11 espécies de tucanos

Entre as espécies de tucanos que existem, o mais conhecido é o tucano-de-bico-arco-íris, mas você verá que essa não é a única espécie famosa. Leia este artigo e descubra as diferenças entre os membros da família Ramphastidae.
11 espécies de tucanos

Última atualização: 17 Julho, 2021

Sabemos que existem cerca de 42 espécies de tucanos que se agrupam em 6 gêneros, pertencentes à família dos ranfastídeos ou Ramphastidae. São aves que fazem parte da ordem dos Piciformes, igual a outras aves, como os pica-paus. Os membros desse táxon são reconhecidos por suas cores exóticas e seus grandes bicos.

Além disso, os tucanos são nativos das áreas tropicais da América do Sul, ou seja, estão distribuídos por todo o México até a Argentina. De todos os níveis térmicos do território, seus favoritos são as florestas tropicais de baixa altitude. Continue lendo para aprender mais sobre essas aves.

Características das espécies de tucanos

Os tucanos são uma das espécies de aves mais conhecidas do mundo por suas cores e seu particular bico. Na verdade, são características transversais aos diferentes tipos de tucanos, dos quais falaremos mais tarde.

Ao nos aprofundar nas especificações do seu bico, descobrimos que ele é longo, largo e curvado, semelhante a um gancho. Embora predomine a cor preta ou marrom-escuro, seu bico tem várias cores, assim como sua plumagem, visto que a região orbital costuma ser de uma tonalidade diferente. Além disso, os tucanos podem medir entre 18 e 65 centímetros de comprimento e pesar até 680 gramas.

São aves arbóreas, por isso gostam tanto das florestas. Geralmente, são sedentários e se alimentam de frutas, por isso fazem migrações curtas e apenas em busca de alimento. Eles também comem sementes, folhas, ovos, insetos e pequenos vertebrados.

Por outro lado, os tucanos têm uma característica que os torna adoráveis aos olhos humanos: são monogâmicos. Isso significa que ao longo de suas vidas eles mantêm o mesmo parceiro. Junto com a fêmea, o macho constrói um ninho no oco de uma árvore, no qual fazem a postura dos ovos, e ambos incubam e criam os filhotes.

Espécies de tucanos

De acordo com alguns manuais de pássaros, os nomes de algumas das espécies que pertencem à família Ramphastidae são derivados de seu canto, entre outras características. Neste artigo, vamos descrever em detalhes 4 gêneros de aves com morfologia e hábitos típicos dos tucanos. No total, englobaremos 11 espécies diferentes.

Saripocas e açaris (Selenidera)

Os saripocas ou araçaris (Selenidera) são um gênero de tucanos que habitam as florestas do norte da América do Sul. Possuem bico preto, branco ou com diferentes tonalidades de cinza, e medem entre 30 e 40 centímetros.

Os machos diferem das fêmeas por apresentarem garganta e tórax pretos, enquanto nas fêmeas essas áreas têm uma cor marrom. Além disso, elas apresentam um bico mais curto. Estas são algumas das espécies do gênero Selenidera :

  • Araçaripoca-grande (S. spectabilis): é a maior espécie do gênero, medindo entre 36 e 38 centímetros e pesando até 245 gramas. Seu bico é longo com uma linha de base preta ou cinza. O macho tem um capuz preto e penachos amarelos nas orelhas, e a fêmea tem a coroa e a nuca castanhas. Por sua vez, as fêmeas não apresentam penachos nas orelhas.
  • Saripoca-de-gould (S. gouldii): é uma das espécies mais fáceis de reconhecer por suas cores vibrantes. A fêmea é menor que o macho e tem um bico mais curto. Por sua vez, o bico apresenta uma mistura de cores, pois é branco na parte inferior e tem a ponta alaranjada.
  • Araçari-poca (S. maculirostris): nessa espécie, a cor preta predomina no macho e o marrom-alaranjado, na fêmea. Ambos têm de 3 a 5 faixas escuras em seus bicos, olhos verdes e um penacho com penas pós-oculares com uma linha que parece formar um “A” amarelo.

 

Uma das espécies de tucanos.

Araçaris (Pteroglossus)

Os araçaris são tucanos que vivem na zona tropical da América ou nas florestas do Neotrópico, entre as bacias dos rios Amazonas e Orinoco. Membros do gênero Pteroglossus têm até 40 centímetros de comprimento e apresentam notáveis diferenças morfológicas dependendo da espécie. A seguir, apresentamos 3 delas:

  • Araçari-de-bico-de-marfim (P. azara): é uma das espécies de tucanos pequenos e é encontrada no oeste da Amazônia. Tem um peito vermelho com uma faixa escura na barriga onde a coloração é amarela. Seu bico é amarelo-claro com manchas escuras.
  • Araçari-de-pescoço-preto (P. torquatus): esse tucano habita as florestas tropicais e se caracteriza por ter bico e cauda longos. O corpo é amarelo com manchas pretas da mesma cor, com padrão serrilhado do bico, que é preto na parte inferior e amarelo com branco na parte superior.
  • Araçari-miudinho (P. viridis): é uma espécie de tucano de ventre amarelo-claro e peito escuro. É capaz de emitir um canto muito parecido com o do pica-pau e tem um bico bem colorido.

