11 curiosidades sobre os pumas

O puma é um animal fascinante e cheio de surpresas. Aqui revelamos algumas para você se surpreender.
11 curiosidades sobre os pumas

Última atualização: 11 junho, 2022

Os grandes felinos são sempre objeto de admiração dos humanos, pelo menos de longe. Ninguém gostaria de encontrar um deles de surpresa. No entanto, conhecer curiosidades sobre pumas é sempre interessante, pois são animais formidáveis.

Neste espaço poderá explorar a sua natureza através de vários pontos, pois tudo nestes felinos pode ser uma surpresa para quem o lê. Não perca nada, porque conhecê-los é aprender a respeitá-los.

Curiosidades sobre pumas

O puma, cujo nome científico é Puma Concolor, também é conhecido como onça-parda, suçuarana e leão-baio. Pertence à família Felidae e possui várias subespécies.

Puma Patagônico

1. O mamífero terrestre mais difundido

O puma é nativo da América. Sua área de distribuição é enorme, pois vai do Yukon, no Canadá, ao sul da Cordilheira dos Andes e da Patagônia. No entanto, sua população é desagregada, pois cada indivíduo precisa de grandes áreas.

2. Serve para tudo

O segredo para a sobrevivência dessa espécie é ser altamente adaptável. Do Canadá à Patagônia existem diferentes biomas aos quais o puma se adapta sem problemas. Além disso, tem uma dieta generalista, por isso é capaz de se alimentar de uma grande variedade de presas, de ungulados a camelídeos.

3. Caça por emboscada

Outra das curiosidades sobre os pumas é a sua forma de caçar. Graças à sua discrição e à sua calma para esperar, eles são capazes de se aproximar da presa sem serem detectados, evitando brigas contínuas em que podem se machucar. Elas vão direto para a garganta.

4. É territorial e solitário

Como mencionado acima, os pumas estão espalhados por muitos quilômetros quadrados, mas sua densidade populacional é baixa. De fato, a extensão do território de cada espécime dependerá da abundância de presas, de modo que estarão mais separados à medida que estas forem reduzidas.

Em algumas áreas também competem com outros predadores, como a onça-pintada, que é maior que o puma.

5. Não é capaz de rugir

Apesar de seu tamanho, o puma está mais relacionado aos pequenos felinos (como o gato doméstico) do que aos seus primos do gênero Panthera: o leão, o tigre, o leopardo e a onça. Os pumas, ao contrário destes, miam e ronronam.

O rugido é gerado pela vibração do osso hioide, um osso flutuante e semi-rígido localizado na garganta do felino. Os pumas não têm esse osso.

6. É um superpredador

A palavra superpredador se refere àqueles organismos que atacam outros para sobreviver, mas não estão na dieta de nenhuma outra espécie. O puma é um deles, o que não quer dizer que não sofra ameaças. Em seu habitat, ele tem que competir com outros caçadores contra os quais poderia lutar e perder.

7. Esconde sua comida

Essa é outra das curiosidades sobre os pumas, eles se escondem para comer, mesmo que isso signifique ter que arrastar uma presa enorme por vários metros ou até mesmo subir em uma árvore. Isso tem uma razão de ser, esses felinos pegam uma presa a cada vários dias e se fartam, porque não sabem quando poderão comer novamente. Portanto, antes de consumir a carne, eles a escondem para que nenhum concorrente a roube.

8. Ágil e forte

Escalar árvores com presas a reboque requer músculos poderosos. De fato, os pumas são capazes de atingir 64 quilômetros por hora correndo e pular até 6 metros de altura, até 10 se considerarmos saltos horizontais.

9. Protagonista de culturas e mitologias

Os humanos que viviam perto desses animais estavam perfeitamente cientes de sua enorme força e graça. É por isso que os povos indígenas das Américas o reconheceram em sua cultura, a cidade inca de Cuzco foi projetada em forma de puma e o Lago Titicaca recebeu o nome da palavra aymara titi, “onça”.

Referências a esse grande animal também são encontradas na América do Norte. Para os Apaches e Walapai, o puma era um prenúncio da morte. Os Cheyennes também fizeram referência ao puma em seus escritos antigos.

10. São raros ataques contra humanos

Embora alguns ataques à nossa espécie tenham sido registrados, esses felinos geralmente fogem de nós. Eles sabem que somos perigosos e só atacam quando se veem em sério perigo, já que não fazemos parte de sua dieta.

11. É uma espécie em extinção

Hábitos e Costumes do Puma

O puma está atualmente listado com o status pouco preocupante. A maior ameaça que ele enfrenta é a perda de habitat, pois o desmatamento causado pelo desenvolvimento industrial e residencial fragmenta seu território e o obriga a competir em maior medida.

Por outro lado, é considerado um felino perigoso desde que a colonização europeia chegou à América, por isso sua caça indiscriminada foi permitida e tolerada por muitos anos. Felizmente, a conscientização sobre a importância da fauna nativa está aumentando, então não faltam pessoas preocupadas com os pumas. Pouco a pouco, juntos, poderemos mostrar a natureza maravilhosa desses felinos.

Pode interessar a você...
Alimentação do puma
Meus Animais
Leia em Meus Animais
Alimentação do puma

A alimentação do puma é um aspecto fundamental dessa espécie, pois permite trabalhar para a sua conservação. É um carnívoro estrito. Confira!



  • Nielsen, C., Thompson, D., Kelly, M. & Lopez-Gonzalez, C.A. 2015. Puma concolor (errata version published in 2016). The IUCN Red List of Threatened Species 2015: e.T18868A97216466. https://dx.doi.org/10.2305/IUCN.UK.2015-4.RLTS.T18868A50663436.en. Accessed on 06 April 2022.
  • Scognamillo, D., Maxit, I. E., Sunquist, M., & Polisar, J. (2003). Coexistence of jaguar (Panthera onca) and puma (Puma concolor) in a mosaic landscape in the Venezuelan llanos. Journal of Zoology259(3), 269-279.