5 espécies de gansos: venha conhecê-las!

· fevereiro 28, 2019

Os gansos apresentam hábitos migratórios durante a temporada de inverno.  Venha conhecer 5 espécies de gansos conosco!

Quantas espécies de gansos existem?

Existem cerca de 50 subespécies diferentes de gansos distribuídas pelo planeta, todas elas com hábitos monogâmicos e migrações invernais.

Ou seja, é uma família muito numerosa. Entretanto, apesar da domesticação dos gansos já ocorrer há vários séculos, não conhecemos muito sobre essas aves. Algumas das espécies são:

1. Ganso comum

Nativo do norte da África e da Eurásia, é o mais bem distribuído de todo o gênero, tendo sido introduzido na Austrália.

Também é o mais robusto e o maior da família dos Anser. Ele possui cerca de 90 centímetros e pesa em torno de 4 kg.

A plumagem do ganso comum – foto que abre esse artigo – é cinza e castanha, com o ventre e o peito mais claro que as asas.

O pescoço apresenta listras longitudinais, a ponta da cauda é branca e tanto as patas como o bico são alaranjados.

Sua alimentação consiste em brotos, raízes, plantas flutuantes e ervas. Além disso, seus ninhos são feitos no solo.

2. Ganso-cisne

É outra das espécies de ganso que foi domesticada. Nativo da Ásia oriental, durante o verão habita o sul da Sibéria, onde cria seus filhotes.

Além disso, no inverno, migram para a Coreia e norte da China. Ele prefere viver perto da água, como em lagos, rios e até pântanos. Todo ano, a fêmea põe até oito ovos, que incuba por até um mês, enquanto o macho defende o ninho.

espécies de gansos

O ganso-cisne pesa um pouco mais de 3 kg, seu corpo é cinza escuro nas asas, marrom claro no peito e esbranquiçado no pescoço e na cauda. Além disso, as patas são laranjas e o bico é negro.

3. Ganso pequeno

É uma ave migratória própria da Eurásia que migra no verão até às regiões árticas e passa o inverno no Oriente Médio e no sudeste da Europa. Além disso, ele prefere viver na tundra, áreas próximas a rios e lagos e até em regiões costeiras.

espécies de gansos

Este ganso é cinza escuro com linhas brancas, patas laranjas, cauda branca, bico rosado e um branco característico na borda do rosto. 

A fêmea põe cerca de cinco ovos por temporada e os incuba por 28 dias. O macho ajuda na criação dos filhotes, até que aprendam a voar, por volta dos dois meses de vida.

4. Ganso de bico curto

Outra espécie de gansos que podemos encontrar na Europa. Além disso, seu habitat se estende por vários locais, como a Islândia, a Groenlândia (no verão) ou Países Baixos e Grã-Bretanha (no inverno).

Prefere áreas lacustres e estuários com pastagens. Também é observado perto de áreas agrícolas, pois se alimenta de cereais, batatas, cenouras e beterrabas.

gansos

O ganso de bico curto possui o ventre pardo, asas cinzas com marcas brancas, patas rosadas e cabeça escura.

Além disso, chama a atenção seu bico de cor rosa e muito curto (daí seu nome). Ele faz seus ninhos no solo da tundra a cada mês de julho e põe seis ovos. A população está em aumento devido à abundância de comida.

5. Ganso careta

A última das espécies de gansos nessa lista está distribuída pelas regiões árticas da América do Norte, Europa e Ásia. É uma ave migratória que pode voar muitos quilômetros para evitar o frio do inverno.

ganso

Com um peso de três quilos e cerca de 80 centímetros de altura (os machos são maiores que as fêmeas), o ganso careta apresenta plumagem principalmente parda. 

Além disso, eles se destacam pelas patas e bico laranjas, manchas escuras no peito e asas, lados do corpo brancos e preto nas bordas do bico.