É possível que cachorros sejam homossexuais?

março 31, 2019
Muitas vezes observamos alguns cães que têm comportamentos sexuais incomuns: machos que parecem querer montar em outros machos e atitudes muito "carinhosas" com as pernas dos donos. Os cães podem ser homossexuais?

O comportamento dos cães geralmente desperta curiosidade e algumas atitudes podem ser especialmente estranhas. Por exemplo, quando você percebe que um cachorro ou cadela tenta montar outro cachorro do mesmo sexo, muitos donos se perguntam se é possível que os cães sejam homossexuais.

A homossexualidade no reino animal é uma questão complexa; ainda temos muito a entender sobre a natureza e o comportamento das espécies. No entanto, a seguir, analisaremos se os cães podem ou não ser homossexuais.

Existe homossexualidade entre os animais?

Muitas décadas atrás, os cientistas tentaram responder a essa pergunta. Logicamente, para saber se os animais podem ser homossexuais, foi necessária uma observação detalhada de seu comportamento.

Essas investigações permitiram e continuam a permitir a desconstrução de muitos mitos sobre a sexualidade animal.

Por exemplo: as teorias evolucionistas clássicas nos levaram a acreditar que os animais praticam sexo com o único propósito de conservar suas espécies.

De acordo com essa lógica, as relações entre indivíduos do mesmo sexo pareciam não ter sentido, uma vez que nunca poderiam gerar descendentes. Mas hoje em dia já sabemos que não só a espécie humana tem relações sexuais por “prazer”.

Muitas outras espécies do reino animal, como golfinhos, chimpanzés e até cães, também praticam sexo sem fins reprodutivos; simplesmente para satisfazer um desejo ou necessidade do seu corpo.

Tudo isso muda fortemente a visão de que as relações entre indivíduos do mesmo sexo seriam “ilógicas” no reino animal.

E, de fato, há muitos relatos de comportamentos “homossexuais” em diferentes animais; este é o caso dos macacos japoneses, dos pandas e dos bonobos.

Mas isso significa que existem animais homossexuais?

O fato de que os animais possam praticar sexo ou se sentirem estimulados com indivíduos do mesmo sexo não significa que eles sejam homossexuais. A homossexualidade é um conceito inventado pelo homem para designar relações ou comportamentos humanos.

Os animais e sua estrutura social não são regidos pelos mesmos códigos da sociedade humana, então comparar nossa sexualidade ou impor nossa linguagem para explicar a natureza dos animais será sempre limitante e pouco eficaz.

Então, não é possível que cachorros sejam homossexuais?

Se nos perguntarmos se os cães podem praticar sexo ou serem sexualmente estimulados com um indivíduo do mesmo sexo, principalmente se estiverem em um período de cio, a resposta é “sim”.

Mas se questionarmos se é possível que os cães sejam homossexuais ou gays, isso não é possível, em princípio.

Cachorros brincando com corda

O fato de um cão ou uma cadela poder expressar livremente seu instinto sexual com um indivíduo do mesmo sexo não significa que ele tenha sido rejeitado pelo sexo oposto ou que prefira se relacionar com indivíduos do mesmo sexo.

Significa simplesmente que sua sexualidade não é determinada ou limitada pelos termos inventados pelo homem.

O instinto sexual é uma parte essencial da natureza canina e cada cão pode expressar seu desejo sexual de maneiras diferentes.

Logicamente, como donos de animais de estimação, devemos estar cientes da importância de prevenir ninhadas indesejadas e combater o aumento da população de animais de rua.

De maneira alguma isso significa reprimir ou punir determinados comportamentos de nossos animais de estimação porque pensamos que isso está ligado ao desejo sexual.

Devemos adotar apenas um efetivo método de controle reprodutivo, como esterilização ou castração.

Se os cães não podem ser homossexuais, por que meu cachorro tenta montar outro cachorro?

Essa questão é surpreendentemente comum entre os donos e está relacionada à falta de conhecimento sobre o comportamento canino.

O fato de que um cão possa montar outro indivíduo do mesmo gênero não tem necessariamente um contexto sexual.

Cachorro montando em outro

Nos filhotes, por exemplo, esse é um comportamento natural que faz parte de sua aprendizagem nessa fase tão ativa de suas vidas.

Durante a infância, os filhotes precisam aprender a ser e se comportar como cachorros, de modo que “ensaiam” muitos comportamentos adultos com seus irmãos.

Em cães adultos, o ato de montar constantemente pode ser uma indicação de estresse. Seu cão precisa estimular seu corpo e mente diariamente para canalizar sua energia de maneira positiva e manter um comportamento equilibrado.

Um estilo de vida sedentário e a falta de estimulação mental podem favorecer o desenvolvimento de problemas comportamentais. Inclusive, a tentativa de montar pode ocorrer naturalmente durante uma sessão de brincadeiras.

Finalmente, um cão pode montar outro cão, ou até mesmo objetos, para aliviar algum desconforto em seus genitais ou sistema urinário. E isso pode gerar alguma confusão quando observamos a cena.

Doenças degenerativas que geram dor nos membros posteriores também podem levar a esse comportamento. Portanto, se o seu cão estiver tentando montar tudo o que ele vê, recomendamos levá-lo ao veterinário.