O que são animais nacionais?

· outubro 3, 2018

Para decidir quais espécies os representarão internacionalmente, os países escolhem os que habitam o seu território e são típicos do ecossistema. Naturalmente, há também animais nacionais relacionados à mitologia ou cultura. Conheça alguns deles no seguinte artigo!

Exemplos de animais nacionais

A Austrália escolheu o canguru, a China, o panda, e Espanha, o touro. Não é uma coincidência: cada país é responsável por determinar seu animal nacional, baseado em espécies que são mais comuns no seu território ou que se relacionam com a história e cultura. Mais alguns exemplos:

1. Águia Careca (Estados Unidos)

Está presente no emblema nacional e na moeda de 25 centavos de dólar. Sua imagem (que abre este artigo) é sinônimo de força, poder e habilidade. Também é reverenciada pelos nativos.

Apesar da águia careca não ser realmente careca, pois tem penas em sua cabeça, elas são mais claras do que no resto do corpo, que são mais escuras. Uma das características marcantes deste pássaro é seu grande bico amarelo.

No país vizinho, o México, a águia de ouro é o animal nacional. Não é uma espécie endêmica deste território, pois também vive na Europa e no Japão. Ela foi até escolhida pela Alemanha para representá-los.

águia real

2. Aves da América Central

A maioria dos países da América Central escolheu uma ave diferente para representá-los internacionalmente. Isso porque há grande diversidade de aves nessa região.

Aves e mamíferos, fundamentalmente, podem ser ícones de diferentes países, que geralmente são comuns à sua fauna. Eles estão relacionados à sua história e suas culturas.

O quetzal, na Guatemala, o guará vermelho em Honduras, o flamingo vermelho nas Bahamas e o beija-flor-de-bico-vermelho na Jamaica são alguns exemplos.

3. Vicunha (Peru)

Na América do Sul, também muitas aves são animais emblemáticos (o joão-de-barro na Argentina, Condor na Bolívia, Colômbia e Equador ou tero no Uruguai). Mas certamente o mais representativo da região andina – do Peru especificamente – é a vicunha; familiar direto dos camelos do deserto e parente da alpaca e da lhama.

vicunhas em Machu Picchu

Estes pequenos camelídeos, com até 50 quilos de peso e pelagem castanho claro, habitam áreas a mais de 3,2 mil metros acima do nível do mar. Eles têm a capacidade de andar entre o solo rochoso e quente, e se alimentam de pastagens baixas.

4. Galo (França)

Temos de fazer uma diferenciação com o galo ‘comum’, escolhido como animal nacional em Portugal. O galo gaulês é o que representa a França. Está presente até mesmo em esportes como futebol, rúgbi e esgrima; e podemos vê-lo em vários monumentos em todo o país.

galo francês

Esta ave é laranja com cauda cinza escura, modesto em tamanho e, apesar de ser domesticado há séculos, ainda mantém um ar ‘selvagem’.

5. Alce (Suécia e Noruega)

Ambos os países compartilham não só o território em que vivem (Escandinávia), o clima hostil e vários de seus costumes, mas também os animais nacionais. Eles escolheram o alce, porque é a espécie mais comum em suas florestas frias e nevadas.

Alce

Da família dos cervídeoseste mamífero possui um grande dimorfismo sexual: o macho possui grandes chifres, que são sua principal característica. Eles formam pequenos rebanhos no inverno, são orientados pelo olfato e pela audição e se alimentam de folhas, galhos, caules e cascas.

6. “The big five” africanos

Tal como acontece com a vasta fauna desse continente, os animais nacionais da África também são muito diversificados. É claro que vários países escolheram um dos “cinco grandes” para representá-los: leão na Etiópia, leopardo na Somália, elefante no Quênia e búfalo na Zâmbia. Apenas o rinoceronte estava faltando para completar o time!

The Big Five

7. Tigre de Bengala (Índia)

Esta subespécie do tigre habita vários países da região; mais precisamente as florestas e savanas (é também o animal nacional do Bangladesh). Pode medir até três metros e pesar cerca de 230 quilos.

Tigre de bengala

As fêmeas vivem em grupos e se encontram com os machos no momento da reprodução. Sendo grandes carnívoros, alimentam-se principalmente de mamíferos, como veados e antílopes.