As formigas dormem?

As operárias desempenham um papel fundamental na sustentação da colônia de formigas. As diferenças entre as castas não se resumem apenas ao trabalho que devem fazer, como você verá a seguir.
As formigas dormem?

Última atualização: 03 Novembro, 2021

Certamente você já viu milhares de formigas em sua vida e todas elas estavam se movendo rapidamente e trabalhando sem parar. Essas pequenas trabalhadoras estão presentes em quase todos os cantos do mundo, são sociais e dividem suas tarefas de acordo com sua posição na colônia. Você acha que as formigas dormem com tanto trabalho?

O trabalho das rainhas é botar ovos, e o dos machos acasalar com elas. As outras formigas fêmeas não reprodutivas (operárias) desempenham muitas funções: alimentar larvas, remover lixo da colônia, buscar alimento e fornecer defesa, entre muitas outras coisas.

O fato de as formigas conseguirem levantar de 10 a 50 vezes seu peso é bem conhecido e muito se estudou sobre suas habilidades sociais e sua forma incansável de trabalhar. Enfim, aqui você poderá descobrir o quanto esses fantásticos invertebrados descansam.

Características das formigas

As famosas formigas são encontradas em todos os continentes da Terra (exceto na Antártica). Especialistas dizem que algumas ilhas como a Groenlândia não têm formigas nativas, mas que algumas espécies foram levadas para lá pelos humanos. Além disso, essa família de insetos (Formicidae), assim como as vespas e as abelhas, pertence à ordem Hymenoptera.

Estima-se que esses himenópteros formem de 15 a 25% da biomassa dos animais terrestres, pois existem entre 1000 bilhões e 10 000 bilhões de formigas na Terra. Esse grupo é muito bem sucedido, pois existem cerca de 14 mil espécies descritas e estima-se que possam haver mais de 22 mil no total. Elas têm sucesso graças ao aproveitamento que fazem do meio ambiente, sua organização social e sua capacidade de se defender.

Uma formiga de fogo.

Suas grandes obras

As formigas criam colônias ou formigueiros altamente organizados de todas as formas e tamanhos possíveis. Algumas espécies vivem em sistemas de apenas alguns indivíduos, mas uma colônia média pode conter milhares de operárias vivos trabalhando juntas.

As menores colônias vivem em fendas ou aberturas naturais, mas as maiores criam ninhos, e as supercolônias têm mais de 300 milhões de indivíduos. Essas aglomerações massivas foram identificados no Japão, na Austrália, nos Estados Unidos e no sul da Europa.

Normalmente, as colônias são compostas de fêmeas estéreis sem asas chamadas operárias e soldados, alguns machos férteis e uma ou várias fêmeas fertilizadas chamadas rainhas. Os formigueiros que têm apenas uma rainha são conhecidos como monogínicos, enquanto aqueles com mais de uma (um pouco mais raros) são poligínicos.

As formigas agem como uma entidade de grupo em seus ninhos, por isso são concebidas como superorganismos. Essa sociedade de insetos é conhecida por sua divisão de trabalho, a boa comunicação entre os espécimes e sua capacidade de resolver problemas complexos. Em outras palavras, o formigueiro é muito mais do que a soma de suas partes.

As formigas dormem?

Um estudo divulgado pela BBC baseou-se em formigas-lava-pés (gênero Solenopsis) para responder a essa pergunta. Esses indivíduos também são conhecidos como formigas-de-fogo e representam um táxon de formigas picadoras com mais de 280 espécies no mundo.

Graças aos resultados, descobriu-se que as formigas dormem, mas seu tempo de sono depende da posição social que ocupam. As rainhas, por exemplo, vivem maravilhosamente. Elas têm sonos longos e profundos e se alimentam durante uma média de 9 horas todos os dias.

As operárias, por outro lado, dormem metade do tempo que as rainhas descansam, tirando centenas de cochilos curtos. Essa diferença na maneira de descansar explica porque as rainhas vivem muitos anos (até mais de 10) e as operárias apenas alguns meses.

Com essa estratégia, a colônia garante que sempre haja um número suficiente de formigas operárias acordadas a qualquer momento. Dessa forma, cria-se maior proteção e serviços à sociedade como um todo.

O sono das operárias

Como as formigas-lava-pés geralmente vivem no subsolo, seus padrões de sono não são determinados pelo ritmo circadiano. Portanto, as operárias descansam em intervalos irregulares e não todas ao mesmo tempo.

A quantidade de cochilos curtos que esses invertebrados tiram é incrível. Em média, uma única formiga operária tira 250 sonecas por dia, mas cada um dura pouco mais de um minuto. Isso equivale a 4 horas e 48 minutos de sono por dia.

Isso significa que 80% da população do formigueiro está acordada e ativa a qualquer momento. Uma colônia nunca fica desprotegida, pois as operárias estão sempre disponíveis quando surge a necessidade.

O sono da rainha

O contraste entre os hábitos de sono das operárias e das rainhas também é impressionante. As rainhas dormem em intervalos muito mais regulares e até sincronizam seus cochilos entre si, já que nas colônias poligínicas elas repousam umas sobre as outras e quando estão acordadas se separam.

Em média, cada rainha dorme 90 vezes ao dia por pouco mais de 6 minutos. Isso equivale a mais de 9 horas de sono a cada 24 horas. Vamos além, pois deve-se notar que as rainhas repousam de duas maneiras diferentes: com as antenas parcialmente eretas e a boca aberta ou com as antenas dobradas e a boca fechada.

A última forma indica um sono muito mais profundo em que se acredita que as rainhas sonham, visto que frequentemente movem suas antenas dobradas quando dormem profundamente. Essa ação pode ser semelhante ao movimento rápido dos olhos em vertebrados.

A função do sono ainda é desconhecida, mas o pouco descanso nas operárias garante uma vida pacífica para as rainhas. Por causa disso, seu trabalho é proteger a rainha e sua descendência real da exposição, da fome e dos predadores.

As operárias, por estarem envolvidas nas tarefas de alto risco, garantem às rainhas uma vida longa. Surpreendentemente, as rainhas podem viver sem dificuldade por cerca de 6 anos (embora em algumas espécies possam viver até 45 anos), enquanto as operárias vivem de 6 meses a um ano e morrem de velhice ou por algum acidente durante a busca por alimento.

As formigas dormem?

Agora você sabe não apenas que as formigas dormem, mas também que seu sono e descanso dependem das funções que desempenham. As operárias são as que menos descansam, pois têm que manter a colônia funcionando o tempo todo.

Pode interessar a você...
12 curiosidades sobre as formigas
Meus Animais
Leia em Meus Animais
12 curiosidades sobre as formigas

As curiosidades sobre as formigas são múltiplas, já que sua radiação evolutiva permitiu que colonizassem praticamente todos os ecossistemas.