O canto do rouxinol

julho 7, 2018
Um pássaro fácil de ouvir, mas difícil de se ver, por causa de sua natureza sempre alerta, o que o faz fugir ao menor sinal de uma ameaça. Esta ave migratória tem uma habilidade poderosa para chilrear, mas ao mesmo tempo é uma melodia alegre e delicada que, dizem, indica a chegada da primavera.

O rouxinol é uma ave migratória nativa das florestas da Europa e da Ásia, cujo canto apresenta inúmeras tonalidades. Eles são muito amados no continente americano, onde também são conhecidos como ‘corochiré’, um nome de origem popular.

Popularmente, diz-se que o canto do rouxinol anuncia a chegada da primavera e é um símbolo de amor e otimismo entre as pessoas. Seu canto é geralmente sinônimo de alegria.

O rouxinol: características físicas e taxonomia

Os rouxinóis, cujo nome científico é Luscinia megarhynchos, são aves passeriformes pertencentes à família Muscicapidae. Adotam hábitos migratórios e mantêm uma dieta onívora, na maioria insectívora.

A aparência dessas aves é muito humilde em comparação com seu poder vocal. São pequenas aves, cujo corpo pode medir entre 15 e 17 centímetros de comprimento total.

Em sua plumagem predominam discretos tons pardos e marrons, com ligeiras sombras avermelhadas. Seu peito apresenta um tom mais acinzentado, com tons avermelhados ou brancos.

No entanto, rouxinóis jovens são muitas vezes distinguidos de aves adultas por sua plumagem, principalmente avermelhadas e com as extremidades mais apagadas. Além disso, a cor branca ou cinza predomina na área inferior de seus corpos pequenos.

Rouxinol com minhoca

O bico de um rouxinol é igualmente discreto. Pequeno, afiado, de cor castanha escura no maxilar superior e um pouco mais claro na parte inferior. Suas patas e pés têm um tom claro e suave, semelhante à chamada “cor de carne”.

Dimorfismo sexual nos rouxinóis

Em relação ao dimorfismo sexual, o rouxinol é uma das aves com menor diferença morfológica entre machos e fêmeas. Ambos os sexos têm plumagens muito semelhantes e tamanhos similares. No entanto, as fêmeas geralmente apresentam cores mais suaves na cauda.

Quando analisamos o canto do rouxinol, identificamos que os machos registram uma emissão mais poderosa e diversa que as fêmeas. No entanto, ambos os sexos são capazes de emitir melodias complexas.

A riqueza musical do canto do rouxinol

Apesar de sua aparência modesta, o canto do rouxinol revela uma delicadeza notável e grande poder. Em sua emissão vocal predominam os sons alegres e vivazes, combinados com um forte apito e alguns gorjeios.

Esses pequenos pássaros mantêm hábitos diferentes dos outros e cantam não só ao amanhecer e ao anoitecer, mas também durante a noite, mesmo no escuro.

Os especialistas apontam duas variáveis ​​principais no canto dessas aves. Durante o namoro, os rouxinóis registram emissões mais fortes e audíveis, principalmente nos amanheceres e entardeceres da primavera. Sua música é principalmente dedicada a atrair fêmeas, mas também pode aparecer como um desafio para outros machos.

Canto do Rouxinol

Após o acasalamento, os rouxinóis geralmente apresentam um canto suave, menos vigoroso, porém mais constante. Normalmente, essas emissões aparecem quando o verão já está próximo, o que marca o final da primavera. Neste período, podemos apreciar a enorme riqueza musical que revela as infinitas melodias do canto do rouxinol.

Curiosidades sobre o canto do rouxinol

Na América Latina, principalmente nas regiões missionárias da Argentina e do Paraguai, a música do rouxinol é parte fundamental do folclore nacional. Suas emissões estão muito presentes nos campos. Muitos poetas e cantores adotam essa ave como fonte de inspiração. Em muitas ocasiões, vemos o rouxinol sendo homenageado em seus versos e canções.

Outro fato interessante sobre o canto do rouxinol é que as melodias são transmitidas entre gerações. Cada rouxinol apresenta aos seus filhotes as melodias que seus pais lhe transmitiram, quando ainda estavam se preparando para cantar. Portanto, a música dessas aves é geralmente considerada um belo patrimônio familiar e um patrimônio natural.

Fácil de ouvir, mas difícil de observar

Se quisermos ouvir o canto do rouxinol, podemos ir aos campos durante a primavera. Ficar debaixo de uma árvore e desfrutar de suas melodias ao pôr do sol, é uma bela experiência para descartar o frio do inverno. Mas vê-los é uma missão verdadeiramente desafiadora, mesmo para fotógrafos especialistas em aves selvagens.

Os rouxinóis são aves vivazes que estão sempre alertas, portanto escapam facilmente se percebem algum estímulo estranho em seu ambiente. Eles usam seu canto não apenas para atrair fêmeas, mas também para comunicar sensações e ameaças à sua comunidade.

Esses pequenos cantores geralmente se escondem entre as folhas das árvores mais cheias, onde saltam rapidamente de galho em galho. Ao perceber a presença de qualquer predador possível, eles voam rapidamente. Portanto, nossa presença deve ser discreta e respeitosa para podermos desfrutar de suas melodias sem assustá-los.