É possível ter um guaxinim como animal de estimação?

· outubro 26, 2018
É possível ter esta espécie como animal de estimação, embora deva ser levado em conta que requer uma dieta específica e certos cuidados. Além disso, seu caráter é típico de um animal selvagem, com certa agressividade, mesmo que possa ser educado.

Os animais de estimação “originais”, isto é, aqueles que saem do comum, estão na moda, e mais e mais pessoas decidem escolher animais diferentes para ter como companhia em casa. 

Bem, isso faz com que muitos se perguntem se é possível ter um guaxinim como animal de estimação. Vicê já pensou sobre isso? Bem, então não perca este artigo.

Um guaxinim como animal de estimação, é possível?

Sim, é possível ter um guaxinim como animal de estimação. Embora você não os encontre em pet shops, pode adotá-los através de criadores particulares.

Mas saiba que o guaxinim não é considerado um animal de estimação e que seu comportamento tende a diferir muito do de um cão ou gato.

Apesar de sua aparência fofa e alguns gestos agradáveis, os guaxinins são geralmente agressivos, inquietos e barulhentos.

Claro que esta não é uma regra geral, porque nem todos têm que ser assim, e há alguns que quebram as regras.

guaxinim agressivo

Se mesmo sabendo de tudo isso você pretende arriscar e ter um guaxinim como animal de estimação, você precisará saber qual o cuidado que este animal requer.

Lembre-se de que, independentemente das espécies que escolher como animal de estimação, o pet será de sua responsabilidade.

Você não só terá que cuidar dele e suprir todas as suas necessidades básicas, como também responder pelos atos de seu guaxinim.

Cuidado com o guaxinim como animal de estimação

Escolha um local adequado

Ao contrário dos cães e gatos, o guaxinim não é adequado para viver em pequenos espaços, como um apartamento.

Se você quiser adotar um, certifique-se de ter um espaço adequado para isso, como um grande quintal ou um grande jardim.

Em primeiro lugar, devemos entender que o guaxinim é um animal selvagem e que, embora não possamos imitar seu habitat natural, devemos fornecer-lhe um espaço o mais próximo possível do que teria na natureza.

Deixe-o solto

É possível que você tenha medo que ele fuja, especialmente nos primeiros dias, quando vocês ainda não se conhecem muito bem.

A melhor coisa a fazer é colocar cercas altas para evitar sua fuga.

Além disso, em nenhuma circunstância você deve amarrar o animal ou colocá-lo em uma gaiola. Isso só o faria se tornar mais agressivo e gerar problemas de comportamento.

O guaxinim precisa de um pouco de liberdade para se mexer, mas calma, porque se ele perceber que tem o que precisa sempre à disposição, não vai querer sair de casa.

Alimentação

Neste ponto, é provável que você se pergunte: o que um guaxinim come?

Bem, o guaxinim é um animal onívoro, então seus principais alimentos serão carne branca e peixe, frutas e legumes.

Nunca lhe dê carne vermelha ou peixe azul, porque seu estômago não está pronto para digeri-los.

guaxinim em lixeira roubando comida

Se isso for muito complicado para você, a ração de gato úmida também é adequada para um guaxinim. 

A ração úmida para felinos irá fornecer todos os nutrientes necessários e ele irá adorar. Não é necessário dizer que você nunca deve deixar faltar água limpa e fresca para seu pet.

Sua higiene

Um excesso de banhos prejudica a pele do guaxinim, então banhá-lo apenas algumas vezes por ano é suficiente.

Os guaxinins não costumam cheirar mal e costumam se lamber para se limpar, como acontece com os gatos. 

No entanto, se você acha que seu guaxinim está com um odor forte, e você prefere não arriscar dar um banho nele, pode optar pela limpeza a seco.

O que é importante no que diz respeito à higiene é o cuidado de seus pelos.

Ele precisará ser escovado diariamente, especialmente na época do ano em que ele troca a pelagem.

Educá-lo

Devido à sua natureza selvagem, é necessário que você passe algum tempo ensinando seu guaxinim desde pequeno.

Ele deve aprender quais são os limites e que você é o chefe

É claro que, como no caso de outros animais, as punições, gritos e palmadas estão fora de cogitação. 

O reforço positivo também será o mais eficaz quando se trata de educar o seu guaxinim.

Aceite que haverá certos comportamentos que fazem parte de sua natureza, que serão mais repetitivos, especialmente no começo.

Se achar necessário, você pode procurar um profissional.

Agora você já sabe que o guaxinim é um animal que está apto para se tornar seu melhor amigo, inclusive, você vai se divertir muito com ele.

Apenas tenha em mente o cuidado que ele precisa e aproveite a vida ao lado de seu novo pet.