Qual é a maior formiga do mundo?

A maioria das formigas que possuem tamanhos gigantes tendem a habitar climas quentes e temperados, pois são os ecossistemas mais adequados para o seu desenvolvimento.
Qual é a maior formiga do mundo?

Última atualização: 16 Novembro, 2021

As formigas são um grupo de insetos bem conhecido em todo o mundo, pois sua distribuição cobre quase todos os continentes. Esses pequenos artrópodes geralmente têm apenas alguns milímetros de comprimento. Portanto, não costumam ser considerados visualmente importantes. No entanto, as maiores formigas do mundo podem surpreender você.

Esses insetos pertencem ao grupo dos formicídeos, que são parentes próximos das abelhas e das vespas (fazem parte da ordem Hymenoptera). Como se não bastasse, algumas espécies possuem um ferrão venenoso capaz de causar problemas fisiológicos ao injetar toxinas. Continue lendo e descubra qual é a maior formiga do mundo.

Como são as formigas?

As formigas são um grupo de artrópodes que têm seus corpos divididos em 3 regiões: cabeça, tórax e abdômen. Cada seção é muito bem definida, por isso é fácil identificá-las a olho nu. Além disso, elas exibem a típica “cintura de vespa”, que representa uma “ponte” entre as duas últimas seções do corpo distintivo dos himenópteros.

Assim como a maioria dos insetos, as formigas têm 3 pares de patas que permitem uma fácil locomoção. Além disso, apresentam um par de antenas receptivas que lhes permitem se orientar em seu habitat e perceber o ambiente. Finalmente, o abdômen costuma conter um ferrão com o qual injetam componentes tóxicos que paralisam e ferem suas vítimas.

Como se isso não bastasse, esses organismos têm mandíbulas poderosas, então seu ferrão não é o único meio de defesa contra predadores. Para esses insetos, essas estruturas são essenciais, pois graças a elas podem transportar objetos ou cortá-los. Dessa forma, o seu aparelho oral é uma ferramenta muito útil para a sua sobrevivência.

Em geral, a grande maioria das espécies são bastante pequenas e não excedem 2 centímetros de comprimento (embora as rainhas sejam geralmente maiores que operárias). No entanto, alguns tipos de formigas excedem em muito essas medidas, de modo que sua aparência costuma ser gigantesca em comparação com as outras.

As maiores formigas do mundo

Embora pareça simples, definir qual formiga é a maior do mundo não é fácil, pois existem várias espécies que podem lutar por essa posição. Além disso, embora algumas espécies tenham grandes tamanhos médios, nem todos os indivíduos atingem seus tamanhos máximos. Enfim, aqui estão alguns exemplos que vão surpreender você.

Dinomyrmex gigas

Essa espécie em particular pode medir entre 2 e 3 centímetros de comprimento, o que a torna um dos maiores formicídeos do Sudeste Asiático. Apesar disso, são insetos bastante pacíficos que só atacam se provocados. Sua mordida não representa nenhum perigo para a saúde humana além de um pequeno ferimento, então não há nada com que se preocupar.

A maior formiga do mundo.

Formiga-cabo-verde (Paraponera clavata)

A formiga-cabo-verde era considerada a maior formiga do mundo até pouco tempo atrás, pois a rainha atinge facilmente 3,5 centímetros de comprimento. No entanto, hoje se conhece outra espécie alguns milímetros maiores que ela. Esses insetos são endêmicos da América Central, onde se distribuem pelas florestas tropicais da região.

As curiosidades da formiga-cabo-verde são múltiplas.

Myrmecia

As formigas do gênero Myrmecia são conhecidas por sua agressividade implacável e seu comportamento solitário, pois estão em total contraste com o comportamento social de outras formigas. Quanto ao tamanho, existem exemplares que medem entre 1 e 3 centímetros de comprimento, o que os coloca entre os maiores que existem.

A formiga mais perigosa do mundo.

Qual é a maior formiga do mundo?

Embora exista uma grande variedade de espécies ao redor do globo, apenas um grupo de formigas pode ser considerado o maior do mundo. A posição é defendida pela espécie Dinoponera gigantea, que se distribui pela América do Sul e atinge 4 centímetros de comprimento. Por essas características, também é conhecida como a formiga gigante da Amazônia.

Esses himenópteros compartilham várias características com as formigas-cabo-verde, entre elas o poderoso ferrão. De acordo com um artigo na revista científica Annals of the Entomological Society of America, ambas as espécies têm um aparato venenoso semelhante. Isso significa que, além de serem incríveis em tamanho, apresentam uma das picadas mais dolorosas dos formicídeos.

Um artrópode de apenas alguns centímetros pode não parecer feroz. Porém, deve-se levar em consideração que centenas de formigas tendem a atacar o mesmo alvo ao mesmo tempo, podendo causar desastres reais. Contudo, a maioria das espécies ataca apenas quando ameaçada, tornando mais fácil evitar sua mordida. Respeite-as e elas respeitarão você de volta.

Pode interessar a você...
Por que existem formigas com asas?
Meus Animais
Leia em Meus Animais
Por que existem formigas com asas?

Existem formigas aladas que enchem os céus quando chove. Aqui vamos contar por que e quais fatores condicionam a presença de asas.



  • Pfeiffer, M., & Linsenmair, K. E. (2007). Trophobiotic interactions of giant ants Camponotus gigas (Hym. Form.) and wax cicada Bythopsyrna circulata (Hom. Flatidae) on a Syzygium-tree (Myrtaceae) in a tropical rainforest on Borneo. Asian Myrmecology, 1, 105-119.
  • Shafiq, H. M., & Maryati, M. (2021, April). Dinomyrmex gigas (Latreille, 1802): A Potential Icon for Taman Negara Johor Endau Rompin. In IOP Conference Series: Earth and Environmental Science (Vol. 736, No. 1, p. 012044). IOP Publishing.
  • Fourcassié, V., & Oliveira, P. S. (2002). Foraging ecology of the giant Amazonian ant Dinoponera gigantea (Hymenoptera, Formicidae, Ponerinae): activity schedule, diet and spatial foraging patterns. Journal of Natural History, 36(18), 2211-2227.
  • Lenhart, P., Dash, S. T., & Mackay, W. P. (2013). A revision of the giant Amazonian ants of the genus Dinoponera (Hymenoptera, Formicidae). Journal of Hymenoptera Research, 31, 119.
  • Hanley, R. S., & Lovett, J. P. (1999). Behavior and subcaste specialization among workers of the giant tropical ant, Paraponera clavata (Hymenoptera: Formicidae: Ponerinae). Entomological contributions in memory of Byron A. Alexander., 45-50.
  • Street, M. D., Donovan, G. R., Baldo, B. A., & Sutherland, S. (1994). Immediate allergic reactions to Myrmecia ant stings: immunochemical analysis of Myrmecia venoms. Clinical & Experimental Allergy, 24(6), 590-597.
  • Hermann, H. R., Blum, M. S., Wheeler, J. W., Overal, W. L., Schmidt, J. O., & Chao, J. T. (1984). Comparative anatomy and chemistry of the venom apparatus and mandibular glands in Dinoponera grandis (Guerin) and Paraponera clavata (F.)(Hymenoptera: Formicidae: Ponerinae). Annals of the Entomological Society of America, 77(3), 272-279.