O que as águas-vivas comem?

Há algo majestoso e estranho no modo como as águas-vivas se alimentam. A forma como elas digerem a matéria orgânica é ainda mais fascinante.
O que as águas-vivas comem?

Última atualização: 24 Novembro, 2021

Os cnidários móveis são animais marinhos em forma de sino ou guarda-chuva com tentáculos armados com células urticantes que são usados para capturar presas e se defender de predadores. Eles se parecem com animais extremamente simples, certo? Você ficará surpreso ao saber o que as águas-vivas comem, pois seu mecanismo de caça se destaca pela complexidade.

Esses incríveis animais caçam quase tudo que seja pequeno o suficiente para ser comido, mas há claras variações na dieta entre as espécies e sua localização. Aqui, mostramos como esses animais fascinantes se alimentam e atacam.

As águas-vivas

Esses invertebrados (filo Cnidaria) são encontrados em todo o mundo, desde as águas superficiais até o fundo do mar do globo. Os Scyphozoa (cnidários mais comumente referidos como água-viva) são exclusivamente marinhos, mas alguns hidrozoários de aparência semelhante vivem em corpos de água doce.

Esses seres são grandes e frequentemente coloridos. Eles são comuns em áreas costeiras ao redor do mundo, e a maioria das espécies amadurece em alguns meses e morre logo após a reprodução. As águas-vivas existem há possivelmente 700 milhões de anos ou mais, o que as torna o mais antigo grupo de animais com múltiplos órgãos.

As águas-vivas são seres muito primitivos e básicos em um nível fisiológico.

Uma das maiores águas-vivas do mundo.

Alimentação das águas-vivas

A caça e a digestão dos cnidários são processos bastante interessantes para aprender. De acordo com os especialistas, as águas-vivas são predadoras oportunistas, o que significa que comem qualquer presa que lhes seja conveniente em um determinado momento.

As águas-vivas são geralmente carnívoras ou parasitas. Vários dos alimentos que esses seres costumam comer são os seguintes:

  • Ovas de peixe à deriva.
  • Larvas
  • Plâncton.
  • Artêmias.
  • Peixes menores.

Além disso, esses animais também tendem a se alimentar de crustáceos, moluscos e algas. Tudo depende do tamanho: quanto maior for a espécie de água-viva, maior será sua presa. Isso significa que os espécimes menores comem principalmente plâncton, mas as águas-vivas maiores podem caçar até mesmo pequenos vertebrados aquáticos.

O que as águas-vivas comem à medida que crescem?

É fácil acreditar que águas-vivas muito pequenas são bebês (como em Procurando Nemo). Na realidade, não é assim, porque se trata de jovens ou de jovens adultos. Os verdadeiros bebês ou estágios iniciais ainda não têm o corpo em forma de sino.

Antes de se tornarem adultas, as águas-vivas crescem de larvas a pólipos e eventualmente se transformam em éfiras antes de alcançarem seus corpos adultos. Quando são pólipos e éfiras, esses animais dependem do zooplâncton e das larvas flutuantes, porque não podem capturar criaturas maiores (como os camarões de água salgada), pois ainda não têm tentáculos.

O que as vespas-marinhas comem?

As vespas-marinhas (Chironex fleckeri) são uma espécie que vive nas águas costeiras australianas e é considerada a criatura viva mais perigosa e letal que existe. Não é o maior cnidário, mas gosta de refeições maiores. Por isso, sua dieta é composta principalmente de peixes pequenos, crustáceos (como camarões ou lagostins) e também um grande número de vermes marinhos.

Como as águas-vivas comem?

Quando você vê uma água-viva fica um pouco difícil imaginar como aquele invertebrado pode caçar devido à sua aparência celestial, livre e delicada. As aparências enganam mais uma vez, já que esses seres sem esqueleto são predadores bastante habilidosos.

As águas-vivas usam seus tentáculos para matar suas presas. Por terem terminações urticantes, elas têm uma grande vantagem para encontrar comida. No entanto, esses invertebrados não são muito bons em nadar, então eles dependem muito das correntes oceânicas para se moverem. Portanto, não são muito exigentes em termos de dieta.

Quando o tentáculo de uma água-viva é estimulado, seus cnidoblastos ou cnidócitos (células especializadas) secretam uma espécie de arpão (cnidocisto) impregnado com uma substância tóxica. Esse veneno geralmente paralisa a presa ou acaba com sua vida, o que facilita muito a aproximação da água-viva a ela.

Algo muito curioso é que essas criaturas consomem o animal inteiro, já que suas bocas não têm dentes nem mandíbulas. Por causa disso, o alimento permanece flutuando dentro delas até a hora de se livrar dos resíduos, que saem de seus corpos pela boca.

As águas-vivas não têm ânus e engolem muita água do mar para eliminar o conteúdo do corpo.

As águas-vivas pode machucar humanos

As células urticantes que essas criaturas gelatinosas usam para subjugar suas presas podem ferir os humanos. Muitos nadadores são picados todos os anos como consequência de um ato de defesa, e os efeitos variam de um leve desconforto a lesões graves e até a morte. A citada vespa-marinha é uma das espécies mais letais.

É possível comer as água-viva?

As águas-vivas são consumidas pelos humanos em certas culturas. Elas são consideradas uma iguaria em alguns países asiáticos, onde espécies da ordem Rhizostomae são prensadas e salgadas para remover o excesso de água antes da ingestão.

Alguns descreveram esses animais como um “alimento perfeito”, sustentável e rico em proteínas, mas relativamente pobre em energia dietética. Da mesma forma, existem várias criaturas marinhas que comem águas-vivas. Alguns exemplos são as tartarugas marinhas, os peixes maiores, como o espadarte e o peixe-lua.

Também existem águas-vivas que vivem em tanques de água como animais de estimação e sua dieta pode ser um pouco difícil de encontrar. Alguns pet shops muito especializados vendem várias espécies, mas seu cuidado não é fácil e não são animais recomendados para tutores iniciantes.

Águas-vivas cristalinas com seus companheiros.

Saber o que as águas-vivas comem nos dá um conhecimento muito mais avançado sobre os cnidários e suas estratégias biológicas. Sem dúvida, esses invertebrados vão além de sua forma semitransparente e de seu nado à deriva.

Pode interessar a você...
As 6 maiores águas-vivas do mundo
Meus Animais
Leia em Meus Animais
As 6 maiores águas-vivas do mundo

Conheça as maiores águas-vivas do mundo! Você sabia que uma delas pode atingir o tamanho de uma pessoa? Isso sem contar os tentáculos...