como saber se o seu peixe está saudável, queremos apresentar as principais doenças que podem afetar a sua saúde. Ao conhecer as patologias mais frequentes nos peixes de aquário, será mais fácil preveni-las e reconhecer seus sintomas.

O verme âncora

O verme âncora é um minúsculo parasita que enterra sua cabeça no animal parasitado, geralmente em um peixe. Sua presença provoca um processo inflamatório na pele do animal, que apresentará alguns fios verdes que podem ser difíceis de identificar a olho nu.

Quando esse parasita penetra em sua pele, os peixes costumam nadar insistentemente de um lado para o outro para esfregar o corpo contra o vidro do aquário. Esta é a maneira que o animal encontra para aliviar a coceira e o desconforto causados pela inflamação.

As doenças mais comuns nos peixes e seus sintomas

Hidropsia

A hidropsia é uma doença crônica que normalmente progride de forma silenciosa no corpo do peixe. Geralmente está associada à higiene inadequada do aquário ou à falta de manutenção de seus filtros. No entanto, déficits nutricionais também podem causá-la.

Quando o aquário não recebe a devida higiene,  a água forma um ambiente propício à proliferação de inúmeras bactérias, fungos e algas. Como resultado, um nível excessivo de sódio e nitritos é observado.

Na maioria dos casos, os sintomas só serão visíveis nos estágios mais avançados da doença. Em um peixe afetado pela hidropsia avançada, veremos um abdômen inchado e escamas que se projetam da ponta do seu corpo.

Íctio ou pontos brancos

A doença comumente conhecida como “pontos brancos” é muito comum em peixes de aquário. É uma patologia altamente contagiosa causada por um parasita microscópico que fica sob a pele do animal.

Esses parasitas precisam deixar o corpo do peixe para se reproduzir. Portanto, o progresso da doença leva à formação de buracos na pele do animal, que muitas vezes se infectam rapidamente. Nestes pequenos buracos formam-se cistos, dos quais nascerão os novos parasitas.

Um dos sintomas mais característicos desta patologia é o surgimento de pontos brancos na pele dos peixes, que são precisamente os buracos gerados pelos parasitas. Problemas respiratórios também são observados, pois as brânquias são impedidas de se mover normalmente.

Costiose

Se um peixe está saudável, sua pele tem seu próprio brilho característico que realça a sua beleza. No entanto, quando um peixe sofre de costiose, vemos que seu corpo começa a se tornar cada vez mais opaco.

Este é o principal sintoma desta doença e acontece graças à formação de uma camada acinzentada na pele e nas brânquias. Outro sinal óbvio de costiose é que os peixes começarão a esfregar seu corpo contra as plantas ou o vidro do aquário.

Em geral, a costiose está associada à falta de higiene do aquário ou a um problema no sistema de filtragem.

Seu peixe está saudável?

5 sinais de que um peixe está saudável

Quando um peixe está saudável, além de não apresentar os sintomas mencionados acima, também vemos sinais de que sua vida e comportamento estão equilibrados. Estes são indícios óbvios de que o seu peixe está saudável e gosta do seu ambiente:

  1. Nado equilibrado e coordenado. Se um peixe está saudável, observamos que o seu nado inclui movimentos equilibrados e coordenados. Além disso, eles ficam limitados a se mover na faixa onde os indivíduos de suas espécies geralmente se movem.
  2. Reações rápidas. Peixes saudáveis ​​são sensíveis e estão sempre atentos aos estímulos do seu ambiente. Portanto, se eles percebem qualquer ameaça ou estímulo estranho, fogem rapidamente.
  3. Sua pele e escamas são saudáveis ​​e vivazes. Um peixe saudável não deve sofrer perda de escamas ou alterações na sua aparência, brilho ou cor. Também não há manchas, inflamações ou formação excessiva de muco na pele ou nas brânquias.
  4. Apetite equilibrado: se o seu peixe estiver saudável, o seu apetite estará normal e ele vai comer regularmente em determinados momentos. No entanto, algumas doenças podem causar falta de apetite, enquanto outras levam a um aumento no consumo de alimentos.
  5. Seu corpo não tem alterações na aparência ou na forma. O corpo de um peixe saudável é proporcional, de acordo com as características da sua espécie. Quando um peixe fica doente, podemos observar algumas alterações na forma do corpo, como o abdômen inchado ou a aparência de estar muito magro.

Muitas doenças progridem silenciosamente e comprometem a saúde do peixe sem mostrar sinais evidentes. Lembre-se de prestar especial atenção à higiene do aquário e às necessidades nutricionais dos seus peixes.