Macaco-prego: características, habitat e comportamento

· janeiro 30, 2019
De pequeno porte, estes macacos são tão inteligentes que conseguem usar ferramentas para encontrar comida e fazer utensílios sozinhos.

O macaco-prego é considerado o mais inteligente dos primatas, devido à sua capacidade de aprender e, também, aos seus comportamentos. No artigo a seguir, vamos contar tudo sobre essa espécie em extinção.

Características e habitat do macaco-prego

Com uma longa cauda preênsil (que mede quase o mesmo que o torso), ele pode se pendurar nos galhos das árvores, além de ter um corpo preto até os ombros e branco acima do peito.

O macaco-prego-de-cara-branca recebeu esse nome em “homenagem” aos monges da Ordem dos Capuchinhos, que usam uma túnica escura com capuz claro.

Existem quatro subespécies de macacos-prego dentro do gênero Cebus. Todos eles são de tamanho pequeno: não passam de um metro de altura nem pesam mais de quatro quilos.

Eles também são chamados de “cara branca”, embora seu rosto seja rosado.

macaco-prego

Esses macacos se adaptam a diferentes tipos de florestas na América Central (Honduras, Panamá, Costa Rica e Nicarágua) e a algumas áreas da América do Sul (Colômbia, Equador, Brasil). 

Eles se alimentam de frutas, legumes, nozes, sementes, brotos e pequenos vertebrados e invertebrados, como caranguejos, crustáceos, rãs, ovos de aves, insetos e lagartos, já que são onívoros.

Comportamento e reprodução do macaco-prego

Este primata é um dos mais inteligentes da família. Pode usar certas ferramentas para encontrar comida; além disso, também pode construir utensílios!

O cérebro do capuchinho é maior que o de alguns macacosEles também foram vistos esmagando lagartas para esfregar nas costas e repelir insetos.

Normalmente, vive em grupos de até 20 indivíduos e é mais ativo entre as cinco e as nove da manhã, e entre as três e as cinco da tarde; no resto do tempo, ele dorme ou descansa. Passam muitas horas entre os ramos das árvores e podem descer até o chão para beber água.

Eles podem andar e correr de quatro, escalar, pular, galopar e pular de galho em galho; seu território compreende entre 30 e 90 hectares e, no mesmo dia, caminham até três quilômetros em busca de comida ou água.

habitat do macaco-prego

As fêmeas formam grupos separados dos machos, que as procuram na época de reprodução, e há sempre um que é considerado o alfa ou líder, que detém essa posição por cerca de 17 anos e é o único que copula com as fêmeas.

Os macacos-prego, como muitos primatas, acasalam entre os membros da mesma família e são férteis após os sete anos de idade. 

Eles se reproduzem em uma base sazonal entre dezembro e abril, a gravidez dura seis meses e só dá à luz a um filhote; que é carregado pela mãe nas costas até os seis meses e amamentado até um ano.

Predadores e caça do macaco-prego

Devido ao seu tamanho de pequeno a médio, os principais predadores deste macaco são a jiboia, a cobra bicuda, o jacaré, a onça e a jaguatiricaEm alguns casos, a harpia pode caçar seus filhotes.

Para avisar a família que há perigo, os macacos-prego gritam alto e correm depressa; em alguns casos, eles enfrentam o predador.

Esta espécie é vítima da caça ilegal e do comércio de animais selvagens, uma prática comum na América Central e no norte da América do Sul.

Além disso, não podemos ignorar as altas taxas de desmatamento da floresta nativa e da selva.

Isso significa que sua população está cada vez menor e que algumas das subespécies estão em perigo crítico de extinção, como é o caso do capuchinho de peito amarelo, do kaapori e do macaco-prego-dourado.