Algumas curiosidades sobre o polvo

· novembro 2, 2018
Ele tem três corações, sangue azul e é venenoso, mas o destaque deste molusco é sua grande inteligência. Isso lhe permite se camuflar no ambiente e, até mesmo, imitar outros animais para evitar predadores.

Os polvos vêm da família dos cefalópodes, que são moluscos invertebrados com cabeças volumosas, têm tentáculos e a capacidade de se camuflar com o ambiente. Vale a pena conhecer algumas das curiosidades sobre o polvo que são impressionantes.

Na vida marinha, há mais de 300 espécies conhecidas de polvos. Elas são diferenciadas por sua aparência, tamanho e costumes.

Algumas espécies são capazes de viver a mais de quatro mil metros de profundidade; outras se desenvolvem muito bem em mar aberto e ao se defender de predadores.

Os cefalópodes são caracterizados por suas técnicas de proteção quando caçam ou atacam suas presas. Primeiro, eles são capazes de se misturar ao seu ambiente através de técnicas avançadas de camuflagem.

No caso dos polvos, eles podem até imitar outros animais, como as cobras marinhas.

Juntamente com essa capacidade de mimetismo, semelhante à lula, este animal tem outra importante ferramenta de defesa e ataque.

Os polvos têm um saco de tinta espessa, que normalmente expelem diante do menor perigo.

Polvo

O polvo, como ele é e onde mora?

O polvo é um invertebrado que possui oito tentáculos, que possuem até 40 milhões de receptores químicos. São esses receptores que permitem a sensação de paladar e olfato.

Sua boca é um bico semelhante ao do papagaio, que também serve para movimentar material durante a fabricação de seu abrigo.

Como não têm ossos, os polvos usam os músculos para dar rigidez ao corpo: contraindo-os e relaxando-os.

Uma peculiaridade que chama muita atenção é sua capacidade de entrar em qualquer espaço.

Seu corpo é maleável e, portanto, ele pode se esconder em fendas muito estreitas.

Os polvos habitam principalmente águas salgadas e mornas. No entanto, espécimes maiores foram vistos em águas frias.

Eles são carnívoros por natureza e se alimentam de peixes, crustáceos e até de algas; em muitos casos, eles usam seus tentáculos como um chamariz para atrair suas presas. Também os usam para abrir moluscos ou conchas.

Vamos agora conhecer 8 curiosidades sobre o polvo:

polvo camuflado entre corais

Oito curiosidades sobre o polvo

  1. Eles têm três corações. Dois dos corações servem para bombear o sangue para as brânquias, enquanto o terceiro é para o resto do corpo.
  2. Seu sangue é azul. Em vez de hemoglobina, os polvos usam hemocianina para oxigenar o sangue. O alto teor de cobre desta proteína dá uma aparência azulada ao sangue.
  3. São venenosos. Em maior ou menor grau, os polvos têm toxinas que podem ser irritantes para a pele e membranas mucosas. O veneno que eles usam tem a capacidade de paralisar suas presas, facilitando a captura. Apenas o polvo-de-anéis-azuis é altamente perigoso, pois seu veneno é letal e não há antídoto.
  4. São animais muito inteligentes. Os polvos são reconhecidos por sua inteligência. Em algumas circunstâncias, eles foram comparados com os golfinhos, reconhecidos por sua capacidade de aprendizagem.

Além disso tudo, foi provado que são capazes de aprender por meio de estímulos positivos e negativos.

Também têm a capacidade de lembrar sensações para evitar a mesma situação.

Mais algumas curiosidades sobre o polvo: sobrevivência e consciência

5. Eles desenvolveram técnicas de sobrevivência. Como parte de suas estratégias de defesa, o polvo é especialista em imitar mais de 15 espécies de animais marinhos.

Entre eles, muitos dos mais venenosos, o que evita o interesse dos predadores.

Outra curiosidade é que, para sobreviver, o polvo é capaz de amputar um tentáculo como método de fuga.

Os tentáculos dos polvos podem se regenerar. Eles podem reconhecer sua extremidade perdida e diferenciá-la da de outras espécies

6. Eles têm autoconsciência. O polvo faz parte da “Declaração de Cambridge sobre a consciência”, um manifesto que lista os animais que têm consciência sobre si mesmos. Esta habilidade é alcançada pelo polvo graças à secreção de serotonina, um hormônio relacionado ao humor.

7. Seus tentáculos nunca se emaranham. Em seus tentáculos, os polvos têm uma substância que impede que seus membros fiquem emaranhados. Através deles, ele tem a capacidade de andar, nadar e pegar objetos. 

Para se deslocar, usam padrões estereotipados que lhes permitem controlar seus corpos.

8. Os polvos são daltônicosEles não podem diferenciar matizes de vermelho e, às vezes, nem entre o verde e o azul.