Tudo o que você deve saber sobre a criação de canários

· outubro 6, 2018
Para a reprodução dessas pequenas aves, é necessário prestar atenção a fatores como gaiola, alimentação, época de acasalamento e ninho.

Os canários são lindos animais que emitem um dos cantos mais belos do mundo animal. Não é de se estranhar que muitos queiram se dedicar à sua criação. Você já pensou nisso também? Se for o caso, anote os conselhos a seguir.

O que levar em consideração na criação de canários

Como em qualquer outro processo de reprodução, a criação de canários também tem alguns aspectos que é preciso levar em consideração e executar para que a criação tenha sucesso. Ainda assim, não é nada complicado: só faça boas anotações e siga ao pé da letra os preceitos que damos a seguir.

A gaiola

A gaiola é um dos elementos mais importantes e básicos na criação de canários. Você deve escolher uma de um tamanho suficientemente grande que permita aos pássaros se mexer com conforto. A gaiola também não deve ocupar muito espaço em sua casa e ser fácil de limpar.

O animal não só vai precisar de espaço amplo para se mover, mas também, mais tarde, quando nascerem as crias, vão ter que ter um ninho. Você terá que ter dois separadores, um de grade e o outro opaco, para impedir que os canários se unam e se vejam até que chegue o momento.

O habitáculo deve estar sempre em ótimo estado de limpeza e conservação. Tente limpar a bandeja todo dia, e o comedouro e o bebedouro, pelo menos duas vezes por semana. Essa limpeza vai evitar que os futuros filhotes contraiam alguma infecção ou doença.

Alimentação

O alpiste é a base da alimentação dos canários, mas deverá ser complementado por um misto de cereais e duas vezes por semana com um pouco de fruta ou verdura. Água fresca deve estar sempre à disposição do animal.

alpiste para canários

Obviamente, assim que tiverem nascido os passarinhos, eles vão precisar de alpiste e vegetais. Um dos mais recomendados é o brócolis, pois é muito nutritivo para os recém-chegados ao mundo.

Preparação para o acasalamento

A luz é determinante na criação de canários. Soa curioso, mas logo você vai saber os passos a seguir. Esta época costuma acontecer entre os finais de fevereiro e o mês de março, e mais ou menos 20 ou 30 dias depois vai acontecer a união entre ambos os canários.

Colocaremos o separador opaco e o de grade, mas fazendo com que seja o primeiro o que prevaleça. Quanto mais luz solar recebem os animais, mais provável vai ser a união. Você deve deixar esse separador por 20 dias. Depois, retire-o e deixe o separador de grade durante 10 dias.

Enquanto estiverem separados, será preciso ministrar aos animais uma dieta mais reforçada, para que eles se acostumem ao seu odor e sabor para quando chegarem os novos membros da família.

Além disso, será preciso fornecer uma quantidade extra de calorias e vitaminas, especialmente, à futura mãe, pois ela vai precisar de mais energia do que o habitual.

O ninho

Por não estarem em seu habitat natural, vai ser difícil a mãe fazer seu próprio ninho. Assim, podemos fazer duas coisas: comprar um ninho ou proporcionar-lhe os materiais que necessite para fazê-lo ela mesma.

Ainda assim, se decidirmos comprá-lo, vamos ter que comprar pelo de cabra e dá-lo à mãe com a finalidade de rechear o ninho e fazer com ele uma espécie de cama para os ovos. Isso vai lhe permitir manter os ovos aquecidos e os filhotes ficarão confortáveis quando nascerem.

filhotes de canário

Os ovos

Os ovos vão ser postos entre um a dois dias. O normal é que sejam postos no máximo seis, mas pode acontecer casos excepcionais. Quando virmos o primeiro, recomenda-se substitui-lo por um de plástico e pôr o verdadeiro em um recipiente com alpiste, virando-o todo dia.

Vamos fazer o mesmo com os seguintes até que já haja uns quatro, momento em que vamos pôr os ovos de verdade para que a mãe possa incubá-los.

Isso vai evitar a competição entre as crias para ver quem vai ser o primeiro a sair e vai permitir que todos saiam mais ou menos ao mesmo tempo.

Esses são os passos a seguir para a criação de canários, um animal de canto angelical e muito adequado como bicho de estimação. Você está animado em testar?