Diferenças entre o tigre-de-bengala e o tigre-siberiano

As diferenças entre o tigre-de-bengala e o tigre-siberiano são poucas e sutis. Aqui, no entanto, você vai aprender a distingui-los rapidamente.
Diferenças entre o tigre-de-bengala e o tigre-siberiano

Última atualização: 23 Agosto, 2021

À primeira vista, as diferenças entre o tigre-de-bengala e o tigre-siberiano não são muito óbvias. Para notá-las, você teria que ser capaz de observar ambos os felinos em seus respectivos habitats, mas isso não está ao alcance de todos.

Esses dois reis da natureza pertencem à mesma espécie, Panthera tigris, mas o primeiro compõe a subespécie Tigris e o siberiano, a subespécie Altaica. Portanto, se você quiser aprender a diferenciá-los sem ter que olhar um atlas, confira aqui alguns dos segredos.

Diferenças de tamanho e peso

Tanto em peso quanto em tamanho, o maior dos felinos aqui mencionados é o tigre-siberiano (Panthera tigris altaica), com 290-330 centímetros de comprimento, incluindo a cauda, e pesando entre 180 e 300 quilos. O tigre-de-bengala, por sua vez, é menor: 200-250 centímetros de comprimento e não ultrapassa 225 quilos de peso.

Subespécie de tigres

Esses dois tigres não são as únicas variantes de suas espécies. Se você ficou curioso para saber quantos deles existem, confira-os abaixo:

  • Tigre-da-indochina (Panthera tigris corbetti): não existem mais do que 1300 espécimes na natureza. Esses tigres não são apenas ameaçados pela caça, mas também pela consanguinidade.
  • Tigre-malaio (Panthera tigris jacksoni): também criticamente ameaçado de extinção, tem havido muita discussão sobre se ele era uma subespécie própria. Estudos de DNA e seu isolamento geográfico tiveram que ser usados para classificá-lo como tal.
  • Tigre-de-bengala (Panthera tigris tigris).
  • Tigre-de-sumatra (Panthera tigris sumatrae): habitante da ilha que lhe dá o nome, encontra-se em perigo crítico de extinção, devido à destruição do seu habitat e à caça furtiva.
  • Tigre-do-sul-da-china (Panthera tigris amoyensis): é a subespécie mais ameaçada de todas, pois existem apenas 68 espécimes na natureza.
  • Tigresiberiano (Panthera tigris altaica).

 

Diferenças no habitat

Mesmo que sejam muito semelhantes, você nunca encontrará um tigre-de-bengala e um tigre-siberiano no mesmo lugar. O tigre-de-bengala é encontrado na Índia, em Bangladesh, no Nepal, no Butão e na Birmânia. Ele vive em parques nacionais protegidos, pois seu estado de conservação alarmante deixou poucos espécimes na natureza.

Por outro lado, o tigre-siberiano vive no extremo sudeste da Rússia e na fronteira entre a China e a Rússia. Na época, também habitava a Mongólia, o Japão e a Coreia, mas foi extinto nessas áreas devido à caça e ao comércio ilegal.

Outra diferença entre o tigre-de-bengala e o tigre-siberiano é sua capacidade de se adaptar ao clima. Enquanto o primeiro pode sustentar a vida nas florestas frias do Himalaia e em climas quentes, o siberiano é encontrado apenas em planícies e pântanos extremamente frios e em paisagens nevadas.

Diferenças de cor entre o tigre-de-bengala e o tigre-siberiano

À primeira vista, em termos morfológicos esses felídeos não diferem muito. No entanto, o tigre-siberiano tem uma tonalidade mais clara e acastanhada do que o Panthera tigris tigris, que exibe cores mais vivas e alaranjadas. O siberiano também apresenta uma pelagem mais espessa, graças à sua adaptação ao frio.

Ambas as espécies têm o pelo listrado característico com uma barriga branca. As mutações que dão origem ao tigre branco e dourado podem afetar ambas as espécies igualmente.

Diferenças entre o tigre-de-bengala e o tigre-siberiano na alimentação

Apesar de ambos serem carnívoros estritos, como o resto dos grandes felinos, a presa que caçam varia de acordo com a disponibilidade de seu habitat. Resumimos suas necessidades dietéticas na seguinte lista:

  • Tigre-de-bengala: as espécies que caça com mais frequência são pavões, búfalos, macacos, javalis e antílopes.
  • Tigre-siberiano: é capaz de enfrentar animais maiores e mais perigosos, como javalis e veados. Pode até caçar outros carnívoros: lobos, cervos, linces e até ursos.

Como você pode ver, ambas as espécies caçam tanto animais pequenos quanto outros maiores em tamanho. Seus métodos de caça são semelhantes: eles podem matar um peru ou um javali com uma mordida, mas para pegar uma presa como um urso, precisam enfrentar uma luta feroz que só vencem ao fechar as mandíbulas sobre a traqueia do animal, impedindo-o de respirar enquanto sangra.

Como reconhecer o tigre-de-bengala e o tigre-siberiano?

Então, se você tivesse um espécime de cada espécie na sua frente, como os diferenciaria? Em suma, seria necessário se basear no maior tamanho e na cor mais opaca do tigre-siberiano. Sem essas diferenças, resta apenas olhar para sua dieta e o seu habitat, já que o único outro método possível seria um estudo de DNA.

 

Um tigre-siberiano sentado.

Os tigres são cada vez mais raros em nosso mundo. Talvez um dia você tenha o privilégio de  viajar aos seus lugares de origem e vê-los em sua própria casa, mas, para que isso seja possível, devemos todos trabalhar para que pelagem listrada e seu olhar profundo se mantenham presentes neste mundo.

Pode interessar a você...
Tigre-do-sul-da-china: um felino majestoso à beira do desaparecimento
Meus AnimaisLeia em Meus Animais
Tigre-do-sul-da-china: um felino majestoso à beira do desaparecimento

O tigre-do-sul-da-china é uma das subespécies de tigre mais ameaçadas devido à sua erradicação quase completa da natureza. Conheça!