Pesquisa explica como os cães envelhecem

outubro 19, 2019
A apatia e o comportamento agressivo podem aumentar em cães idosos.

Ao calcular como os cães envelhecem, sempre houve uma generalização de que um ano humano corresponde a sete anos caninos. No entanto, essa regra varia de acordo com a raça e o tamanho do animal, e envolve uma série de mudanças físicas e comportamentais características.

A expectativa de vida de um cão médio é de aproximadamente 12 anos, embora esse número varie dependendo de fatores físicos, genéticos, ambientais ou nutricionais, entre muitos outros.

Ao classificar esses animais como idosos, independentemente do tamanho, os donos tendem a ficar confusos. De fato, enquanto consideram que um cão envelhece após sete ou nove anos, a maioria dos veterinários adianta esse número para cinco ou sete.

Para determinar essa idade, os especialistas analisam uma série de mudanças na aparência e no comportamento do animal.

Sinais para entender como os cães envelhecem

  • Mudanças na cor da pelagem. Assim como acontece com os seres humanos, o surgimento de pelos grisalhos é um dos sinais mais notáveis ​​do envelhecimento. Normalmente, esse pelo acinzentado fica concentrado no focinho e ao redor dos olhos.
  • Alterações nos olhos. A perda da visão, que pode culminar em cataratas, é acompanhada por afundamento ocular, presença de manchas marrons ou outras alterações morfológicas em comparação aos olhos saudáveis ​​da juventude.
  • Variação de peso. Embora possa acontecer que a diminuição da atividade contribua para o ganho de peso, geralmente há uma perda do mesmo. O motivo é um apetite menor do animal, que leva à redução da ingestão de alimentos e da frequência.
Ganho de peso em cães

  • Mudanças no comportamento urinário. A incapacidade de conter a urina não precisa ser punida, pois é outro sintoma de que o cão está envelhecendo. Ao mesmo tempo, o declínio alimentar pode causar constipação crônica.
  • Apatia. Dor física ou falta de energia podem levar ao isolamento do animal. Portanto, os cães que não querem ser incomodados por outros membros da família tendem a se esconder ou recorrer a cochilos mais longos do que o normal.
  • Comportamento agressivo. O comportamento arisco geralmente vem combinado com reações violentas no caso do animal estar incomodado com suas doenças. Além disso, o fator medo aumenta com a velhice e leva a respostas desproporcionais para se proteger.
  • Desorientação e comportamentos repetitivos. Os esquecimentos e outros transtornos mentais podem levar a tropeços, ao aparecimento de tiques nervosos e outras anormalidades.

Dicas paliativas para os donos de cães idosos

Embora a passagem do tempo seja uma realidade inquestionável, os donos podem contribuir para o bem-estar do animal nos seus últimos anos.

Dono idoso com seu cão

Além de levar os cães que envelhecem para fazer fazer revisões completas pelo menos uma vez por ano, é importante abordar adequadamente questões alimentares e atividades físicas.

A idade dos cães está diretamente relacionada à qualidade e quantidade dos cuidados que eles devem receber.

Os cães mais velhos costumam exigir um aporte energético menor e menos gordura, pois sua atividade metabólica tende a diminuir.

Por isso, muitas marcas de alimentos para animais produzem formulações específicas que, por sua vez, aumentam a porcentagem de fibras para ajudar a combater a constipação. A transição para a nova dieta adulta, assim como em qualquer outro caso, deve ser sempre gradual.

Embora os cães idosos tendam a se isolar, os donos devem fazer todo o possível para lhes dar uma motivação. O exercício é necessário para a prevenção de problemas ósseos e musculares, e também para contribuir com a felicidade e bem-estar mental do seu animal.

  • Panzarella, G. (S.f). DiamondbackDrugs. 10 Signs Your Dog or Cat Is Getting Old: Behavior Changes in Aging Pets. Recuperado de https://www.diamondbackdrugs.com/10-signs-your-dog-or-cat-is-getting-old-behavior-changes-in-aging-pets/
  • Seymour, K. (2014). VetStreet. Aging Pets: Senior, Geriatric and What It All Means to Experts and Readers. Recuperado de http://www.vetstreet.com/our-pet-experts/aging-pets-senior-geriatric-and-what-it-all-means-to-experts-and-readers
  • VetStreet. (2015). What to Expect When Your Dog Gets Older. Recuperado de http://www.vetstreet.com/our-pet-experts/what-to-expect-when-your-dog-gets-older