Conheça estas 5 espécies do rio Amazonas

· setembro 25, 2018
Estas espécies são encontradas nas águas deste rio, o maior e mais caudaloso do mundo. Além disso, é cercado pelas florestas tropicais mais extensas do planeta, o que lhe confere a maior biodiversidade do mundo.

A piranha talvez seja a mais conhecida habitante do rio Amazonas! No entanto, existem outros animais menos “famosos”, mas mais interessantes… O que você acha do peixe-boi da foto acima?

O rio Amazonas é o maior e mais caudaloso do mundo. A região amazônica, uma das áreas com maior biodiversidade do planeta, é o refúgio de milhões de espécies de animais e plantas, muitas das quais ainda por serem descobertas. Conheça 5 espécies do rio Amazonas que mais interessam à comunidade científica.

Peixe-boi 

O peixe-boi é o maior mamífero desse ecossistema. Este gigante de pele acinzentada pesa cerca de 454 quilos e mede três metros de comprimento.

Encontra-se, sobretudo, ao norte da bacia do rio Amazonas, onde é conhecido como a ‘vaca do mar’. A dieta do peixe-boi é essencialmente composta de plantas que crescem nas margens do rio.

desmatamento, infelizmente, está colocando esta fonte de alimentação da espécie em perigo. Por outro lado, seu alto valor no mercado negro levou este animal a entrar em perigo de extinção.

O golfinho do rio Amazonas

Essa espécie de golfinho, cercada por uma aura mitológica que o salvou da caça furtiva, passa a vida nadando entre as árvores da floresta amazônica.

Inia geoffrensis, também conhecido como boto ou golfinho rosa, pesa até 200 quilos e mede até 2,50 metros de comprimento.

golfinho do rio Amazonas: o boto rosa

Morfologicamente adaptado ao seu ambiente aquático de águas turvas, o golfinho do rio Amazonas praticamente não tem visão. Sua testa saliente e seu focinho fino e alongado permite-lhe caçar em meio aos galhos e raízes do leito amazônico submerso.

Esta espécie não tem predadores, mas a poluição, a sobrepesca e os propulsores dos barcos reduziram consideravelmente sua população.

A piranha, uma das espécies mais temidas do rio Amazonas

Estes pequenos peixes com dentes afiados são as espécies que os viajantes mais temem. Sua dieta composta por peixes e pequenos animais mortos ajuda o ecossistema amazônico a se livrar das toxinas geradas pela abundante carne em decomposição de seus rios.

piranha

Estima-se que existam entre 30 e 60 variedades de piranhas, e que apenas 5 delas representam um perigo para os seres humanos, a saber:

  • A piranha vermelha ou Pygocentrus nattereri
  • A piranha preta ou Serrasalmus rhombeus
  • Serrasalmus Piraya
  • A piranha prateada ou Serrasalmus ternetzi
  • Serrasalmus hollandi

A tartaruga gigante do rio Amazonas

De nome científico Podocnemis expansa, a tartaruga gigante da Amazônia pode atingir um metro de comprimento e pesar quase 100 quilos. As fêmeas tendem a ser mais pesadas, pois sua casca é consideravelmente mais espessa do que a dos machos.

tartaruga gigante do rio Amazonas

Esta espécie de tartaruga geralmente não sai da água, com exceção das fêmeas, que põem ovos nas praias fluviais. Uma vez que os ovos são enterrados, eles geralmente retornam à água imediatamente.

Os predadores que mais representam uma ameaça para essas tartarugas são várias espécies de aves que, geralmente, esperam os ovos eclodirem para então devorarem os filhotes.

Acredita-se que apenas 5% dos filhotes sobrevivem nesses casos.

A enguia elétrica

Esta espécie pode emitir choques elétricos de até 850 volts, cinco vezes a voltagem gerada por uma tomada elétrica doméstica. A enguia elétrica é um dos animais selvagens mais perigosos do rio Amazonas.

enguia elétrica

Podemos encontrá-la nas águas turvas do rio Amazonas, um ambiente que reduziu sua visão a um mínimo e que fez com que ela usasse suas descargas elétricas tanto para caçar quanto para se defender.

Apesar de seu nome, a enguia elétrica não é uma enguia como tal, mas uma espécie de peixe da família Gymnotidae. Sua expectativa de vida é de até 15 anos, e sua dieta consiste em peixes, anfíbios e pequenos pássaros.