Como proteger seu gato dos venenos domésticos

junho 19, 2020
Apostar na precaução e nos sistemas de segurança adequados é essencial para evitar possíveis acidentes com venenos domésticos.

Uma grande parte das doenças felinas acontece devido a envenenamentos dentro de casa. Conhecer os venenos domésticos em potencial, além de adotar uma série de medidas preventivas, é essencial quando se trata de proteger seu gato.

Os gatos domésticos são normalmente expostos a uma série de riscos que os proprietários não sabem enfrentar. Muitos desses animais passam longas horas fora do ambiente familiar, tornando-os suscetíveis a abuso, envenenamento ou vandalismo urbano.

No entanto, no próprio lar, também há um grande número de ameaças que normalmente passam despercebidas, e que podem ser venenos domésticos em potencial no ambiente, como:

  • Medicamentos humanos.
  • Alguns alimentos humanos.
  • Produtos de limpeza e outras substâncias químicas.
  • Produtos cosméticos.
  • Plantas ornamentais de interior ou de jardim.
  • Inseticidas, raticidas e outros tipos de venenos.

Medidas preventivas para proteger seu gato

  • Manter a ordem e garantir que o gato não tenha facilidade de acesso. Medicamentos, produtos químicos e, em geral, produtos que podem causar danos ao animal, devem ser armazenados em locais discretos. Os gatos tendem a abrir portas, entrar em armários e inspecionar todos os tipos de cantos, por isso é aconselhável usar sistemas de travamento seguros.
Medidas preventivas para proteger seu gato

  • Conheça os alimentos nocivos para evitar possíveis distúrbios gastrointestinais.
  • Evite espécies de plantas incompatíveis com gatos. Muitas plantas de interior e de jardim contêm substâncias tóxicas que podem causar desde dermatites leves até paradas cardiorrespiratórias. Um exemplo são as tulipas, cujo impacto sobre a saúde desses animais é tão sério que a Food and Drug Administration (FDA) alertou sobre as doenças renais que ela causa.
  • Reduza ou evite o uso de venenos. Embora não sejam muito frequentes, nas áreas rurais podem ser comuns. Os raticidas, e até mesmo os inseticidas, devem ser aplicados em pequenas doses, quando essencial e com total segurança para que o animal não entre em contato com eles. No entanto, a melhor opção é usar métodos alternativos (armadilhas) ou limitar seu uso a períodos em que a casa ficará desocupada.

Garantir essas medidas é essencial para evitar possíveis intoxicações felinas. No entanto, como mencionado acima, a maioria dos problemas ocorre quando o animal está fora do ambiente doméstico.

Como proteger seu gato contra venenos domésticos

Sintomas dos venenos domésticos em gatos

Se após uma de suas fugas o animal mostrar um comportamento diferente do habitual, pode ser um reflexo de uma possível intoxicação alimentar. Existem vários sintomas que podem ajudar os proprietários a identificar essas condições:

Em geral, a medida mais objetiva e eficaz para proteger seu gato é a prevenção. Esses animais gozam de uma independência que, ligada à curiosidade e capacidade de alcançar todos os tipos de cantos, os torna animais de estimação muito expostos aos riscos.

  • Affinity. Alimentos prohibidos para gatos y sus consecuencias. (s.f). Recuperado de https://www.affinity-petcare.com/vetsandclinics/es/alimentos-prohibidos-para-gatos-y-sus-consecuencias
  • InnovaVeterinaria. Venenos peligrosos en nuestro hogar para los gatos. (s.f). Recuperado de https://www.innovaveterinaria.com/venenos-peligrosos-hogar-los-gatos
  • UniversidadAutónomadeBarcelona. Intoxicaciones más frecuentes en pequeños animales. (s.f) Recuperado de https://ddd.uab.cat/pub/clivetpeqani/11307064v24n4/11307064v24n4p231.pdf