Dia Mundial dos Animais, uma data muito especial

maio 8, 2019
O Dia Mundial dos Animais é uma celebração que busca reivindicar os direitos e o bem-estar tanto de animais de estimação quanto de espécies selvagens ou que são usadas na pecuária.

4 de outubro é o Dia Mundial dos Animais, uma data muito especial tanto para celebrar o trabalho de vários profissionais na proteção dos animais quanto para lembrar o quão variado e complexo é o mundo.

Quando se começou a celebrar o Dia Mundial dos Animais?

Esta celebração foi organizada pela primeira vez em 24 de maio de 1925 por Heinrich Zimmermann, em Berlim.  No entanto, a intenção inicial era celebrar a ocasião em 4 de outubro, a data em que o palácio esportivo foi ocupado.

Editor e escritor amante de animais, Heinrich conseguiu reunir 5.000 pessoas naquela tarde em Berlim. A razão por trás da data em que esse homem tentou instaurar a celebração foi o fato de que era o dia de São Francisco de Assis, patrono da ecologia.

A lenda diz que São Francisco de Assis era capaz de conversar com os animais, mas o que se sabe ao certo é que ele é considerado o fundador da Ordem Franciscana.

O evento começou a ser realizado em vários países da Europa, mas foi oficializado apenas quando o Congresso Internacional de Proteção Animal, realizado em Florença em 1931, votou e propôs estabelecer esta celebração em todo o mundo.

Originalmente, esse dia pretendia reivindicar a proteção de animais em uma Europa onde eles ainda eram tratados como meros objetos. Muitas pessoas ignoram que este tipo de celebração permite unificar os esforços de centenas de associações e ONGs para chamar a atenção para causas específicas.

É por isso que a celebração deste dia é importante, pois atualmente pretende ser um dia tanto para reivindicar o bem-estar dos animais em cativeiro quanto a proteção dos animais selvagens que nos cercam.

Por que comemorar esta data?

Um dos eventos contra os quais o Dia Mundial dos Animais pretende lutar é a chamada sexta extinção. Os cientistas classificaram a nossa época como o início de uma extinção em massa de animais pela mão do homem, semelhante à do desastre que dizimou os dinossauros, só que neste caso, sendo causado pelo impacto dos seres humanos na natureza.

O Dia Mundial dos Animais também serve para chamar a atenção para o abuso de animais, principalmente de cães e gatos. É preciso lembrar que milhares de animais de estimação ainda são abandonados atualmente, um crime que é cada vez mais perseguido.

Além de incontáveis investigações decorrentes de casos de abuso de animais, os centros de resgate também têm trabalhado muito para aumentar a conscientização das pessoas. É preciso lembrar que os veterinários e cuidadores também celebram o dia de hoje, devido à sua relação especial com os animais.

Cachorro no veterinário

Este dia também deve servir para aumentar a conscientização sobre as condições e a necessidade dos seres humanos manterem os animais necessários para sua subsistência, como o gado de criação ou os animais usados em experimentos científicos. É, portanto, um bom dia para reavaliar o valor da pecuária extensiva e celebrar o trabalho dos santuários.

Acima de tudo, é um bom dia para afirmar que, embora o ser humano seja um animal particular, também é um animal que faz parte da natureza. A natureza onde os animais vivem e onde partilhamos a vida com eles não é um mero lugar para visitar: é o nosso único lar.

Protegê-la se torna vital para preservar a vida animal em todas as suas formas para que, assim, sejamos capazes de compartilhar para sempre nossa vida com nossos animais de estimação e o resto da fauna que nos rodeia.

https://web.archive.org/web/20121015012724/http://www.worldanimalday.co.uk/ Consultado el 04/10/2018