Diferenças entre galo e linguado

· fevereiro 28, 2019
O galo e o linguado são os dois representantes mais conhecidos da família dos peixes planos, mas quais são as diferenças entre eles?

O galo e o linguado são os dois representantes mais conhecidos da família dos peixes planos, e com certa frequência causam confusão. 

Embora estejam relacionados e se assemelhem a olho nu, existem algumas diferenças entre galo e linguado que nos permitem distingui-los.

A seguir, resumimos as principais diferenças entre esses dois peixes bastante apreciados.

Algumas informações gerais sobre o linguado

A família Soleidae compreende vários tipos de peixes de corpo plano que são comumente chamados de linguados. É uma família extensa, com mais de 120 espécies conhecidas atualmente.

O linguado comum (Solea solea) é o representante mais conhecido de uma grande família, além de ser o mais utilizado na gastronomia internacional.

Anatomicamente, caracterizam-se por serem peixes pleuronectiformes (achatados), finos e escuros, geralmente esverdeados ou acastanhados. 

Essas tonalidades permitem que os linguados se camuflem facilmente no fundo dos campos em que vivem.

Os linguados encontram seu habitat natural no fundo de cursos de água doce ou salgada. Nos aquários, eles passam quase 90% de suas vidas reclinados no leito do aquário.

Sua dieta é baseada no consumo de crustáceos, mas eles são predadores vorazes que podem comer todos os tipos de presas.

linguado

Fatos gerais sobre o peixe galo

Podemos chamar de galos as duas espécies que compõem a família Scophthalmidae, que também inclui robalos e limandas.

O peixe galo comum ou galo de quatro manchas (Lepidorhombus boscii) é a espécie mais conhecida e amplamente distribuída.

Enquanto o peixe galo do norte (Lepidorhombus whiffiagonis) é geralmente visto com menos frequência.

Estes peixes exibem um corpo plano, fino e alongado, com comprimento de 40 a 60 centímetros, e peso em torno de 5 a 6 kg. 

Seu corpo é translúcido, com um matiz predominante semelhante à cor da areia. No entanto, há também exemplos com detalhes azulados ou prateados.

Seu habitat natural são as águas frias da costa nordeste do Oceano Atlântico. Tal como acontece com os linguados, os galos são peixes demersais, isto é, vivem muito perto do fundo dos cursos de água. Eles geralmente vivem no meio de bancos de areia com profundidades de 900 a 1000 metros.

A alimentação do galo baseia-se no consumo de peixes pequenos (toro, sardinhas, koi, etc), crustáceos, alevinos e cefalópodes. Em situações de escassez de alimentos, eles podem consumir peixes de sua própria espécie.

Principais diferenças entre galo e linguado

Como já vimos, existem diferenças importantes entre o galo e o linguado, não apenas em sua aparência, mas também em seu habitat e comportamento.

Embora ambos sejam muito apreciados por sua carne branca, delicada e saborosa, na realidade, são peixes muito diferentes.

peixes planos: linguado

Diferenças morfológicas ou anatômicas

O formato de seus corpos é uma das diferenças mais óbvias entre o galo e o linguado. Embora ambos sejam peixes chatos, o galo tem o corpo alongado, fino e translúcido. Enquanto o linguado é um peixe oval e ligeiramente assimétrico.

Outra diferença importante entre eles é a posição de seus olhos. No linguado, os olhos estão dispostos no lado direito do corpo e estão mais distantes um do outro.

O galo tem olhos mais escuros e juntos, localizados no lado esquerdo do corpo e separados por uma elevação do osso.

Tanto o linguado como o peixe galo têm a parte inferior de seus corpos de cor clara, tipo creme. No entanto, o linguado é marrom ou esverdeado em sua parte superior, enquanto o galo tem uma coloração areia.

Outras características morfológicas do linguado são a boca protuberante na forma de “U” e as pequenas escamas dentadas localizadas em ambos os lados do corpo.

Habitat e distribuição global

Tanto linguados como galos vivem perto ou diretamente no fundo dos cursos de água que habitam. No entanto, o galo é geralmente encontrado em águas mais profundas, entre 900 e 1000 metros. O linguado geralmente se concentra em águas mais rasas, de 10 a 300 metros de profundidade.

Graças à grande variedade de espécies, o linguado tem uma distribuição mais ampla em todo o mundo. No entanto, a enorme demanda por sua carne colocou o linguado entre as espécies em risco de extinção.

  • Araújo, J. N. & Haimovici, M. 2000. Determinação de idades e crescimento do linguado-branco Paralichthys patagonicus (Jordan, 1889) no Sul do Brasil. Rev. bras. oceanogr., 48(1)
  • ROCHA, Andréa Ferretto da; CARVALHO, Cristina Vaz Avelar de e SAMPAIO, Luís André. Produção de juvenis do linguado Paralichthys orbignyanusefeito da duração do período de co-alimentação durante o desmame. Cienc. Rural [online]. 2008, vol.38, n.8, pp.2334-2338.