Quantos tipos de dinossauros existiam?

Os dinossauros são um grupo incrivelmente variado de animais extintos. Graças ao registro fóssil, temos evidências da diversidade de formas e comportamentos desses répteis.
Quantos tipos de dinossauros existiam?

Última atualização: 16 Abril, 2021

Os dinossauros são um dos grupos mais populares de animais extintos. Sua imponência, seu grande tamanho e suas formas variadas fazem com que, embora nunca tenhamos vivido com eles, nós sejamos fascinados por essas criaturas. Os diferentes tipos de dinossauros fazem parte do imaginário coletivo hoje em dia.

Os dinossauros estão presentes em vários filmes, séries e livros da nossa cultura popular. Portanto, muitos de nós podemos reconhecer facilmente um Tricerátops, um tiranossauro ou um estegossauro. Mas sabemos quais tipos de dinossauros existiram? Qual é a diferença entre eles? Em quais épocas eles viveram? Vamos responder a todas essas perguntas e muitas outras nas linhas a seguir.

Origem e expansão dos dinossauros

Os primeiros restos fósseis de dinossauros datam de cerca de 230 milhões de anos. Isso é aproximadamente 20 milhões de anos depois que a extinção em massa do Permiano-Triássico destruiu 95% da vida na Terra, incluindo os trilobitas.

Quando os dinossauros apareceram, eles não eram os animais terrestres dominantes. A maior parte dos recursos era consumida por vários tipos de arcossauros e terapsídeos, animais aparentados com os dinossauros, mas com características diferentes.

Porém, aos poucos os dinossauros foram ganhando vantagem evolutiva: no período Jurássico, eles já eram os vertebrados terrestres dominantes. No início de sua existência, todos os continentes estavam unidos em uma única massa de terra conhecida como Pangeia. O resultado disso é que a fauna terrestre era mais ou menos uniforme, inclusive os dinossauros.

A deriva continental cumpriu seu papel e aos poucos a configuração dos continentes se tornou mais parecida com a atual. Isso causou uma grande diversificação nos tipos de dinossauros que existiam na Terra, como veremos a seguir.

Os 2 grandes tipos de dinossauros

Ao longo do século XIX, a descoberta de fósseis de grandes dinossauros abriu as portas para mundos passados. Os fósseis não foram apenas um reconhecimento das teorias da evolução, mas uma oportunidade de descobrir seus mecanismos. Em 1887, o paleontólogo Harry Seeley estabeleceu que os dinossauros podiam ser divididos em 2 grandes grupos.

Por um lado, temos os saurísquios – ou dinossauros com quadril de réptil. Esses animais tinham uma pelve triangular, orientada para a parte superior do corpo, semelhante à dos répteis atuais.

Por outro lado, existem os ornitisquianos – ou dinossauros com quadril de ave. Sua pelve era semelhante à das aves modernas, ou seja, voltada para a parte posterior do corpo. Na próxima seção, vamos contar mais curiosidades e características desses 2 grandes grupos, bem como algumas espécies de dinossauros que pertencem a eles.

Ornitisquianos: um dos tipos de dinossauros com quadril de ave

Como já dissemos, os ornitisquianos são dinossauros com quadril de ave. Apesar disso, eles não são os ancestrais diretos das aves de hoje, já que toda a sua linhagem desapareceu na extinção que acabou com os dinossauros.

A principal característica dos ornitisquianos era sua dieta: praticamente todos esses dinossauros eram herbívoros. Além disso, eles foram o grupo dominante no Cretáceo, o período final dos dinossauros. Dentro desse grupo, podemos distinguir os seguintes representantes.

Neornithischia

Esse grupo de dinossauros é incrivelmente diverso e inclui espécies conhecidas como o majestoso Iguanodon – um dos primeiros dinossauros descobertos – que podia chegar a medir 10 metros e pesar 3 toneladas. Também pertence a esse grupo o conhecido Tricerátops, um dinossauro com 3 chifres na face, com muitas semelhanças com um rinoceronte.

Um tipo de dinossauros.

Thyreophora

Esse é um grupo relativamente desconhecido de dinossauros. Eles eram quase todos quadrúpedes e se destacavam por possuírem uma armadura dorsal nas costas, com espinhos ou placas como proteção. Dentro desse grupo, destaca-se o estegossauro, um curioso dinossauro com incríveis placas ósseas nas costas.

Um estegossauro em um fundo branco.

Saurísquios: os ancestrais dos pássaros

Os saurísquios ou dinossauros com quadril de réptil eram um dos mais variados e numerosos tipos de dinossauros. Variava de dinossauros herbívoros – como o diplodoco – a predadores temíveis como o alossauro.

Os saurísquios eram o grupo mais comum de dinossauros no Triássico e no Jurássico, os períodos em que os dinossauros surgiram e se tornaram predominantes, respectivamente.

De acordo com vários especialistas, a maioria das aves atuais são descendentes desse grupo. Portanto, poderíamos dizer que os dinossauros não desapareceram da face da Terra, pois vivem entre nós cobertos por penas. Nesse grupo de dinossauros encontramos os seguintes representantes.

Theropoda: os tipos mais mortais de dinossauros

Os dinossauros desse grupo são de vários tipos, com a característica comum de ter três dedos nos membros. No início, eles eram animais bípedes, como o temível e altamente inteligente Velociraptor. Posteriormente, esse grupo acabou se diversificando e deu origem aos dinossauros voadores, como o Pterodactylus.

Dentro desse grupo havia dinossauros predadores e carnívoros, alguns tão temíveis quanto o Tyrannosaurus rex, o rei dos dinossauros que aterrorizava todos os animais que viveram com ele.

Um tipo de dinossauros.

Sauropodomorpha

Os dinossauros do grupo Sauropodomorpha são um tipo de dinossauro quadrúpede. Eles eram herbívoros de grande porte, com um comprimento incrível que podia chegar a 30 metros. Dentro desse grupo encontramos o Diplodocus ou o Argentinosaurus, dinossauros herbívoros com corpos grandes e pescoços muito longos.

Um Argentinosaurus em um fundo branco.

Em conclusão, podemos dizer que os vários tipos de dinossauros que existiram podem ser incrivelmente variados. Esses enormes répteis foram se diversificando gradualmente e tiveram diferentes formas de vida e alimentação.

Pode interessar a você...
Foram descobertos restos de dinossauros com espinhos gigantes
Meus AnimaisLeia em Meus Animais
Foram descobertos restos de dinossauros com espinhos gigantes

Na Argentina, na região da Patagônia, as notícias da descoberta de dinossauros com espinhos gigantes apareceram: é o dinossauro Bajadasaurus pronus...