Razões pelas quais seu cão não deve comer churrasco

Existem alimentos que os cães não podem consumir, alguns estão presentes no churrasco. Saiba tudo sobre isso aqui.
Razões pelas quais seu cão não deve comer churrasco
Georgelin Espinoza Medina

Revisado e aprovado por a bióloga Georgelin Espinoza Medina.

Última atualização: 03 outubro, 2022

Quando fazemos um churrasco ou alimentos grelhado em casa, é normal que nosso pet se empolgue com os cheiros da carne e de seus acompanhamentos. Nesses casos, podemos pensar em dar ao animal um pouco de comida. No entanto, existem motivos muito importantes para o seu cão não comer churrasco, você os conhece?

Este prato, que nós humanos tanto gostamos, traz alguns alimentos que os cães não devem consumir, pois contêm substâncias nocivas à sua saúde. Neste artigo explicamos detalhadamente os motivos pelos quais você não pode dar esses alimentos ao seu cão para que você fique bem informado e não fique tentado a oferecer algo que vá prejudicar seu bichinho.

Quais alimentos fazem parte de um churrasco?

Um churrasco é uma refeição muito variada em cada país, mas o seu alimento mais relevante é a carne, que pode ser carne de vaca, porco, cordeiro, frango ou até mesmo peixe e marisco. As linguiças também são comuns.

As carnes são cozidas no fogo ou na brasa e podem ser acompanhadas de caldos, pães, saladas, molhos, arroz, tortilhas de trigo, tortilhas de milho, mandioca, etc. Além disso, é habitual que seu consumo seja acompanhado com algum licor, como vinho ou cerveja, e com certas guloseimas para passar momentos agradáveis com a família e os amigos.

Por que seu cachorro não deve comer churrasco?

Você sabe quais são as dúvidas mais comuns em cães?

Embora os cães possam ter uma dieta baseada em proteína animal, com alguns carboidratos, frutas e vegetais, não é uma boa ideia oferecer a eles certos alimentos que estão presentes em um assado. Estas são as razões para isso.

Sal e condimentos: a primeira razão pela qual seu cão não deve comer churrasco

Quando fazemos churrasco, colocamos sal e vários condimentos na carne para temperá-la, dependendo dos gostos e costumes de cada pessoa ou localidade. A verdade é que algumas dessas substâncias podem ser prejudiciais aos cães ou devem ser consumidas com moderação. Assim, certas especiarias causam irritação estomacal em nossos animais de estimação, causando vômitos, cólicas e até diarreia.

No que diz respeito ao sal, deve ser consumido em doses controladas, pois, quando em excesso na dieta do cão, provoca problemas renais, entre outras complicações graves. Se um dos condimentos utilizados for o alho, a situação é difícil, pois possui substâncias tóxicas para o seu organismo. Este alimento causa anemia, o que é prejudicial à sua saúde.

As salsichas também são alimentos salgados, picantes e gordurosos que nossos amigos fiéis não devem consumir.

Excesso de gordura

Outro ponto desfavorável em um assado é que ele pode conter muitos lipídios para nossos cães. O excesso de óleos e cortes de gordura não é aconselhável em uma dieta nutritiva. Além disso, causam problemas cardíacos, hepáticos e pancreáticos, algo que pode ser evitado oferecendo refeições saudáveis.

Ossos também causam danos

Da mesma forma, deve-se ter cuidado com os ossos, pois podem causar danos aos nossos animais de estimação, principalmente se forem de raças pequenas ou toy. Esta é outra razão pela qual seu cão não deve comer churrasco.

Alguns acompanhamentos contêm substâncias tóxicas

Assim como o sal e os condimentos possuem substâncias que não são adequadas para o cão, existem outros alimentos com elementos tóxicos e nocivos. Entre eles temos:

  • Cebola: pertence ao mesmo grupo do alho (Allium), também gera anemia em cães, graças aos seus compostos constituintes, como o tiossulfato de sódio.
  • Abacate: contém uma substância tóxica chamada persina, que está presente na semente, também nas folhas e outras partes da planta. Se uma salada ou molho for preparado com este alimento durante o churrasco, devemos ter cuidado com nosso animal de estimação.
  • Chocolate, café, refrigerantes e doces: esses produtos que não faltam nas festividades humanas podem ser bastante prejudiciais aos cães. Eles contêm substâncias tóxicas como metilxantinas, teobrominas e cafeína que afetam os sistemas digestivo, cardíaco e nervoso e, em certas doses, podem ser letais. Nos doces, está presente o xilitol, que causa baixa de açúcar no sangue dos cães, bem como corantes e outras substâncias nocivas.
  • Nozes: embora as nozes sejam uma boa opção de lanche durante o churrasco, nossos animais de estimação não digerem suas proteínas da mesma forma que nós. Assim, as nozes causam distúrbios intestinais indesejáveis neles.
  • Uvas ou passas: outro aperitivo muito comum em festas e confraternizações. Embora os humanos gostem dessa iguaria, elas são tóxicas para os cães, pois contêm substâncias que causam insuficiência renal.
  • Licores: outro dos alimentos proibidos em cães, pois proporcionam fortes intoxicações que comprometem seu sistema nervoso, mesmo em pequenas doses.

Outros contaminantes importantes

Cachorro e comer ovo.

Um aspecto relevante a ter em conta é não oferecer carne crua ao nosso animal de estimação. Isso ocorre porque pode conter patógenos, como bactérias salmonelas, E. coli ou listeria. Também parasitas como os que causam triquinelose. Embora seja verdade que existam dietas para cães à base de produtos cárneos crus, a qualidade destes deve ser levada em consideração, a fim de evitar doenças.

Da mesma forma, é preciso ficar atento se o seu animal é alérgico a algum alimento, como o trigo. Nesses casos, você deve tomar medidas extremas se tiver esses ingredientes em seu churrasco.

Para ser específico, embora seu cão não deva comer churrasco, pois contém alimentos que prejudicam sua saúde, existem outras opções para não excluí-lo do compartilhamento. Opte por fazer algumas refeições que ele possa comer, ofereça a ele pedaços de carnes bem passadas, magras e simples, e tenha guloseimas específicas à mão. Assim, seu animal de estimação também desfrutará de um momento especial com você e sua família ou amigos.


Todas as fontes citadas foram minuciosamente revisadas por nossa equipe para garantir sua qualidade, confiabilidade, atualidade e validade. A bibliografia deste artigo foi considerada confiável e precisa academicamente ou cientificamente.



Este texto é fornecido apenas para fins informativos e não substitui a consulta com um profissional. Em caso de dúvida, consulte o seu especialista.