Melhor alimentação para gatos de pelo curto

· novembro 3, 2018

A alimentação para gatos de pelo curto mais adequada é a que contém uma boa quantidade de gordura e, sobretudo, proteína. As dietas ricas em carboidratos fazem com que eles corram o risco de sobrepeso.

Quando falamos de gatos, estamos falando de predadores naturais. Dessa forma, a alimentação para gatos de pelo curto é muito delicada.

Se você não compreende isso e o alimentar demais, seu felino pode tornar-se um comedor desequilibrado.

Se você está dando a seu gato alimentos que não são à base de carne, pode ter dificuldade para fazê-lo comer corretamente.

O que um gato de pelo curto deve comer?

Nunca se esqueça de que os gatos de pelo curto compartilham ascendência com felinos ferozes, como leões, tigres e jaguares. Então, leve isso em conta na hora de alimentá-los.

Você nunca verá um leão adulto comendo uma maçã ou bebendo leite na natureza. Você também não verá um filhote de leopardo bebendo leite de uma vaca ou de qualquer outro animal.

Por mais ridículos que esses exemplos sejam, é exatamente assim que as pessoas alimentam seus gatos de pelo curto.

Não se surpreenda se o seu felino preferir ficar com fome a comer um alimento que ele não “aprove”. Eles não comem o mesmo que cães e humanos. 

Gatos são muito exigentes quanto à comida, e não há como forçá-los a comer.

No que diz respeito à sua nutrição, raramente se desviam de sua dieta e, como dono, você sempre deve levar isso em conta.

Gatos de pelo curto precisam comer muita carne para obter gordura e proteína. De fato, se comêssemos como eles, teríamos sérios problemas de saúde ainda jovens.

Gato comendo ração úmida

A alimentação para gatos com pelo curto não é de forma alguma semelhante à dos seres humanos, nem semelhante à de cães pequenos. 

Não é incomum as pessoas tratarem gatos de pelo curto como cachorros, que podem comer uma variedade de alimentos diferentes e se manter saudáveis.

Muitas vezes, quando você vê um gato de pelo curto doméstico extremamente gordo é porque ele foi alimentado com uma dieta rica em carboidratos. 

Isso faz com que o animal sofra o risco de desenvolver diabetes. O sistema digestivo do gato de pelo curto não é projetado para carboidratos. Dessa forma, evite esse tipo de alimento.

Como deve ser a alimentação para gatos de pelo curto?

A alimentação para gatos de pelo curto deve atender às diretrizes definidas pela Associação Americana de Autoridades de Controle de Alimentos (AAFCO). Satisfazer essas diretrizes garante que seu gato de pêlo curto esteja recebendo a nutrição correta.

Não preste atenção em termos de publicidade como gourmet, natural, super-premium e premium, pois não há diretrizes que os definam. Pergunte ao veterinário que comida (úmida ou seca) ele recomenda para o seu gato de pelo curto.

alimento para gatos de pelo curto: qual é o melhor?

Depois de ter feito a sua escolha, deixe  seu gato provar. Se ele come sem problemas, e parece se desfrutar, é uma ótima escolha. Do contrário, se ele não gostar, prepare-se para encontrar outras opções.

Gatos de pelo curto geralmente fazem greve de fome em vez de comer algo de que não gostam, e essas greves são prejudiciais. Se ele decidir entrar em greve de fome, estará em risco de ter insuficiência hepática e morrer.

Se você decidir mudar a dieta do animal, introduza um tipo diferente de comida lentamente e em pequenas quantidades por aproximadamente uma semana. Isso ajuda a evitar que o gato de pelo curto rejeite o novo alimento e diminui o risco de incomodar o estômago do seu amiguinho.

Tamanho da porção, tempo de alimentação e aperitivos

O alimento para gatos de pelo curto deve ser abundante? Bem, isso depende de alguns elementos que não podem ser previstos. Por exemplo, seu gato de pelo curto é um gato interno ou externo? Ele é esterilizado? Ambas as respostas são críticas para determinar as necessidades nutricionais do seu gato.

A melhor coisa que você pode fazer é pedir ao veterinário mais informações. que o ajudarão a determinar o melhor peso e a quantidade diária de calorias para seu pelo curto. Tome a iniciativa e pergunte ao seu veterinário sobre o peso e a comida do seu gatinho.

Depois de descobrir quanto de alimento seu gato de pelo curto precisa, não se desvie. Pode parecer que não é suficiente, mas vai manter o seu gato com um peso ideal. Para gatos de pelo curto, é difícil perder peso quando se tornam obesos.

Planeje as refeições: eles gostam de comer durante o dia, então é melhor deixar a comida do lado de fora, acessível o tempo todo. Você pode dar a metade de manhã antes de sair para o trabalho e a outra metade à noite. Além disso, não deixe que os tratamentos diluam sua nutrição.