Conservação e proteção do dik-dik prateado

agosto 19, 2019
Cientistas especialistas trabalham incansavelmente para conhecer e aprender mais sobre as misteriosas espécies de dik-dik prateado.

O dik-dik prateado é um pequeno antílope que pesa pouco mais do que um gato doméstico. Ele pode ser localizado em uma faixa costeira longa e estreita que se estende por 250 quilômetros a partir da capital da Somália.

Mais especificamente, ele habita do norte de Mogadíscio até a cidade portuária de Hobyo. Esta faixa costeira é conhecida como a ecorregião de pastagens e arbustos de Hobyo, de acordo com o World Wildlife Fund (WWF).

Esta ecorregião possui dunas de areia branca e laranja e espécies endêmicas de aves, mamíferos e répteis. No entanto, a instabilidade política fez com que esta área fosse amplamente inexplorada pelos cientistas.

Dessa forma, das quatro espécies reconhecidas de dik-dik, os cientistas sabem muito pouco sobre o dik-dik prateado.

Descrição física do dik-dik prateado

Inicialmente, acreditava-se que este animal era da mesma espécie que o dik-dik de sal. No entanto, o dik-dik prateado foi classificado como uma espécie distinta em 1978.

A diferença foi demarcada em função do seu tamanho consistentemente menor, cor uniformemente prata e o comprimento da linha superior dos seus dentes.

Alguns cientistas estão analisando as características físicas dos dik-diks prateados para distingui-los de outras espécies. Uma equipe examinou as diferenças na cor e no tamanho da pelagem, observando fotografias do Museu de Zoologia e História Natural de La Specola, na Itália.

Além disso, os espécimes da coleção do Museu de História Natural Faraggiana-Ferrandi, também na Itália, foram usados ​​como base para comparações adicionais.

Proteção do dik-dik prateado

Todos os dik-diks têm grandes olhos escuros rodeados por pelos brancos. Além disso, possuem uma mecha grossa de pelos que se projeta entre os chifres curtos dos machos. O grupo encontrou várias características distintivas no dik-dik prateado, incluindo o seu tamanho.

Os dik-diks prateados são menores, com orelhas menores e um círculo branco menos característico ao redor dos olhos. Além disso, os pelos prateados individuais do dik-dik têm uma ponta preta, seguida por uma faixa creme e depois marrom avermelhado.

Essas faixas claras e escuras alternadas nunca excedem cinco milímetros.

A falta de dados sobre esta espécie

Os cientistas sabem muito pouco sobre a distribuição real e o tamanho da população do dik-dik prateado. Originalmente, pensava-se que os dik-diks prateados estavam limitados à costa da Somália.

No entanto, este antílope foi recentemente fotografado na região de Ogaden, na Etiópia, que faz fronteira com a Somália.

Espécimes de dik-dik prateado

Em 1999, os cientistas estimaram que a população de dik-dik prateado era de 30.000 espécimes. No entanto, mesmo com os novos conhecimentos sobre a sua distribuição, esse número pode ter sido superestimado.

De acordo com a Lista Vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN), a espécie é classificada como “deficiente em dados” devido à falta de informações disponíveis.

A tendência do tamanho da população não é conhecida com precisão, mas certamente está em declínio, segundo os especialistas. A população de dik-dik prateado vive em áreas que não são protegidas.

Essas criaturas são caçadas com frequência, já que sua pele é altamente valorizada. Além disso, os chifres dos machos são exportados ou usados ​​para fazer chaveiros.

O dik-dik prateado também é vendido vivo e é usado para treinar falcões de caça devido à sua pequena estatura. Estas espécies também podem estar sofrendo a destruição de seu habitat pelas mãos do homem.

Os anos de instabilidade política devido aos conflitos em curso na Somália aumentaram a atividade humana ao longo do habitat costeiro do país.

  • https://spaceforgiants.org/2018/12/10/dik-dik-numbers-in-taita-hills-pushed-to-near-extinction/
  • http://webzine.unitedfashionforpeace.com/ethical-planet/save-the-dik-dik-antilopes/#.XKThn5j0nIU
  • https://www.awf.org/wildlife-conservation/dik-dik