12 tipos de huskies

O husky siberiano é um cão mundialmente famoso. No entanto, existem outros tipos de huskies? Dependendo do que considerarmos como "tipo", a resposta pode variar.
12 tipos de huskies

Última atualização: 21 Julho, 2021

É impossível que sua presença passe despercebida. A beleza particular do husky siberiano o torna um dos cães mais reconhecidos e apreciados do mundo. Porém, há quem se pergunte se existem outros tipos de huskies, além do clássico canídeo que parece um lobo.

A verdade é que não. Outras raças, como o samoieda ou o malamute-do-alasca, são erroneamente classificadas como tipos de huskies, mas não é correto. Se você consultar as listas das federações caninas mais importantes em todo o mundo, como The Kennel Club ou a Federação Cinológica Internacional (FCI), é muito fácil verificar que não há outro husky além do husky siberiano ou siberian husky.

Mesmo assim, pode-se falar em “tipos de huskies” se os animais forem classificados por certas características, como as cores da pele ou a aparência resultante de cruzamentos biológicos. A seguir, contamos tudo o que você precisa saber sobre esse tema.

Características do husky

A origem do cão husky está na Rússia, onde os espécimes foram criados para puxar trenós e cuidar do gado. Embora no passado fossem considerados ferramentas de carga, pelo seu bom caráter sempre foram ótimos cães de companhia.

Desde o início do século XX, a fama desse cão chegou à América do Norte, passando a ser criado no Alasca, onde se adaptou perfeitamente devido às suas características físicas adequadas. Então, ele começou a ser utilizado como coadjuvante para as mesmas tarefas que tinha em seu local de origem.

No que se refere ao seu comportamento, convém destacar que é um cão bastante inteligente e dócil, que não tem dificuldade de aprendizagem, embora exija perseverança e trabalho para sua educação. Além disso, o husky siberiano é carinhoso, brincalhão e amigável, por isso é muito normal que seja tão apreciado pelas famílias como animal de estimação.

 

Um dos tipos de huskies

De tamanho médio, esse cão tem medidas que variam entre 50 e 56 centímetros nas fêmeas e um pouco mais nos machos, entre 53 e 60 centímetros na cernelha. São cães com um corpo muito esguio e um caráter ágil, o que os torna ideais para as suas tarefas em montanhas íngremes e na neve.

Sem dúvida, uma das características físicas mais marcantes do husky são seus olhos. Geralmente, têm o formato de amêndoas e podem ser castanhos, mas animais com olhos azuis claros ou com heterocromia realmente impressionam.

Por fim, não podemos apresentar sua descrição física sem falar da sua pelagem. E é exatamente nesse ponto por onde podemos começar a diferenciar os tipos de huskies, já que os exemplares da raça podem ter pelagens com cores, padrões e manchas muito diferentes.

Classificação dos tipos de huskies por cores e manchas

Pode ser que a imagem mais popular do husky siberiano seja a de branco e cinza, preto e branco ou tricolor. Mas a verdade é que existem muitos outros tons. Descubra alguns junto com a gente.

1. Husky cinza

Curiosamente, dentro do próprio husky cinza, devem ser diferenciados três tipos de cinza, que são os seguintes:

  • Tom cinza: o mais comum, com intensidade média ou escura na camada externa, na qual também é possível ver alguns traços acastanhados. A camada interna mistura o tom prateado com o bege.
  • Cinza prateado: sua camada interna é branca, enquanto a camada externa é prateada ou azul.
  • Lobo cinza: sua pelagem interna é bege e a externa possui o gene agouti em cada pelo. Esse gene significa que duas cores diferentes são exibidas no pelo nas costas, atrás das orelhas e nas pernas. Serão cinza quente com vermelho, bege ou canela.

 

2. Husky vermelho ou cobre

Sem dúvida, é um dos tipos mais imponentes de huskies. O pelo da parte superior do corpo exibe cores que contrastam muito com o creme ou o branco da parte inferior.

Esses tons são geralmente marrom-escuro, avermelhado, laranja ou cobre. Também seria possível fazer a distinção entre um husky vermelho e um cobre, já que este último tem um tom mais claro, mais próximo do amarelo ou laranja. Além disso, seu nariz de cor fígado também é muito característica.

 

3. Husky sable

No caso do husky sable, seu subpelo nunca é bege, sendo sempre de outras tonalidades, entre as quais cobre, vermelho ou chocolate. Por sua vez, a camada externa dos pelos varia à medida que o cão cresce. Ao nascer, essa pelagem é cinza escuro, mas muda para um castanho-avermelhado que termina em pontas pretas à medida que envelhece.

 

4. Husky pinto

Quando falamos do husky siberiano, não estamos falando de um cachorro cuja pelagem tem uma cor muito específica. Com “pinto” nos referimos a um padrão, no qual se repetem quaisquer das tonalidades que outros tipos de husky possuem: preto, cinza, cobre, vermelho, etc. É claro que o branco sempre predomina nas patas dianteiras.

 

Um dos tipos de huskies

5. Husky agouti

Dos tipos de huskies existentes devido às suas diferentes cores, o agouti é uma das menos comuns. Trata-se de um cão com aparência de lobo, cujo rosto parece ter uma máscara preta embutida. Essa tonalidade, o preto, cobre sua cabeça e desce até o corpo, onde se mistura com o cinza, o vermelho ou o marrom.

Por causa dessa extensão de preto que começa em seu rosto e se espalha, é conhecido como “cara suja”. Além disso, sua tonalidade se expande nas pernas muito mais baixo do que acontece com outros huskies. No entanto, a camada inferior da sua pelagem não apresenta diluição, sendo sempre de cor creme.

