Raças de cães britânicos, vamos conhecer algumas

Março 11, 2018

Entre os escoceses, galeses e ingleses, há quase 50 raças de cães britânicos. Portanto, neste artigo, falaremos sobre alguns dos mais famosos ou populares do mundo. Não perca!

Quais são os cães britânicos mais conhecidos?

Dentro da Grã-bretanha surgiram muitas raças de cães que permanecem por aí até hoje. Agora, veja alguns dos mais famosos ou populares que atravessaram as fronteiras da ilha:

1. Cocker spaniel inglês

É de origem galesa e foi criado para perseguir e encontrar galináceos. Seu antepassado é o cão spaniel espanhol, muito popular entre aristocratas. Sua pelagem pode ter cores diferentes, incluindo marrom, preto, branco com manchas castanhas ou pretas, etc. Eles têm orelhas muito grandes e longas que passam dos ombros.

Raças de cães britânicos: o cocker spaniel

Quanto ao seu temperamento, é um cão alerta, determinado, de grande resistência e que não gosta de ficar sozinho. Por isso, ele cria um forte vínculo com uma única pessoa na família (aquele que geralmente o alimenta).

2. Collie

Essa é uma das raças de cães britânicos que tem sua origem na Escócia e no norte da Inglaterra. Existem diferentes variedades: pelos curtos, pelos longos, border collie e barbudos (bearded collie). Em todos os casos, eles têm um corpo longo, olhos castanhos, orelhas pequenas para trás, focinho alongado e cauda longa e cabeluda. O temperamento do Collie caracteriza-se pela doçura, capacidade de ser treinado, inteligência e desejo de agradar. Ele pode ser muito apegado ao seu proprietário.

3. Beagle

De tamanho médio a pequeno, este cão parecido com uma raposa tem grandes orelhas e é um excelente cão de caça. O primeiro beagle moderno surgiu em Essex (Inglaterra), no ano de 1830. Desde então, eles desfrutam de grande popularidade.

Embora possa ser encontrado em diferentes cores, os mais comuns são brancos nas patas e peito e marrom no manto e cabeça. Junto com o cão de Santo Humberto é uma das raças com o sentido do olfato mais desenvolvido do mundo. Ele é bastante gentil, alegre, carinhoso e não é agressivo.

4. Welsh Terrier (Terrier de Gales)

É uma das mais antigas variedades de terriers (ano 1760) e foi criado para caçar texugos, roedores e raposas. Diz-se que é um dos primeiros cães britânicos. De pequena estatura, cabeça larga, nariz preto, pelos de duas camadas (lanoso e duro, para se proteger do clima) e olhos pequenos. O Welsh Terrier é muito extrovertido, amigável, inteligente, enérgico e corajoso. Ele pode se dar bem com outros animais, desde que não sejam menores do que ele.

5. Golden Retriever

É uma das raças de cães mais famosas do mundo e foi desenvolvida na Escócia, por volta de 1850. Com grandes aptidões para rastrear e encontrar presas, tornou-se popular no campo, bem como na cidade. Além disso, sua pelagem é dourada e longa. Ele também é um animal muito simpático e amigável, fácil de treinar, babá perfeita, dócil, calmo e inteligente.

Raças de cães britânicos: o golden retriever

6. Jack Russell Terrier

Essa é outra das raças de cães britânicos que foi criada com o objetivo de ser usada para perseguir pequenas presas. De pequeno porte, geralmente sua pelagem é branca (com alguns detalhes em marrom).

O Jack Russell Terrier é o animal de estimação ideal para pessoas muito ativas. Além disso, eles têm bastante força e resistência, são vivos, alertas e intrépidos. Ele precisa de treinamento constante para que possa estimular sua inteligência (acima da média entre os cães).

7. Yorkshire Terrier

Essa é outra das raças de cães britânicos que surgiu após a combinação de vários Terrier da Inglaterra e da Escócia (mais precisamente nas cidades de Yorkshire e Lancashire), durante a Revolução Industrial. Assim, foi muito popular durante a era vitoriana e, embora de tamanho pequeno, esse cachorrinho pode ser muito corajoso e tenaz. Ele gosta de ser o centro das atenções. É bastante ativo, ladra muito e pode caçar roedores. É fácil de treinar, especialmente se começar em uma idade precoce.

8. Buldogue

O último dos cães britânicos, nesta lista, tem suas origens nas horríveis lutas de cães que, felizmente, não são mais realizadas no país. Com os ombros grossos, olhos grandes, papada enrugada e pelagem lisa, o “Bulldog” pode sofrer muito com o calor e ter problemas respiratórios .

Fonte da imagem principal: Pleple2000

Recomendados para você