Conheça os cães braco

dezembro 23, 2018
Estes cães destacam-se pelo seu nível de atividade física e seu grande olfato, o que os torna grandes cães sabujos ou cães de caça. 

A família de cães Braco é composta principalmente de raças europeias, que compartilham um passado comum e várias características similares. Neste artigo vamos falar sobre eles.

Os cães braco: quantas raças existem

No total hoje podemos encontrar 11 raças de cães bracos e duas sub-raças alemãs. Até meados do século passado havia mais uma raça, o braco de Puy (França), agora extinta. Estes são os principais expoentes da família:

  1. Braco alemão

Dentro desta primeira raça de cães bracos podemos encontrar duas sub-raças. A mais conhecida é a de pelos curtos – foto que abre este artigo – criada em 1800 para caçar aves e javalis.

Suas principais características são: olfato superior ao de outros cães, estilo elegante, inteligência extraordinária, resistência física e paixão pela água.

No caso do braco alemão de pelos compridos, também tem sido usado para caçar aves – entre elas os falcões – desde o final do século 19.

É um cão tranquilo, fácil de guiar e com um bom temperamento. De tamanho médio, pelo ‘aramado’ e cauda curta.

  1. Braco de weimar

Em alemão é chamado weimaraner e é um dos cães bracos mais famosos do mundo. É um excelente coletor e caçador. Possui pelagem curta e espessa, de cor marrom, seu nome é devido a um duque.

weimaraner

Quando nasce, o braco de Weimar tem olhos azuis, mas aos três meses eles mudam para um tom âmbar. Outra característica distintiva da raça são suas orelhas grandes e caídas para frente.

É um cão muito enérgico e saudável, não gosta de ficar sozinho em casa e precisa de exercitar-se muito todos os dias.

  1. Braco húngaro

vizsla é outro dos mais famosos cães bracos da família, usado como animal de companhia ou para caçar. É muito ativo e requer pelo menos uma hora de exercícios por dia.

Seu olfato é superior ao de outras raças e, além disso, ele gosta muito de água.

É considerado o animal nacional da Hungria e suas origens remontam ao século 10.

Braco húngaro

Tem pelos curtos e marrons por completo, suas orelhas são grandes e caídas para frente, e sua cauda é longa e fina. Seu corpo é atlético, com as pernas alongadas – mais as de trás – e a cabeça grande e quadrada.

  1. Braco italiano

Nos tempos antigos havia duas sub-raças italianas de braco, uma adaptada à montanha e outra à planície. No entanto, no momento eles se juntaram e há apenas um padrão.

É um cão apontador (pointer), com físico semelhante ao dos outros cães: pernas longas, orelhas grandes, cauda fina e trufa quadrada.

Braco italiano

O braco italiano distingue-se dos outros pela sua pelagem, que é branca com manchas e lunares marrons-claras.

As orelhas e a área dos olhos são mais escuras. O resto das marcas é específico para cada exemplar.

  1. Braco Francês

O último dos cães braco desta lista é uma das cinco raças desta família cuja origem é francesa (somando o extinto Puy seriam seis). Foi desenvolvido na área dos Pirenéus e é bastante exótico fora desta região.

Braco Francês
Fonte: www.dogalize.com

O braco francês é de tamanho médio, seu corpo é musculoso e tem pernas longas e finas. A cabeça é quase toda marrom, mas o resto dos pelos podem ter manchas ou pontos escuros em uma base clara.

Ele se dá muito bem com crianças e com outros cães. Além disso, se adapta a qualquer clima.

Quais são os outros cães braco que não descrevemos nesta lista? O tirolês (Áustria), o americano e o francês de Ariége, Auvergne, Bourbon e Saint Germain.

Guaguère, E., Muller, A., & Cauzinille, L. (2001). Braque allemand. Pratique Medicale et Chirurgicale de l’Animal de Compagnie.