Dicas de alimentação para gatos de pelo longo

· dezembro 31, 2018

Além da má nutrição, a pele dos gatos pode ser influenciada por problemas de peso ou idade e, embora o envelhecimento seja inevitável, seus sinais podem ser adiados. Conheça algumas dicas de alimentação para gatos de pelo longo.

Um manto lustroso e brilhante precisa de mais do que duas ou três escovações semanais. Dessa forma, com essas dicas de alimentação para gatos de pelo longo, você conseguirá minimizar a queda de pelagem e descobrirá os nutrientes mais benéficos para seu animal de estimação.

Alimentação para gatos de pelo longo: por que o pelo do meu gato não é brilhante?

dicas de alimentação para gatos de pelo longo

Há muitas causas pelas quais o pelo do seu animal de estimação pode estar começando a cair ou perder seu brilho característico. Os mais comuns são geralmente:

  • Má nutrição. Para o seu animal de estimação ter uma pelagem suave e brilhante, você deve fornecer-lhe uma dieta equilibrada, rica em carboidratos, proteínas e gorduras. Isso vale para qualquer animal. No entanto, se você só fornecer a seu gato alimentos de baixa qualidade, as consequências não demorarão muito para aparecer em seu pelo.
  • Problemas de peso. Mais de 57% dos gatos americanos sofrem de problemas de excesso de peso. Além disso, os gatos europeus estão chegando perto desse percentual. Dessa forma, o principal problema se seu gato for obeso é que ele pode acabar desenvolvendo doenças coronárias potencialmente letais. Além disso, o excesso de peso faz com que seu animal de estimação não consiga se limpar bem. Portanto, o peso afetará a saúde do seu pelo.
  • Com a idade, o pelo dos gatos pode começar a cair. Além disso, também é comum ele se tornar frágil e perder o brilho que o pelo dos animais mais jovens geralmente tem. Esse processo, infelizmente, não pode ser interrompido. Entretanto, você pode retardar os sinais mais imediatos de envelhecimento.

Dicas de alimentação para gatos de pelo longo

Gato comendo ração úmidas

A primeira coisa que temos que começar a tomar cuidado quando percebemos a falta de brilho na pelagem das raças de pelos longos é a dieta.

Dessa forma, lembre-se de que gatos precisam de muito mais proteínas do que os cães. No entanto, carboidratos e gorduras também são importantes, pois ajudam a manter a saúde de seus pelos.

  • A qualidade da dieta do seu gato afeta a saúde da sua pelagem mais do que você pensa. A primeira coisa que você precisa fazer é prestar atenção aos ingredientes da marca de ração que você geralmente oferece ao seu pet.
  • Muitos alimentos baratos possuem mais carboidratos do que as carnes, que são mais indicadas para os gatos. Rações de baixa qualidade podem levar os gatinhos ao sobrepeso. Elas também não fornecem ao seu animal de estimação os nutrientes de que ele precisa. Portanto, é necessário investir um pouco mais na alimentação do seu animal para evitar mais do que apenas um gosto ruim.
  • Um truque para ajudar seu gato a manter o brilho de seus longos pelos é começar a adicionar óleo de peixe à sua alimentação habitual. Para isso, um dos mais eficazes é o óleo de salmão. Você começará a ver os resultados a partir da sexta semana.
  • Muitos dos alimentos de baixa qualidade no mercado contêm cereais que não fornecem muitos nutrientes para o seu gatinho. Dessa forma, priorize sempre as proteínas ao mudar a alimentação do seu animal. Além disso, você pode até mesmo fazer a comida de seu animal de estimação em sua própria cozinha. No entanto, utilize ingredientes naturais ricos nos nutrientes que seu animal de estimação precisa.
  • Priorize a ração úmida para garantir a hidratação extra do seu gato. Desse modo, o resultado se refletirá na saúde da sua pele e pelo.