Feromônios nos animais: saiba mais sobre eles

· fevereiro 17, 2019
Você sabe o que são os feromônios e como eles influenciam o comportamento dos animais? Nós contaremos tudo sobre essas substâncias.

A presença de feromônios nos animais influencia muito mais em seu comportamento e estilo de vida do que imaginamos. Para realmente aprender o que são os feromônios e para que servem, a melhor maneira é desvendar de uma vez por todas como isso funciona no mundo animal.

Uma substância diferente dos hormônios

Os feromônios são substâncias liberadas por animais que têm a capacidade de alterar a fisiologia de outros membros de sua espécie e intervir em seu comportamento sexual e territorial. 

Estas substâncias são compostos químicos orgânicos de baixo peso molecular que fixam-se nos receptores nasais dos animais.

Para realmente entender o que são os feromônios, temos que ter em mente que eles desempenham um papel muito importante na comunicação entre os membros da mesma espécie. 

Ao contrário dos hormônios, que agem internamente, os feromônios são liberados no meio ambiente por meio de fluidos corporais, como saliva, suor ou urina, e produzem um efeito específico em seu receptor.

elefoa e seu filhote

Os resultados derivados da liberação de feromônios (e a presença de outros fatores, como clima ou luz) em outros membros da espécie estão incluídos no fenômeno conhecido como bioestimulação.

Em mães lactantes, por exemplo, a proximidade de seus filhos e, portanto, a exposição a feromônios que eles emitem, levaria a uma maior produção de leite.

Para que servem os feromônios nos animais?

Os sinais emitidos pelos feromônios são detectados através do órgão vomeronasal, localizado dentro da cavidade do nariz.

Através dele, o estímulo fornecido pelos feromônios é transmitido ao cérebro, onde a resposta correspondente é produzida.

gatos branco e cinza

Este órgão se conecta com as terminações nervosas do hipotálamo, que controla as emoções, como medo ou atração sexual.

Os feromônios não fazem nada além de transmitir uma certa informação a um sujeito, cuja resposta é traduzida somaticamente.

  • Os feromônios desempenham um papel especialmente importante nos comportamentos reprodutivos. Por exemplo, os feromônios masculinos induzem a atividade ovariana cíclica de fêmeas de espécies como cabras ou ovelhas. Os elefantes machos mais jovens, por outro lado, emitem um cheiro semelhante ao do mel para evitar problemas com machos adultos. Além disso, certos feromônios presentes nas lágrimas dos ratos recém-nascidos inibem a libido da mãe, de modo que ela se dedica inteiramente a nutri-los.
  • Em relação aos costumes territoriais, os feromônios nos animais atuam como coordenadas que permitem ao resto dos membros da espécie saber quem vive em determinada área. No caso dos gatos, a entrada de outro felino desconhecido em seu território quase que automaticamente desencadeia um instinto agressivo no espécime considerado o “líder local”.

Realmente surpreendente, não é? A sabedoria da natureza nunca deixa de nos impressionar!

Fan, A. M., & Ting, D. (2014). Pheromones. In Encyclopedia of Toxicology: Third Edition. https://doi.org/10.1016/B978-0-12-386454-3.01065-4