Diferenças entre gato persa e angorá

· janeiro 17, 2019
Esses gatos têm características muito diferentes, principalmente quanto ao nariz, cabeça, orelhas, tamanho e pelagem. 

Ambos têm uma origem muito próxima (atual Irã e Turquia), apesar de serem duas raças completamente diferentes, frequentemente confundidas. Neste artigo, vamos contar quais são as diferenças entre gato persa e angorá.

Quais são as diferenças entre gato persa e angorá?

São duas raças muito populares, escolhidas por sua beleza e elegância. No entanto, existem muito mais diferenças entre o gato persa e angorá do que imaginamos, tanto fisicamente quanto em termos de comportamento:

  1. Nariz

Esta é uma das diferenças mais notáveis ​​entre as duas raças. Os gatos persas têm um nariz completamente achatado – que também é sua característica principal – enquanto os angorás têm nariz igual ao de outros gatos, mais alongados.

  1. Cabeça e orelhas

Os gatos persas têm orelhas e cabeças mais arredondadas, em comparação com o aspecto mais longo do angorá.

Além disso, em face do primeiro, é mais comum ver “manchas” nas laterais dos olhos, devido a um traço abundante típico da raça.

  1. Tamanho

Outra diferença entre gato persa e gato angorá muito notável. Embora possamos encontrar pequenos exemplares, a verdade é que os iranianos são maiores que os turcos: o primeiro pesa sete quilos, e o segundo, seis.

gato angorá

Por sua vez, a aparência dessas raças é muito diferente. Os persas são mais robustos que os angorás, que se caracterizam por terem um corpo alongado, esguio e musculoso. O primeiro mede entre 40 e 50 centímetros e o segundo entre 20 e 25.

  1. Pelagem

Nós nos referimos à quantidade de pelos que cada um tem. Os gatos persas são mais peludos e ‘fofos’, enquanto os gatos angorás têm pelos mais curtos e ‘grudados’ no corpo.

Portanto, o último é mais fácil de se manter, pois requer menos cuidados diários e escovação, além de não soltar tantos pelos na temporada de verão.

  1. Atividades e exercícios

Em termos de seu nível de energia, os angorás geralmente são muito mais ativos. Eles gostam de brincar sozinhos, com outros gatos ou com pessoas.

Os persas, por outro lado, podem ser um pouco preguiçosos quando se trata de se exercitar.

  1. Personalidade

Aqui não há tantas diferenças entre o gato persa e o gato angorá. Ambos são afetuosos, mansos e fiéis aos seus donos. 

O primeiro pode ser um pouco “mal-humorado” e o segundo, “intratável”, se você o mantiver em seus braços por muito tempo.

gato persa amarelo

O persa precisa se sentir continuamente o centro das atenções, protegido e mimado. Ele não se dá muito bem com crianças.

O angorá não é muito sociável, mas se brincarmos com ele, não terá problemas para fazer novos amigos.

  1. Alimentação

Já foi dito que os persas são preguiçosos. Esse estilo de vida sedentário, aliado ao fato de que ele gosta de comer, pode se transformar em obesidade em pouco tempo.

Preste atenção ao que ele come e tente não exagerar com proteínas e gorduras.

Por outro lado, embora os de angorás sejam mais energéticos e passem muitas horas brincando, eles também podem sofrer de excesso de peso se a comida tiver muitas proteínas (que eles amam).

Mas o bom é que, com um pouco de incentivo e novos brinquedos, ele emagrecerá em questão de dias.

  1. Saúde

Devido à sua fisionomia, o gato persa tem úlceras na pele ao redor dos olhos. Isso ocorre porque seus canais lacrimais geram fluido quase que continuamente.

Doenças respiratórias também são comuns devido ao nariz achatado. A maioria dos exemplares desenvolve doença renal policística. Os machos também podem sofrer de cardiopatia hipertrófica.

No caso dos gatos angorás, suas patologias mais frequentes são a surdez genética, a luxação de rótula e a ataxia. Porém, assim como o persa, também desenvolve cardiopatia hipertrófica.

Se você quiser saber mais sobre as diferenças entre o gato persa e angorá, você também pode ler sobre as características de cada raça. Escolha o seu próximo animal de estimação!