Conheça o glutão, um carnívoro voraz

· dezembro 7, 2018

Apesar de ser de pequeno tamanho, o glutão é capaz de abater presas consideravelmente maiores que ele. Além disso, esse pequeno predador também come carniça e animais doentes.

Se pensarmos em um animal com o nome de “glutão”, talvez pensemos que se trata de um espécime muito terno e doce.

No entanto, o carcaju (outro dos nomes pelos quais ele é conhecido) não é tão doce assim. Além disso, o personagem Wolverine foi baseado nele! Aprenda sobre este carnívoro voraz a seguir!

Características e habitat do glutão

Embora pareça um urso pequeno, o glutão pertence à família dos mustelídeos, assim como as doninhas. Seu corpo é robusto e sua pelagem é marrom ou preta, longa e espessa, para suportar o frio.

Além disso, os machos podem atingir até 20 quilos de peso. As fêmeas, por outro lado, têm quase a metade do tamanho e não excedem 12 quilos.

O carcaju habita o hemisfério norte, desde áreas remotas das florestas boreais até a tundra alpina e as florestas subárticas.

As maiores populações são encontradas no norte do Canadá, no Alasca, nos países europeus nórdicos (Península Escandinava) e na Sibéria e na Rússia ocidental.

Devido à redução do seu habitat natural e à caça, em muitas áreas ele foi extinto. No entanto, ainda está fora de perigo, pois não é fácil encontrá-lo.

Comportamento e alimentação do Glutão

É um animal solitário, exceto na época de reprodução. Seus territórios são fixos e os machos podem dominar até 1.000 km de comprimento. Ele está sempre se movendo (seja de dia ou à noite) em busca de comida.

glutão, um carnívoro voraz

Quanto à sua dieta, embora seja um onívoro clássico, é mais comum consumir outros animais, incluindo carniça e espécimes doentes.

Apropria-se das presas que caem nas armadilhas dos caçadores e “assalta” os armários de comida das cabanas na floresta.

De acordo com a época do ano, o ‘menu’ deste mamífero voraz muda. No inverno, ele se alimenta de ungulados, animais mortos e presas ocasionais.

No verão, ele prefere aves (e seus ovos), insetos, larvas, pequenos roedores, grãos oleaginosos e bagas.

Para obter sua comida, o glutão tem várias técnicas: mantém o controle de sua presa e as ataca de surpresa.

Além disso, também rouba as presas de outros carnívoros, como raposas, ou move grandes rochas ou troncos para criar armadilhas. Isso lhe deu a fama de ser um caçador muito obstinado.

Outra das características mais marcantes do Glutão é a sua ferocidade e força, que não correspondem ao seu tamanho.

Há casos documentados de ataques a presas muito maiores em tamanho em que o carcaju ‘saiu vitorioso’. Seus principais inimigos são o lobo cinzento, o urso preto e o urso pardo, com quem ele luta bastante por comida.

glutão, ou carcaju

Em termos de reprodução, um macho pode formar pares com duas ou três fêmeas, que visita ocasionalmente durante o ano.

A estação de acasalamento ocorre no verão, embora “mantenham” os ovos fertilizados até o inverno. Após quase dois meses de gestação, dão à luz três filhotes, que são visitados pelos pais até as 10 semanas de idade.

O glutão na cultura

As lendas canadenses (especificamente de Quebec e Labrador) acreditam que o glutão foi um dos criadores do mundo. Para os nativos Innu, do Canadá, esse animal é venerado.

Em muitas cidades, equipes ou organizações, o carcaju foi escolhido como mascote ou símbolo. Por exemplo, o estado norte-americano de Michigan é conhecido como “o Glutão” e sua universidade incluiu este animal em sua insígnia.

Algo que realmente chamou nossa atenção é que seu nome em inglês, Wolverine, é o mesmo que o do personagem da série X-Men.

Foi confirmado que os criadores se basearam nas características deste mamífero para criar um dos integrantes mais conhecidos da escola mutante: baixa estatura, ferocidade e poderosas garras.