Você sabe o que é um casuar? Venha descobrir!

janeiro 29, 2019

O casuar não voa, mas é uma ave impressionante por conta de suas cores e pela aba que cai do pescoço, assim como pelo “capacete” que tem na cabeça.

Você sabe o que é um casuar?

Camuflado nas florestas densas e chuvosas da Oceania, vive uma ave solitária de grande porte, relacionada a emus e outros corredores.

Estamos falando do casuar, um animal que, entre suas muitas peculiaridades, tem uma espécie de capacete na cabeça e pernas poderosas com garras fortes.

Conheça o pássaro que usa capacete

O Casuarius casuarius, ou casuar comum, habita a Nova Guiné, a Papua Nova Guiné, a Indonésia, o norte da Austrália e as Ilhas Molucas.

Como você já deve imaginar, ele é um pássaro que não voa, assim como avestruzes ou kiwis. Seu nome vem das Ilhas Papua e faz referência à estranha protuberância que tem em sua cabeça.

Este capacete – de cartilagem calcificada e coberto por uma pele queratinosa – é bem fundido com o crânio.

Imagina-se que sua função seja abrir caminho para o animal na vegetação densa. Outros consideram que pode ser um ornamento sexual. Em qualquer caso, as fêmeas geralmente têm capacetes maiores que os machos.

Embora, entre as aves, apenas os avestruzes os excedam em tamanho, eles parecem menores do que são. A razão para isto é porque eles não andam eretos. Dessa forma, ao caminhar, inclinam sua coluna de forma paralela ao chão.

As fêmeas podem atingir 1,70 metro de altura e exceder 75 quilos. Por outro lado, os machos têm cerca de 1,65 metro de altura e pesam mais de 50 quilos.

conheça o casuar

Apresentamos o casuar, um pássaro grande que não voa, que se destaca por ter um tipo de capacete na cabeça e algumas abas sob o queixo. Além disso, é o macho que incuba os ovos e cria os filhotes.

Um animal pacífico que pode ser letal

Além de atingir velocidades superiores a 50 km/h, este animal é um bom nadador. E, como é uma ave terrestre, tem asas muito curtas. Em contraste, suas pernas são longas, fortes e escamosas, com três dedos em suas patas.

O dedo médio tem a unha mais desenvolvida. Ela alcança até cerca de 10 centímetros de comprimento e pode se tornar uma arma letal se o casuar for forçado a se defender. Para isso, ele é capaz de desferir poderosos chutes.

As penas, por outro lado, são negras e brilhantes, e servem para protegê-lo das fortes chuvas que caem nas áreas onde habita.

No entanto, além de deixá-lo seco, elas agem protegendo seu corpo dos espinhos de algumas plantas.

Ele também tem grandes olhos castanhos e um pescoço longo e curvo. Seu pescoço quase sem pelos apresenta uma pele áspera de cor azul brilhante.

Além disso, de seu queixo saem pequenas abas vermelhas carnudas, semelhantes às dos perus, que são chamadas de carúnculas.

Alimentação, reprodução e criação

O casuar se alimenta principalmente de frutas que recolhe do solo. Muitas vezes ele usa sua grande garra média como uma ferramenta para escavar camadas de folhas caídas.

Também come insetos, fungos e pequenos vertebrados. Além disso, geralmente busca seu sustento tanto ao nascer como ao pôr do sol.

Vale a pena notar, neste ponto, o papel desempenhado por essas aves na conservação das florestas que habitam. Sobretudo porque as sementes dos frutos que comem são espalhadas pelas fezes.

casuar

Animais adultos convivem com outros apenas na época de reprodução. As fêmeas colocam entre três e cinco ovos verdes em um ninho feito de folhas no chão.

O macho faz o resto da tarefa. Ou seja, enquanto a fêmea procura outros machos para acasalar, ele incuba os ovos durante 49 a 56 dias. Posteriormente, durante nove meses a um ano, cria seus filhotes.

Os filhotes têm uma plumagem castanha, preta e branca, com listras longitudinais que, ao completar seu primeiro ano, mudam para um marrom uniforme.

A cor preta e brilhante das penas dos adultos começa a se desenvolver a partir do segundo ano e se completa no quarto.

Um pássaro em risco

A expectativa de vida de um casuar em liberdade é estimada entre 12 e 19 anos. Em cativeiro, eles podem chegar a 40. No entanto, são aves que estão em risco.

A União Internacional para a Conservação da Natureza (UICN) coloca-os na categoria Vulnerável. Além disso, na Austrália, são considerados em perigo de extinção.

É uma espécie que sofre com a perda de habitat, porque os locais em que vive estão sendo utilizados para cultivo ou para a construção de empreendimentos imobiliários.

Entretanto, não apenas isso. Eles também são atacados por cães ou porcos selvagens, e até caem em armadilhas que os caçadores colocam para os suínos.

Também, muitos casuares morrem atropelados nas estradas que atravessam, para fugir dos territórios que sempre habitaram.

Hoje, estão ameaçados pela intromissão humana, aparentemente impossível de deter.