Borrelho-de-coleira-interrompida: o pássaro do ano de 2019

maio 27, 2020
O borrelho-de-coleira-interrompida é um pássaro vulnerável que se destaca por sua rápida caminhada em busca das pulgas-do-mar, que aparecem com o retorno das ondas.

Como todos os anos, na Espanha, o pássaro do ano é escolhido a fim de relembrar a importância desses animais para a vida dos seres humanos. E, em 2019, foi a vez do borrelho-de-coleira-interrompida, escolhido como o Pássaro do Ano pela sociedade ornitológica espanhola.

Características do borrelho-de-coleira-interrompida

Essa ave aquática pertencente aos Charadriiformes é um animal bastante peculiar. Com apenas 15 centímetros de comprimento, esses espécimes têm uma plumagem bastante específica. As penas da asa são marrom-acinzentado, assim como no topo da cabeça. No entanto, grande parte de sua barriga e cabeça são brancas, com várias faixas negras características.

Esses animais têm um bico preto bastante longo em comparação com pássaros granívoros ou insetívoros, como os pisco-de-peito-vermelho. Isso ocorre porque, com esse bico, o borrelho-de-coleira-interrompida pode consumir vermes, moluscos, insetos e até pequenos peixes.

Pássaro se alimentando.

A caminhada rápida é característica dessa ave. Tipicamente, ela vai ao mar em busca de pulgas-do-mar que aparecem após o retorno das ondas na praia.

Algo importante no ciclo de vida desse pássaro é que ele faz o ninho na areia, entre abril e agosto. Normalmente, o ninho é revestido por conchas e fica longe da área invadida pela maré alta.

Habitat

O turismo de massa é uma das principais ameaças a essa espécie, pois coincide muitas vezes com a época de reprodução das aves. É um pássaro que vive ao longo da costa mediterrânea e portuguesa, de modo que a especulação imobiliária nas praias causou estragos em suas populações.

Borrelho-de-coleira-interrompida: habitat.

A verdade é que, quando falamos sobre o borrelho-de-coleira-interrompida, estamos nos referindo a uma espécie cosmopolita, que vive do norte da África até a Ásia Central. Algumas de suas populações são compostas por aves migratórias, enquanto outras não, especialmente aquelas que vivem em ilhas.

Ameaças ao borrelho-de-coleira-interrompida

A limpeza mecânica das praias é outro problema para o borrelho-de-coleira-interrompida, pois remove as algas em decomposição, proporcionando um local perfeito para as presas do borrelho-de-coleira-interrompida.

Além disso, esse processo destrói a flora natural e os ninhos dessa ave. Obviamente, suas populações também estão em declínio devido às mudanças climáticas e aos plásticos.

Até os gatos domésticos são uma ameaça para essa espécie, estimada em cerca de 6.000 pares na Espanha e de 25.000 a 40.000 na Europa. O borrelho-de-coleira-interrompida também vive nas áreas do interior da Andaluzia e Castilla La Mancha, onde é ameaçado pelo declínio das zonas úmidas.

Embora não seja considerada uma espécie ameaçada, é vulnerável na Espanha e está em situação de claro perigo na Galícia.

É por isso que a Sociedade Ornitológica Espanhola decidiu dar esse reconhecimento ao borrelho-de-coleira-interrompida, após a votação de seus membros. Reconhecer o valor e a importância desse pássaro nos lembra como é importante proteger nossas belas praias.

Lessells, C. M. (1984). The mating system of Kentish plovers Charadrius alexandrinus. Ibis126(4), 474-483.