 

Um dos tipos de huskies

6. Husky branco, um dos tipos menos comuns de huskies

Esse é certamente o husky siberiano mais difícil de encontrar. Não há muito o que se falar sobre eles, já que sua principal e mais marcante característica é serem cães totalmente brancos, tanto na pelagem interna quanto na externa. Essa clareza na tonalidade de sua pelagem contrasta com seus olhos, nariz e boca de cor preta ou, a mais comum, cor de fígado.

 

Um dos tipos de huskies

7. Husky preto e branco

A pelagem externa desse husky é de uma poderosa cor preta azeviche, embora existam exemplares que podem apresentar uma certa diluição que é conhecida como “sal e pimenta”, o que dá um certo aspecto acinzentado à sua pelagem.

Por sua vez, a camada interna pode ser de cor carvão, branco ou bege, ou também uma mistura das três. Além disso, se for um cão que passa muito tempo ao sol, pode ganhar alguns reflexos avermelhados.

 

Vários tipos de huskies

Raças semelhantes ao husky siberiano

Uma vez confirmado que não existem outros tipos de huskies além do siberiano, o que pode ser esclarecido é que existem diferentes raças de cães cujas características lembram muito as do husky e, portanto, os animais podem ser confundidos. São cães que, além de fisicamente parecidos, são criados principalmente no Alasca e realizam tarefas idênticas às do husky na neve. Vamos ver quais são essas raças!

8. Husky malamute ou malamute-do-alasca

O husky malamute é considerado pelos especialistas como uma das mais antigas raças caninas de cães de trenó. Algumas pesquisas afirmam que seus ancestrais já eram criados por homens no Paleolítico.

É um cão musculoso, forte, com uma pelagem densa e áspera, de uma cor misturada de preto, cinza e vermelho, embora possa haver exemplares de tonalidade branca. Obviamente, a aparência do malamute-do-alasca lembra muito a do husky e, embora se possa dizer que são parentes próximos, não devem ser confundidos.

 

9. Samoieda

Apesar de também ser confundido com o husky, o samoieda é uma raça reconhecida como tal. Sua origem é a Sibéria e o norte da Rússia, onde as pessoas se abrigavam ao lado desses cães durante as noites frias de inverno para se protegerem, graças à sua densa pelagem branca. Além disso, também foi e é conhecido como um grande cão de guarda e por suas habilidades de caça.

 

Samoieda: confundido com um dos tipos de huskies

10. Cão-esquimó-canadense

Esse cão também é um dos mais comumente referidos como um tipo de husky. No entanto, o cão-esquimó-canadense possui uma linhagem genética distante dessa raça.

É um canídeo criado no Canadá, região onde era utilizado como cão de transporte ou auxiliar na caça. As suas características físicas os ajudaram muito nessas tarefas: têm um corpo mediano, mas musculoso e forte. Por sua vez, a densa pelagem é branca, embora às vezes apresente tons de marrom claro, vermelho ou cinza.

 

11. Husky labrador

Outro cão com um nome não oficial que designa animais nascidos do cruzamento entre um husky siberiano e um labrador retriever. Esse cão foi desenvolvido principalmente no Canadá, com o objetivo de servir como cão de trenó.

Esses cruzamentos originam cães muito enérgicos, que precisam de muita atividade diária. Por sua vez, são cães afetuosos e gentis.

 

12. Pomsky

O pomsky é um cão muito particular, resultado do cruzamento entre lulu-da-pomerânia e husky siberiano. Também é conhecido como mini husky e ainda não é oficialmente reconhecido como raça pelas federações caninas, embora tenha um clube (International Pomsky Association) que trabalha para estabelecer o padrão da raça.

Esse cruzamento é conhecido como mini husky porque lembra muito esse cão, apenas com um tamanho ligeiramente menor e um peso que pode variar entre 4 e 14 quilos. Além disso, entre suas características físicas mais marcantes estão a pelagem densa, que pode ser castanha, cinza, preta ou branca, os olhos claros (herdados do husky) e a cauda enrolada (característica do lulu-da-pomerânia).

 

Pomsky: um dos tipos de huskies

Outras raças de cães sem raça definida

Além do husky labrador e do pomsky, que é o cruzamento do husky com outra raça mais conhecida, existem outros cães cuja origem se deu pela combinação da genética do husky com outras raças. Claro, é importante destacar que nenhum deles é oficialmente reconhecido pelas federações caninas oficiais. São os seguintes:

  • Mackenzie River Husky: nascido do cruzamento de cães grandes, como o terra-nova ou o são-bernardo, com cães de trenó do Alasca.
  • Chusky: cão resultado do cruzamento entre husky e chow-chow.
  • Tamakan: o nascimento desse cão é o resultado de vários cruzamentos que envolvem, além do husky, o pastor-alemão e o malamute-do-alasca.

 

Embora não exista mais do que uma raça de husky, ela pode ser dividida em muitos tipos se observarmos sua pelagem e forma geral. Todos os cães aqui mencionados se destacam por sua beleza e fidelidade. Não pense duas vezes antes de adotar um!

Pode interessar a você...
Pastor-polonês-da-planície: características e cuidados
Meus AnimaisLeia em Meus Animais
Pastor-polonês-da-planície: características e cuidados

O pastor-polonês-da-planície, originário da Polônia, é um cachorro de porte médio e temperamento dócil, mas que precisa fazer muito exercício.