Nós podemos comer carne de tubarão?

janeiro 24, 2019

Embora seja verdade que os alimentos devem passar pelos controles sanitários para determinar se são prejudiciais ou não, a verdade é que em países menos desenvolvidos a inspeção pode deixar passar muita coisa. Por isso, questionamos: a carne de tubarão pode ser consumida?

Alguns países consomem a carne de animais que nunca consumiríamos no ocidente, como a carne de cachorro, gato e cavalo.

Surgiram muitos rumores de que vários peixes têm sido vendidos como uma certa espécie, mas na verdade são carne de tubarão. Mas esta carne pode ser consumida? Ela é benéfica para a saúde ou prejudicial?

Por que se come carne de tubarão?

Desde que os restaurantes orientais chegaram à Espanha, iniciou-se o consumo de uma das sopas mais famosas e caras: a de barbatana de tubarão.

Para os chineses, por exemplo, essa carne não é apenas uma delícia para o paladar. Na verdade, ela também é um símbolo de status social, devido ao seu alto custo.

A família dos tubarões é grande e, de fato, acredita-se que existam mais de 350 variedades diferentes, entre as quais se descobriram algumas que são consideradas comestíveis.

Por exemplo, na Espanha, o cação, o tubarão azul, o mako, o cação-bico-de-cristal, a caella, a musola e o tubarão-albafar são consumidos.

Na verdade, eles são servidos em muitos dos melhores restaurantes, embora sempre fritos ou cozidos. Isso porque esse tipo de carne não fica muito saborosa quando grelhada.

Uma das principais razões pelas quais o tubarão é consumido, além de seu preço, é porque é uma carne limpa de espinhos.

No entanto, sua textura é gelatinosa e, se o animal tiver um tamanho grande, é possível que exista um forte cheiro de ureia. Dessa forma, os pequenos são mais valorizados.

A carne de tubarão faz bem?

Embora muitos tubarões sejam considerados comestíveis, de acordo com estudos realizados, há muitas espécies que contêm uma considerável quantidade de mercúrio.

Dessas espécies, três se destacaram. É importante lembrar que mercúrio pode ser mortal para o ser humano.

podemos comer carne de tubarão?

As espécies analisadas foram o tubarão branco, o tubarão-manso e o tubarão-escuro. Com isso, determinou-se que os níveis de metais tóxicos e mercúrio eram 10 vezes maiores do que o permitido nos níveis de segurança.

A questão que surgiu durante os estudos é como os tubarões acumulam esse nível de toxicidade em seus corpos. A resposta parecia simples: devido à sua boca grande e seu apetite voraz, eles comem tudo em seu caminho.

Em muitos casos, eles inadvertidamente engolem substâncias não comestíveis e objetos que podem ter uma grande quantidade de metais.

Embora isso influencie a carne de tubarão que podemos consumir, não podemos esquecer que os resíduos que jogamos no mar matam centenas de tubarões todos os anos.

A maioria dos tubarões que têm alta toxicidade em seus corpos são aqueles que se alimentam mais perto das costas. Ou seja, onde chegam resíduos agrícolas e lixo das grandes cidades.

Muitos podem se perguntar por que continuamos a consumir carne de tubarão se já foi provado que pode ser prejudicial para nós. A principal razão é porque seguimos tradições.

Há pratos com cações que fazem parte da gastronomia espanhola há anos. No Brasil, a carne de tubarão é bastante consumida em locais como Fernando de Noronha.

Sim ou não para carne de tubarão?

Como sempre, a decisão final é tomada pela própria pessoa. Mesmo assim, devemos ter em mente que qualquer alimento destinado ao consumo deve respeitar os níveis de qualidade.

carne de tubarão

Em países menos desenvolvidos, esses níveis podem não ser tão rigorosos. Dessa forma, muitos deles preferem não consumir carne de tubarão. No entanto, nos países mais desenvolvidos, muitos também optam por evitar o consumo.

Também depende de quantas opções existem para escolher e quanto custam. Triste, mas é verdade. Assim, haverá aqueles que comerão durante toda a vida a carne dos tubarões, por hábito.

No entanto, por outro lado, haverá aqueles que se assustarão com os números de tubarões que morrem para o consumo e optarão por não contribuir para isso.

De qualquer forma, esse é outro sinal de que estamos destruindo o planeta. Além disso, estamos estragando o ecossistema que deveríamos proteger para nossos filhos e futuras gerações. Outra triste realidade.