Por que é interessante adestrar os animais de estimação

· março 14, 2019
Treinar os animais de estimação, longe de ser algo exclusivo para profissionais, pode ser muito interessante para melhorar a sua relação com o seu bichinho e a sua qualidade de vida.

Talvez você já tenha pensado em treinar seu animal de estimação em algum momento da sua vida, mas são poucos os que realmente dão o primeiro passo e buscam ajuda para começar.

Quando falamos de adestrar os animais de estimação, nos referimos a modificar seu comportamento por meio de técnicas que fortaleçam o vínculo entre nós e os animais.

Motivos para adestrar os animais de estimação

Nenhum animal foi feito para morar sempre em uma casa sem estímulos, até aqueles mais domesticados, como nossos cães e gatos.

Isso não quer dizer que estamos maltratando nossos bichinhos, mas que devemos trabalhar para que tenham uma boa qualidade de vida.

O enriquecimento do ambiente, nossa companhia e os passeios ao ar livre podem ser formas de melhorar o bem-estar de nossos animais.

No entanto, adestrar os animais de estimação é outra maneira de conviver melhor com eles.

Quando você começar a treinar seu amigo fiel, o vínculo entre vocês vai crescer e se fortalecer. A confiança é fundamental para o adestramento, e isso será muito útil no dia a dia com o seu animal.

Adestrar os animais de estimação

Os animais selvagens estão sempre tomando decisões no ambiente em que vivem, algo que não acontece com os animais que vivem presos.

Por isso, oferecer liberdade e desafios aos nossos bichinhos é uma boa forma de melhorar o seu dia a dia.

Treinar seu animal de estimação pode ser muito benéfico

Adestrar os animais de estimação não apenas permite estimulá-los, mas também pode reduzir seus níveis de estresse e fazer com que eles possam colaborar em atividades que, sem treinamento, podem ser muito problemáticas. Um exemplo é a visita ao veterinário, que pode se transformar em um trauma para alguns animais.

Treinamentos básicos, como deixar que cortemos suas unhas, manter-se quieto enquanto é examinado ou aprender a abrir a boca podem ser muito úteis quando vamos a uma clínica veterinária.

Adestrar seu animal nestes aspectos permitirá que seu veterinário trabalhe melhor e que seu bichinho queira colaborar para ser premiado em vez de ficar assustado.

Da mesma maneira, adestrá-los para que entrem na caixa de transporte, ou que fiquem quietos ao ouvir um determinado comando, pode ser muito útil no dia a dia. Os benefícios são ainda maiores se o treinamento for feito de forma metódica.

Adestramento para cachorros

Como adestrar seu animal de estimação?

Embora seja recomendável consultar um profissional, como um adestrador de cães, a verdade é que treiná-los é algo que você pode fazer em casa.

O treinamento é feito por meio de um condicionamento operante: a probabilidade de que um comportamento do nosso animal seja realizado mais vezes aumenta quando ele tem um estímulo positivo, ou seja, uma recompensa.

Para conseguir fazer isso, geralmente utilizamos um sinal ou comando que indica a ação, após a qual deve ser feito um sinal de confirmação, que indica que o animal fez o que era esperado. Depois de fazer o sinal, devemos dar-lhe uma recompensa.

Estes prêmios, geralmente, consistem em comida: deve ser um alimento do qual eles gostem, que seja fácil de dar e que o animal coma rápido.

É importante que não seja algo prejudicial e que possa ser comido em grandes quantidades, já que será oferecido diversas vezes.

É importante que estes prêmios não sejam parte da dieta do animal, e que só sejam oferecidos diante de um bom comportamento no treino. A recompensa não deve ser mostrada até que seja oferecida ao bichinho.