As mais espetaculares reservas de leões africanos

maio 8, 2019
Nestes espaços naturais, as populações desses grandes mamíferos estão protegidas, juntamente com outras espécies representativas da fauna do continente africano.

O continente africano é caracterizado tanto por sua riqueza cultural quanto natural. Famosa por suas espetaculares reservas naturais, a África é um destino que não podemos perder. Lá, é possível encontrar milhares de espécies exóticas e selvagens, mas hoje queremos destacar as reservas de leões africanos.

As reservas naturais foram consolidadas como tal graças ao Presidente Kruger. Foi ele quem declarou um espaço natural como protegido pela primeira vez, o qual leva o seu nome até hoje.

Kruger foi o primeiro de muitos parques que atualmente formam uma lista de joias naturais de valor incalculável para a humanidade. A seguir, veremos algumas das mais espetaculares reservas de leões africanos.

Principais reservas de leões africanos

Parque Nacional Kruger

O Parque Nacional Kruger é considerado a grande reserva da África do Sul. Está localizado no nordeste do país; lá, é possível observar exemplares dos ‘cinco grandes’: leões africanos, leopardos, rinocerontes, búfalos e elefantes africanos.

O parque abriu as suas portas ao público pela primeira vez em 1927 e tem uma extensão de 19.485 quilômetros quadrados. Desde então, este local se tornou conhecido no mundo inteiro.

Esta conhecida área natural oferece um ambiente natural espetacular, com muitas espécies de animais e também uma variada flora e fauna. Além disso, também possui mais de 250 sítios arqueológicos da Idade da Pedra e da Idade do Ferro. É possível fazer várias atividades, incluindo safáris, caminhadas ou acampar.

Parque Nacional Kruger: o melhor lugar para observar leões africanos

Parque Nacional Zahamena, uma joia de Madagascar

Madagascar é a ilha mais extensa do continente africano, dona de uma beleza sem igual. O Parque Nacional Zahamena existe desde 1927 como uma reserva natural, com uma área de 732 quilômetros quadrados.

O território que este parque ocupa corresponde a uma importante amostra de floresta tropical úmida. Trata-se de uma espécie de floresta tropical que recebe grandes quantidades de chuva durante o ano.

Zahamena tem um relevo ondulado, com altitudes que variam entre 500 e 1.500 metros. Há muitos vales cheios de rios, entre eles o Sahatavy.

Este parque é caracterizado por abrigar uma das espécies endêmicas de primatas lêmures. Além disso, também é possível observar muitas outras espécies, entre as quais se destacam os leões africanos. Foi declarado Patrimônio da Humanidade em 2007.

Reserva Natural de Odzala-Kokoua

Localizada na região de M’Bomo, na República do Congo, esta reserva tem a classificação de Reserva Natural Estrita desde 1935. De fato, a Reserva Odzala-Kokoua também faz parte das Reservas da Biosfera desde o ano de 1977. Além disso, ela é atravessada pelo rio Mabili, protagonista da região.

Lá, é possível encontrar diversos habitats, que incluem o refúgio de elefantes da floresta, a borboleta gigante da África e o gorila da montanha. Estes espécimes são únicos no mundo, mas não são só eles que podem ser encontrados neste grande espaço.

Leões na Reserva Natural de Odzala-Kokoua

Reserva Masai Mara, Quênia

Esta reserva é a maior do Quênia e é conhecida por sua fascinante planície cheia de vida selvagem. A Reserva Nacional Masai Mara foi inaugurada em 1961 e está localizada na divisa com a  Tanzânia.

É atravessada de norte a sul pelo rio Mara, que chega até o Lago Vitória. Os animais de lá são absolutamente livres, de forma que ignoram qualquer fronteira desenhada no papel, sejam elas relacionadas ao plano político ou aos próprios limites da área protegida.

Os leões africanos são encontrados em grandes manadas, e não é difícil ver leopardos e guepardos. Além disso, também é fácil encontrar outras espécies, tais como elefantes, zebras, girafas, hipopótamos, babuínos, antílopes, gazelas, topis, gnus e búfalos, já que eles são comuns nesta reserva.

Parque Hwange

Localizado no oeste do Zimbábue, o Parque Hwange é o maior destino de ecoturismo do país. Os horários mais favoráveis para safáris fotográficos são o nascer e o pôr do sol.

No Parque Hwange, é possível observar várias famílias de elefantes, já que a sua população total supera os 15.000 exemplares. Além disso, também há uma notável população de leões africanos, cachorros selvagens, búfalos, girafas, javalis africanos e abutres de capuz. Foi declarado território protegido em 1928.

Graças à sua enorme variedade de habitats naturais, bem como espécies exóticas e selvagens que são únicas, a África tem muitas áreas protegidas atualmente, que convidam os seus visitantes a descobrir um mundo fascinante. Sem dúvida, este é um dos destinos com as riquezas naturais mais espetaculares do mundo.