Quais são as aves mais rápidas?

· agosto 8, 2018
Nem tudo é velocidade absoluta. Muitas aves de rapina podem passar de 300 km/h. No entanto, um dado curioso é a melhor marca registrada por uma ave com corpo pouco atlético e aerodinâmico: com velocidade média de 100 km/h por mais de 6.700 quilômetros, em uma migração transoceânica.

As aves mais rápidas do mundo podem passar facilmente dos 300 km/h durante suas manobras de voo e caça. Seu corpo não só está adaptado perfeitamente à vida aérea; mas também é preparado para sobreviver às mudanças de pressão e temperatura de nossa atmosfera. A seguir, vamos apresentar as aves mais velozes de todo o planeta.

Falcão peregrino: a ave mais rápida do mundo

O falcão peregrino é a ave mais veloz e o animal mais rápido existente em nosso planeta. Trata-se de um bom caçador; que pode superar facilmente os 350 km/h ao executar um voo para apanhar suas presas.

De acordo com registros oficiais, a maior velocidade oficialmente medida em um falcão peregrino voando foi de 385 km/h, em 2006.

No entanto, os especialistas calculam que essas aves alcançam os 400 km/h em baixas altitudes; e que podem superar os 600 km/h em altitudes elevadas.

falcões

O corpo de um falcão peregrino apresenta pequenos tubérculos ósseos para evitar lesões durante suas manobras de caça. Se não os tivesse, as mudanças de pressão atmosférica lesionaria facilmente seus pulmões e demais tecidos corporais. Essa capacidade adaptativa lhe permite lançar-se de altitudes elevadas para ganhar velocidade; e assim pegar suas presas.

Aves mais rápidas: o surpreendente recorde das narcejas-reais

As narcejas-reais são aves tipicamente praieiras. Possuem um corpo pequeno e um pouco “gordinho”. No entanto, sua constituição física aparentemente pouco atlética não lhes impediu de conquistar um recorde internacional.

Essas aves são donas do voo mais rápido já registrado em longas distâncias sem paradas.

Observações científicas recentes revelaram que as narcejas-reais realizam toda sua migração em uma velocidade média de quase 100 km/h. Isso significa viajar mais de 6.700 quilômetros; da Suécia até a África, em uma velocidade alta constante, sem fazer paradas.

Essa descoberta deve-se à dedicação de um grupo de biólogos que capturou 10 aves narcejas na Suécia; para analisar seu comportamento de voo. Nas aves selecionados, os estudiosos colocaram geolocalizadores; que permitiram acompanhar sua migração da Europa até a África.

narceja real

A surpresa para toda a equipe foi averiguar a velocidade das narcejas; cujo corpo parece muito pouco aerodinâmico. Em 2010; após um ano de observação por parte desses estudiosos, as aves narcejas foram recuperadas e libertadas sem os aparatos, para seguirem com suas vidas normais.

Atualmente, considera-se que são justamente as reservas energéticas de seu corpo “gordinho” que lhes permite voar tantos quilômetros sem parar. Do contrário, precisariam parar constantemente para comer e beber durante a longa viagem que fazem.

Isso também explica a razão pela qual essas aves adquirem hábitos alimentares mais intensos durante o outono. Seu organismo precisa armazenas nutrientes para migrar durante o inverno. Na verdade, as narcejas geralmente dobram seu peso nas semanas anteriores ao início de sua migração entre os continentes.

Outras das aves mais rápidas

Além do falcão peregrino, apresentamos outras aves que têm um voo extremamente veloz e que são capazes de superar facilmente os 200 e até os 300 km/h. A seguir; as seis espécies que seguem o falcão peregrino na lista de aves mais rápidas do mundo.

Águia real

As águias reais são muito apreciadas, não só por sua agilidade, mas também por sua beleza e suas habilidades de caça. Em suas manobras de voo, podem alcançar facilmente os 300 km/h e se caracterizam como caçadoras implacáveis.

águia real

Pertence à família accipitridae e é a espécie de ave caçadora mais conhecida em nosso planeta.

Andonhirão real

Essas aves incansáveis podem superar os 200 km/h e são capazes de alcançar insetos e pequenas aves em pleno voo. Passam quase a vida toda voando; com exceção de quando devem retornar ao ninho para cuidar de seus filhotes.

Pato mergulhão do bico vermelho

O aspecto de um pato mergulhão de bico vermelho é muito particular; graças a sua crista e seu bico. Machos e fêmeas possuem uma chamativa crista de plumas viradas para trás e geralmente medem cerca de 10 centímetros.

Além disso, seu bico possui um grupo de pequenos dentes nas mandíbulas inferior e superior. São aves pequenas de aproximadamente 50 centímetros e podem caçar a 160 km/h durante seu voo.

Ganso-patola

O ganso-patola destaca-se pela plumagem branca com pontas pretas. No entanto, essa plumagem só se desenvolve completamente em ambos os sexos a partir dos quatro anos de vida. É uma ave muito atrativa e pode alcançar os 160 km/h durante seu voo.