5 animais com a cauda mais longa

março 1, 2019
Estas espécies não apresentam esta característica apenas para se gabar do recorde, mas em muitos casos a cauda tem várias utilidades, como mover-se entre árvores ou matar suas presas. 

No reino animal, podemos encontrar muitos recordes, ainda que certos talentos nem sempre sejam os mais reconhecidos. Esses ‘talentos’ estão relacionados à sobrevivência, habitat ou reprodução. Neste artigo, falaremos sobre os animais com a cauda mais longa do mundo. Não perca!

Quais são os animais com a cauda mais longa?

Podemos encontrar exemplos de animais com as caudas mais longas em quase todas as famílias: répteis, mamíferos, aves e peixes.

Vale a pena notar que os distinguimos porque suas extremidades são mais extensas que seus próprios corpos:

  1. Lagarto de cauda longa

Quase todos os répteis têm longas caudas em relação aos seus corpos, mas o lagarto de cauda longa – foto que abre este artigo – é o que mais se destaca.

Com um comprimento de 65 milímetros, mas com uma cauda que pode exceder 20 centímetros, este pequeno réptil  é de cor marrom e amarela, e suas extremidades terminam em cinco dedos alongados.

Além disso, este lagarto vive no sudeste da Ásia, precisamente na Indonésia, Malásia, Vietnã, Laos, Camboja, China, Índia, Tailândia e Birmânia.

Duas subespécies são conhecidas, ambas ovíparas e que escolhem viver em pastagens.

  1. Gerbo

A família dos gerbilos – roedores muito simpáticos – também leva o prêmio por causa do comprimento das suas caudas: são duas vezes o tamanho de seus corpos (20 e 10 centímetros, respectivamente).

Além disso, os gerbos têm olhos grandes e orelhas longas, bastante característicos. Esses atributos lhes permitem enxergar à noite e regular a temperatura.

Outro aspecto notável de sua fisionomia são as patas com pelos, que parecem raquetes de neve.

gerbo ou cobaia

O gerbo vive em áreas desérticas como a Península Arábica, o Marrocos, Egito, Jordânia e Argélia. Também pode ser encontrado na Espanha.

É muito solitário e todas as noites podem viajar grandes distâncias. Ele não bebe muita água, pois extrai líquido das sementes que consome.

  1. Macaco-aranha

Também conhecidos como ateles ou coatás, os macacos-aranha são primatas sem polegares opositores que vivem em florestas tropicais da América Latina, do México ao Brasil, e é um dos animais com a cauda mais longa.

Eles passam muito tempo entre as árvores e mudam de galho graças à longa cauda preênsil, de quase um metro de comprimento (seu corpo mede cerca de 75 centímetros).

Macaco-aranha

O macaco-aranha possui membros longos, é preto e se agrupa em famílias territoriais de até 30 indivíduos. 

Eles procuram por comida – frutas, sementes, madeira, folhas e casca – durante o dia, numa faixa de 250 hectares.

A gestação dura 230 dias e, no nascimento, o único filhote permanece com a mãe durante quatro meses.

  1. Ave-do-paraíso

Esta ave endêmica da Nova Guiné é outro animal com a cauda mais longa que existe: 1,20 metro!

Se levarmos em conta que seu corpo mede 30 centímetros, isso significa que sua cauda é quatro vezes maior.

Ave-do-paraíso

A ave-do-paraíso tem cabeça e pescoço azul-turquesa, asas e barriga preta, e uma cauda branca que se bifurca em dois e termina em preto, presente apenas nos machos.

  1. Tubarão-raposo

Outro dos animais com a cauda mais longa, o Alopias vulpinus é um peixe que vive em quase todo o mundo, exceto nas áreas antárticas e árticas.

Em cada estação, a fêmea dá à luz a quatro filhotes, embora produza mais embriões, que são ingeridos entre eles mesmos, no útero.

Alopias vulpinus, o tubarão-raposo

Sua principal característica é o comprimento de sua cauda, quase tão extensa quanto o resto do corpo, que é dividido em dois lobos e termina em uma ponta.

Ele a move de um lado para o outro e a usa como um chicote para ferir sua presa. Pode até mesmo derrubar aves marinhas se nadar muito perto da superfície!