5 monstros marinhos e suas histórias

· junho 3, 2019
Estes moluscos e répteis gigantes foram o produto da imaginação humana devido às profundezas marinhas inexploradas. Dessa forma, histórias e mitos foram criados a respeito desses monstros marinhos.

A relação entre o homem e os animais foi moldada de diferentes maneiras ao longo da história. A imaginação humana criou, em todas as épocas e latitudes, uma grande variedade de histórias que os têm como protagonistas, misturando fantasia e realidade em diferentes doses. Dessa forma, muitas criaturas assustadoras nasceram da imaginação, como é o caso dos monstros marinhos.

Conheça alguns dos maiores monstros marinhos

A vasta profundidade dos oceanos e mares do mundo tem sido o terreno ideal para gerar mitos e lendas sobre seres cuja existência é impossível de comprovar do ponto de vista puramente científico.

De qualquer forma, existe uma pseudodisciplina, a criptozoologia, que é responsável por procurar essas criaturas, entre as quais estão os monstros marinhos. Portanto, hoje contaremos detalhes sobre alguns deles.

Conheça o Kraken, o Leviatã, a Hidra, o Jörmundgander e o Morgawr, algumas das criaturas marinhas que fazem parte dos mitos e lendas de diferentes épocas e latitudes.

Monstros marinhos: Kraken

Esta criatura da mitologia escandinava costuma ser descrita como um polvo gigantesco com muitos tentáculos. Por isso, era um animal temível que subitamente emergia das profundezas dos oceanos, afundava barcos e devorava ​​seus ocupantes (imagem principal).

Presume-se que esta história – originada no final do século XIII – se baseie na observação de lulas gigantes. Além disso, a imaginação e a engenhosidade humana fizeram o resto para transformá-los em monstros marinhos impiedosos. Sua ação destrutiva foi retratada em vários filmes, incluindo os da saga Piratas do Caribe.

Leviatã

Se voltarmos muito no tempo, encontraremos um monstro que habitou os mares em histórias semíticas. Nesse caso, trata-se de um ser celestial que acabou servindo às forças do mal.

Monstros marinhos: leviatã

Esta criatura temível, mencionada no Antigo Testamento, foi descrita pelos marinheiros como uma mistura de dragão e serpente. No entanto, outros diziam que se tratava de uma imponente baleia capaz de devorar, com suas enormes mandíbulas, embarcações inteiras com tripulação incluída, já que tinha necessidade de carne humana.

Jörmundgander

Mais uma vez, a mitologia nórdica retrata monstros marinhos. Dessa forma, temos aqui uma cobra gigante que, se morde a sua cauda, ​​pode cercar o mundo.

Histórias sobre monstros marinhos

Também conhecida como a “cobra de Midgard”, em referência ao mundo dos homens, teve como pais Loki, deus da trapaça, e a gigante Angrboda. Seu inimigo era o deus Thor, que conseguiu matá-la, mas acabou morrendo por causa do veneno da cobra gigantesca.

Hidra

Na mitologia grega há uma grande serpente aquática, com múltiplas cabeças, respiração venenosa e coberta com escamas duras. Filha de duas outras criaturas monstruosas (Tifão e Echidna), habitou as águas do Golfo de Argólida.

Monstros marinhos: hidra

Hidra tinha a distinção de regenerar suas cabeças quando elas eram cortadas. Além disso, ela guardava uma entrada para o submundo, para onde seu irmão havia sido enviado. Foi assim que o monstro destruiu todos aqueles que queriam entrar nesse território. No entanto, Hércules foi encarregado de matá-la e teve sucesso em sua missão.

Morgawr

As aparições do chamado monstro da Cornualha são muito mais recentes. Supõe-se que esta criatura, que seria uma grande serpente marinha, habitaria as costas daquela área da Inglaterra.

Morgawr

A maioria dos supostos avistamentos ocorreu em meados dos anos 70. Morgawr lembra Nessie, a famosa criatura que, segundo alguns relatos, vive no Lago Ness, e também é usada como uma estratégia para atrair curiosos e turistas.