Esterilização não é crueldade, é responsabilidade

· outubro 15, 2018
Além do fato de que um animal de estimação fica impedido de engravidar e, portanto, haverá menos abandonos, a verdade é que esta operação simples tem vantagens quando se trata de evitar certas doenças.

Nós já sabemos o quanto as redes sociais influenciam nossas vidas, tanto que as pessoas mais conhecidas são chamadas de influenciadoras. As celebridades que vemos na TV nos permitem ver outra face em seus perfis, como no caso dos defensores dos animais. Por exemplo, Dani Rovira, um conhecido humorista espanhol, preenche seu perfil com avisos sobre a consciência frente ao abuso e abandono. Segundo ele, a esterilização não é crueldade, é responsabilidade. Por quê?

Esterilização não é crueldade

Durante anos acreditou-se que esterilizar um animal era uma crueldade, que isso tirava parte de seu ser e de sua personalidade. Recomenda-se castrar os gatos para que eles fiquem mais calmos e mais relaxados e, também, esterilizar uma cadela no cio para que ela não engravide a qualquer momento, ou para evitar os cães irritantes que a procuravam.

Porém, isso foi considerado por muitos como uma atrocidade, mas com o passar do tempo percebemos que a esterilização ou castração não tem influência na personalidade e na vida de nossos animais de estimação, e evita muitos problemas. Esterilização não é crueldade.

Continuando com Dani Rovira, ele publicou em suas redes uma mensagem que alguém enviou pedindo ajuda para colocar para adoção vários filhotes que o cão dele tinha tido. É possível que a pessoa que enviou esta mensagem tenha se sentido lisonjeada ao ver que uma pessoa famosa publicou seu pedido, mas logo essa emoção diminuiria.

 Castrar gato

Dani escreveu: “Como é fácil evitar a responsabilidade de esterilizar nossos animais de estimação e depois querer que os outros nos tirem do problema, como um famoso, por exemplo. Esterilizar é uma responsabilidade que cada um deve assumir, e se você não fez isso, cuide desses filhotes!”

A postura do humorista foi compartilhada por muitos em suas redes sociais, mas também há muitos fora das redes que pensam igual. Quais são as vantagens da esterilização por que tantas pessoas a “promovam”?

Esterilizar, sim, sim, sim

Muitos daqueles que são contra a esterilização são, em parte, porque isso custa dinheiro. Mas claro, o que acontece quando os filhotes chegam? O que você irá fazer com eles? Não lhe custaria menos dinheiro se você tivesse esterilizado seu pet antes?

Husky siberiano

A esterilização não é crueldade e acarreta uma série de vantagens, não só para nós, mas também para os animais, que neste caso são os mais importantes. Estes são alguns deles:

  • Gravidezes são evitadas. A menos que você queira ter alguns filhotes para doar, porque você tem um lindo cão que todos os seus amigos e familiares querem ter, esterilize seu animal de estimação. Pense que um cão não é feito para se reproduzir e engravidar a todo momento, como fazem com eles em locais de reprodução. Alguns até morrem por terem sofrido tantas gravidezes. Não imite essa atitude nem por um momento, por favor.
  • Cães indesejados. Se você não quer ter mais cães, por que você permite que seu cão engravide? O que você vai fazer com os filhotes? A tristeza é que muitos acabam abandonando-os e os mais cruéis os matam com um golpe na parede. Cruel, mas uma realidade.
  • Elimina-se o abandono. O abandono é uma das formas de ‘nos livrarmos ‘ dos filhotes que não podemos cuidar ou das cadelas que já deram à luz muitas vezes e podem até ficar doentes por isso. Muitos decidem ficar com um cão e se livrar dos outros.
  • Previne doenças. A esterilização no caso das fêmeas previne doenças uterinas, assim como o câncer. No caso dos cães, previne o câncer testicular e de próstata.

Conclusão

Portanto, esterilização não é cruel, é uma responsabilidade que vai nos ajudar a lutar contra o abandono e permitir que nossos animais de estimação tenham uma vida feliz, saudável e, até mesmo, livre de muitas doenças. Esterilizar é a melhor solução.