 

Tucaninhos (Aulacorhynchus)

Os tucaninhos (Aulacorhynchus) se distribuem pelo sul do México até a Bolívia. Suas principais características são a cor verde e o tamanho reduzido. Apresentam entre 30 e 40 centímetros de comprimento e exibem uma cauda longa e escalonada. Seu bico é geralmente preto, branco, amarelo ou avermelhado. Conheça duas espécies de tucaninhos:

  • Tucaninho-verde (A. derbianus): é de cor verde profundo, com a garganta branca, a ponta da cauda marrom e um bico preto com uma linha branca na base. Algumas dessas aves também apresentam manchas vermelhas na ponta e na base do bico.
  • A. sulcatus: essa espécie tem um bico preto com uma ampla área amarela na base e um contorno branco. A área dos seus olhos é desnuda e apresenta lindos tons verdes em suas penas, com um tom azulado na garganta. A cauda dessa ave é marrom e há uma tonalidade azul-claro ao redor dos olhos.

 

Um tucano da espécie Aulacorhynchus sulcatus

Tucanos (Ramphastos)

Os tucanos, pertencentes ao gênero Ramphastos, são as aves mais reconhecidas dessa família. São os maiores espécimes e contam com os bicos mais marcantes. Além disso, sua distribuição é bastante ampla, do México à Argentina.

Na natureza, essas aves podem medir entre 45 e 65 centímetros de comprimento, enquanto seus bicos podem chegar a 20 centímetros. Confira mais detalhes sobre as diferentes espécies do gênero Ramphastos:

  • Tucano-toco (R. toco): essa ave é o maior membro da família dos tucanos e habita o continente sul-americano. A maior parte de sua plumagem é preta e sua garganta é branca com anéis oculares azuis. Seu grande bico é amarelo com uma mancha preta. Não há dimorfismo entre fêmeas e machos.
  • Tucano-grande-de-papo-branco (R. tucanus): essa ave também é grande e, como seu próprio nome sugere, tem o peito branco, que se destaca por sua plumagem negra. Seu bico é vermelho com uma linha amarelo-claro e também possui um anel de cor azul que se estende ao redor dos olhos.
  • Tucano-de-bico-íris (R. sulfuratus): também conhecido como tucano-de-peito-amarelo, essa espécie tem um bico multicolorido em que predomina o verde-amarelado com a ponta vermelha ou marrom, e que possui uma faixa preta em sua base. Além disso, seu peito é amarelo brilhante com uma faixa vermelha que separa essa área do corpo.

 

Um casal de tucanos

Estado de conservação das espécies de tucano

Algumas espécies de tucanos estão ameaçadas de extinção, enquanto outras são classificadas como pouco preocupantes. Entre os fatores que contribuem para o declínio dessas aves estão a predação e a caça humana, já que seus bicos e penas os tornam desejáveis para serem usados como enfeites, o que, é claro, é ilegal.

Soma-se a isso as condições do desmatamento que atualmente ocorre na maior área natural em que essas aves vivem: a Amazônia. Da mesma forma, os tucanos são uma das espécies que enfrentam a falta de consciência por parte dos seres humanos, que há muito tempo desfrutam de seu canto e sua companhia em cativeiro, apoiando a biopirataria ou o tráfico ilegal.

Pode interessar a você...
O tucano e seu bico colorido
Meus Animais
Leia em Meus Animais
O tucano e seu bico colorido

Cada uma das aves que habitam esta terra tem uma característica marcante. No caso do tucano, seu bico grande e colorido é sua carta de apresentação...



  • Hernández, Daniel & Tosi-Germán, Rafael & Píriz, Rosina & Muraña, Ivan & Cossio, César & Coitiño Banquero, Hugo & Rafael, Alberto. (2009). Confirmación de la presencia del tucán grande Ramphastos toco (Piciformes: Ramphastidae) en Uruguay. Boletín de la Sociedad Zoológica del Uruguay. 18. 35-38.
  • Guía de las especies migratorias de la biodiversidad en Colombia. Dirección de Bosques, Biodiversidad y Servicios Ecosistémicos. 2012.
  • Tucán arcoiris. División de Ambiente Centro de Información Ambiental de la Cuenca (CIAC), Panamá.
  • Manual para facilitadores del Programa de Educación Ambiental. Las aves entran en las escuelas. Sociedad Conservacionista Audubon de Venezuela.