Urso coala: um dos animais mais fofos do mundo

· outubro 15, 2018
Os coalas passam 90% de suas vidas nas árvores, dormem 18 horas por dia e comem cerca de cinco horas à noite.

O coala, de nome científico Phascolarctos cinereus, é mamífero herbívoro pertencente à família dos marsupiais. Embora sua aparência possa se assemelhar à de um pequeno urso, os coalas não têm relação com os ursos. Na verdade, eles compartilham sua família com os cangurus e com os morcegos, animais muito diferentes uns dos outros.

Características físicas do coala

O corpo do coala é em forma de ovo e não tem cauda, uma característica muito peculiar desta espécie. Seu rosto é largo, com grandes olhos e orelhas redondas e peludas.

A pele deste animal é coberta principalmente por pelos felpudos, com tons acinzentados. No entanto, seu dorso apresenta uma felpa branca, enquanto seu quadril é geralmente mosqueado.

Apesar de suas cabeças grandes, os coalas têm um dos menores cérebros entre os mamíferos. Essa peculiaridade serve para que os especialistas os considerem como animais primitivos, que conservam muitos aspectos originais desde sua origem como espécie.

Dimorfismo sexual

Os coalas apresentam um notável dimorfismo sexual, que facilita a diferenciação de machos e fêmeas. Os machos são geralmente mais compridos que as fêmeas, com cabeça e nariz maiores. Além disso, seu peito é largo e tem uma cor marrom.

 as fêmeas se distinguem pela bolsa abdominal (ou marsúpio) , que desempenha um papel fundamental na criação dos filhotes.

coala sono

Habitat coala

Os coalas são nativos da Austrália e representam uma das espécies mais características e populares da Oceania. Seu habitat natural são as florestas de eucalipto do continente australiano.

O coala geralmente vive em colônias compostas de múltiplos indivíduos, mas dificilmente coexistem entre si. Cada coala viaja entre as árvores que compõem seu território e geralmente respeita os limites de seus pares para evitar brigas.

Apesar de sua aparência calma, os coalas são territoriais e não têm um bom nível de sociabilidade. Para defender seu território, um coala pode travar lutas severas com seus pares e ser agressivo com os humanos. Por esta razão, eles vivem uma grande parte de suas vidas isolados, e realizam alguns encontros oportunos durante a época de acasalamento.

Hábitos e alimentação do coala

O coala mantém hábitos noturnos e sua alimentação é baseada no consumo de folhas, principalmente as de eucalipto. Geralmente, ele passa entre quatro e seis horas por noite comendo, o que se traduz no consumo de muitas folhas. No entanto, o seu metabolismo é tão lento que o animal pode levar dias para digerir os alimentos consumidos.

Apesar de comer um grande volume de folhas, a dieta do coala é muito baixa em calorias. Portanto, seu corpo é desenvolvido para conservar a energia máxima possível através de um metabolismo reduzido. Um coala adulto pode dormir até 18 horas por dia, principalmente durante as horas mais quentes.

coala dormindo

A energia gerada pelo seu corpo é usada para viajar entre as árvores, marcar território e obter mais comida. Com seus movimentos lentos, os coalas reafirmam seu domínio sobre as árvores ao redor, deixando seus cheiros e arranhões nelas.

Estima-se que um coala passe cerca de 90% de sua vida no topo das árvores. Ao contrário dos macacos e outras espécies, os coalas não oscilam nos galhos das árvores. Com suas garras poderosas, eles conseguem se segurar nas árvores e escalá-las facilmente.

Reprodução do coala

A chegada do verão nas florestas australianas anuncia o início da época de acasalamento do coala. Durante o período de reprodução, os pares ficam nesses territórios compartilhados para acasalar.

A gestação dos coalas dura cerca de 34 dias. Como são mamíferos marsupiaiso desenvolvimento de seus filhotes começa no útero da “mãe” e depois passa para sua bolsa abdominal (ou marsúpio). Coalas recém-nascidos são pequenos, não têm pelos ou orelhas e seus olhos ainda estão fechados.

Nos primeiros seis meses, os coalas bebês vivem na bolsa e se alimentam apenas de leite materno. A partir do quarto mês de vida, sua curiosidade natural leva-os a colocar a cabeça para fora para “reconhecer” o ambiente.

A partir do sétimo mês, o coala está pronto para sair e começar sua vida independente. Em sua vida selvagem, os coalas podem viver entre 10 e 13 anos; as fêmeas são mais longevas que os machos.