Cinco animais relacionados à Semana Santa

fevereiro 3, 2019
É muito comum nas procissões da semana santa apreciarmos diferentes espécies que têm a ver com a Bíblia. Os animais têm grande relevância simbólica nos textos sagrados da religião católica.

Como criaturas de Deus, referências aos animais não faltam na Bíblia. Em Gênesis; no quinto e no sexto dia da criação, diz-se que Deus criou os animais marinhos, terrestres e as aves. Esta é uma ocasião propícia para recordar os animais relacionados com a Semana Santa e os simbolismos que representam na religião católica.

 Animais relacionados com a Semana Santa

A cobra. Este réptil é o animal considerado mais impuro nas escrituras sagradas. O evento mais conhecido onde ele aparece é na tentação de Adão e Eva no Éden. A serpente incitou o casal bíblico a conhecer a árvore do bem e do mal; um pecado que os expulsou do paraíso. 

Serpente do Jardim do Éden

Jumento. Também chamado de burro, era o meio de transporte de quem não podia possuir um cavalo. O episódio mais conhecido da Bíblia onde ele é mencionado é a entrada de Jesus em Jerusalém, nas costas de um jumento.

Gafanhoto. Este inseto altamente destrutivo é um dos animais que mais aparece nas passagens bíblicas. Quando Deus enviou as sete pragas ao Egito, uma delas era apenas uma praga de gafanhotos, que devastou as plantações e causou fome.

O leão. Este é outro dos animais relacionados com a Semana Santa. O grande felino representa Yavé (Deus) por seu simbolismo de poder e força máximos. Está presente em vários textos da Bíblia, inclusive, há referências ao leão no Apocalipse. Jesus também é conhecido como “Leão de Judá”.

Formiga. Este inseto artrópode aparece em versículos da Bíblia como um exemplo de trabalho, previsão e sabedoria. Salomão opõe suas qualidades à preguiça humana.

Estes são apenas alguns dos animais relacionados à Semana Santa, mencionados nos textos bíblicos. O bezerro, o carneiro e o cavalo também poderiam ser citados, por sua relevância simbólica.

Dicas para viajar com seu animal de estimação durante a Páscoa

O animal de estimação é mais um membro da família. Portanto, uma viagem de lazer em família deve incluí-lo, a menos que seja inadequado para seu próprio bem-estar.

Cachorro viajando de carro

Se você for viajar durante esta Semana Santa, deve providenciar para que o animal aproveite a viagem e evitar os perigos ou inconveniências que possam afetá-lo.

A seguir, vamos lembrar os preparativos e cuidados que devem ser levados em conta para garantir uma boa viagem com o animal de estimação.

Antes de viajar com seu animal de estimação

O planejamento é importante para atender às necessidades e demandas e tornar a viagem agradável para todos.

Sugerimos que você faça uma lista com os elementos necessários; incluindo, entre outros, os seguintes elementos:

  • Trazer toda a documentação do pet que possam ser exigidas pelas autoridades de controle: cartão de vacinação, documento de identidade, certificado veterinário e passaporte para animais de estimação (quando existir).
  • Levar medicamentos de natureza profilática ou que o animal esteja tomando. Por exemplo, aqueles que evitam tonturas e vômitos, bem como um pequeno kit de primeiros socorros.
  • Inclua os pertences do animal de estimação. Leve sua ração, petiscos, brinquedos, coleiras, guias, cobertores, recipientes e caixas de transporte, de acordo com o meio de veículo em que vocês viajarão. Embora seja possível comprar coisas novas, ele se sentirá mais confortável e calmo se você pegar seus objetos cotidianos.
  • Ambas as preparações de viagem e sua atenção durante a mesma, devem ser consistentes com as características do animal. Estas incluem a sua idade, doença, tamanho e personalidade (se é inquieto, calmo, etc.).

Durante a viagem com seu animal de estimação

  • Evite passar ansiedade para seu animal.
  • Por segurança, transporte-o adequadamente de acordo com o meio de transporte escolhido.
  • Se ele fica nervoso quando viaja, mantenha algum medicamento receitado pelo veterinário à mão.
  • Quando a viagem é de carro, é aconselhável fazer paradas para o animal de estimação urinar, passear um pouco e esticar as pernas.
  • Ao chegar ao local escolhido, tenha paciência com seu pet e permita que ele se familiarize com o novo ambiente.
  • Continue com suas rotinas de caminhada, alimentação, urina e evacuações.
  • Não isole seu amigo; inclua-o nas atividades de férias programadas.

Estas são apenas algumas recomendações para viajar com o seu animal de estimação durante a Páscoa; embora tudo dependa do tipo de animal em questão.

Em todo caso, uma das recomendações mais importantes para qualquer espécie é não economizar amor e atenção para com este membro da família.

Esperamos também que você tenha gostado de conhecer os animais relacionados com a Semana Santa e o simbolismo dos mesmos.