Carea leonés: conheça essa raça canina adorável

O carea leonés é um pastor que estabelece vínculos fortes com o ser humano, mas sem um alto grau de dependência.

Última atualização: 05 Junho, 2018

O carea leonés é um cão de pastoreio ligado ao gado do norte de Castela e Leão, na Espanha. Semelhante ao border collie, é uma raça pouco conhecida, mas de grande beleza e comportamento exemplar.

Características do carea leonés

O carea leonés pode possuir diferentes pelagens, mas a mais conhecida é a malhada, uma mistura de pelos brancos, pretos e cinzas.

A pelagem preta e brilhante com manchas também é comum. Como é uma raça de atitude pastoril, não foram selecionados padrões de coloração restritivos. Pode possuir pelo curto ou médio-longo.

Quanto à sua anatomia, é um cão de grande capacidade de adaptação, com aspecto rústico e resistente. É uma raça de tamanho médio e sua cabeça geralmente é larga. A maioria possui os olhos escuros, porém alguns podem ter manchas azuladas na íris, principalmente se tiverem pelagem malhada. Os espécimes dessa raça são fortes e de boa postura.

Comportamento do carea leonés

É uma espécie com grande capacidade de obediência, mas é difícil de treinar. Requer um grande volume de atividade, pois sua natureza é inquieta e excitável. É um animal que estabelece vínculos fortes com o ser humano, mas sem ter um grau de dependência muito alto. Além disso, é uma raça brincalhona e com comportamentos muito instintivos.

Portanto, não é uma raça recomendada para apartamentos, o ideal é que ele seja um cão de trabalho. Embora possa ser um bom animal de companhia em zonas rurais ou áreas urbanas com jardins, ele precisa de muitos passeios e atividades estimulantes.

É um animal que estabelece vínculos fortes com o ser humano, mas sem ter um grau de dependência muito alto. Além disso, é uma raça brincalhona e com comportamentos muito instintivos.

Origem e aptidões do carea leonés

A origem exata do carea leonés não é conhecida, mas há séculos os pastores de diversas regiões da Espanha têm necessitado do apoio de raças de cães de pastoreio para conduzir o gado. Embora seja difícil precisar a origem da raça em uma região concreta de Castela e Leão, ela se estende principalmente pela província leonesa, por Zamora e Valladolid.

Por isso, sua utilização se limita ao manejo do gado ovino. Dada a redução da criação de ovelhas de modo extensivo, o uso desse cão é cada vez mais limitado. Portanto, novas utilidades estão sendo buscadas para essa raça, que possui grandes habilidades para muitos trabalhos de rastreio e salvamento.

Nos últimos anos, essa raça está tentando encontrar um lugar no século 21. Vários projetos foram criados na tentativa de dar espaço ao carea leonés em atividades desportivas, como o canicross. Outros exemplos são o uso do animal na detecção de drogas e explosivos. Porém, a maioria desses projetos requerem financiamento para evitar o desaparecimento da raça.

Como curiosidade: um carea leonés apareceu no famoso filme The Kingdom of Heaven. O ator Viggo Mortensen é obcecado por essa raça, sendo um conhecido admirador da região leonesa.

Nos últimos anos, essa raça está tentando encontrar um lugar no século 21. Vários projetos foram criados na tentativa de dar espaço ao carea leonés em atividades desportivas, como o canicross. Outros exemplos são o uso do animal na detecção de drogas e explosivos. Porém, a maioria desses projetos precisam de financiamento para evitar o desaparecimento da raça.

Pode interessar a você...
Mis AnimalesLeerlo en Mis Animales
Saiba tudo sobre a raça Cão Boiadeiro Bernês

O Cão Boiadeiro Bernês não é um cão muito conhecido, alguns inclusive o confundem com um São Bernardo, embora suas diferenças físicas sejam óbvias.