Como criar um mini coelho angorá

· abril 25, 2019
O mini coelho angorá é um animal de estimação perfeito devido à facilidade para adestrá-lo e cuidar dele; além disso, ele também é pequeno, fofo e muito tranquilo... Exatamente o que você precisa se tem filhos ou se mora em um apartamento urbano.

Com seu pelo longo e sedoso, o mini coelho angorá é um dos mais escolhidos como animal de estimação, principalmente para os apartamentos pequenos. Neste artigo, vamos contar como criá-lo e também como deve ser o seu cuidado básico.

Características do mini coelho angorá

Primeiro de tudo, é necessário aprender um pouco mais sobre esta variedade de coelho doméstico, famosa por sua pelagem exuberante. Embora possamos pensar que este é um animal de estimação ‘moderno’, o fato é que o mini coelho angorá, cujo nome científico é Oryctolagus cuniculus, tem sido um animal de estimação desde meados do século XVIII na França.

Existem diferentes variedades, bastante semelhantes entre si – todas peludas e com cores claras – e com um peso médio de quatro quilos. Também é importante destacar que os coelhos podem se reproduzir em qualquer época do ano, visto que as fêmeas não têm um período específico de cio.

É um animal muito dócil e pacífico, que pode viver entre sete e nove anos e que é facilmente domesticado. É por isso que ele é escolhido como animal de estimação nas casas onde há crianças.

Características do mini coelho angorá

Cuidados com o mini coelho angorá

Se você quiser ter um mini coelho angorá, deve levar em consideração alguns cuidados básicos que terá que cumprir como dono. Desta forma, o seu animal de estimação viverá mais e melhor:

1. Escovar

A primeira recomendação quanto aos cuidados com ele é escovar os seus pelos, uma vez que, por serem tão longos, é provável que se acumulem e acabem sendo ingeridos, o que é perigoso para a sua saúde. Além disso, escovar o pelo duas ou três vezes por semana vai evitar que o pelo caia pela casa toda ou que haja ‘montanhas’ de pelo na sua gaiola.

2. Alimentação

O coelho é um animal herbívoro, que se alimenta de vegetais, frutas e forragem. Ele deve consumir estes alimentos todos os dias, juntamente com ração, forragem verde e feno; eles podem ser comprados em pet shops.

É melhor oferecer várias porções pequenas do que encher o comedouro de uma vez só, pois ele não vai comer tudo e assim haverá mais possibilidades de que a comida estrague e provoque mau cheiro.

Você deve verificar de quais frutas e legumes o seu animal de estimação gosta mais, e consultar o veterinário sobre a quantidade e a frequência com a qual ele pode desfrutar dessas ‘guloseimas’.

3. Gaiola

O lugar onde o seu mini coelho angorá vai ficar a maior parte do tempo deve ser confortável e ter as medidas adequadas. Embora eles não cresçam tanto quanto outros coelhos, também mudam de tamanho em relação à época em que são filhotes. Por isso, se você comprá-lo com poucas semanas de vida, tenha em mente que ele vai crescer um pouco e vai precisar ter uma gaiola confortável.

Os mini coelhos angorá não toleram ambientes muito quentes (mais de 30 °C) nem muito frios (menos de 10 °C). Eles precisam de uma boa ventilação e também que a gaiola permita que eles se movam, se exercitem ou brinquem quando quiserem.

Cuidados com o mini coelho angorá

4. Dentes

Uma das peculiaridades dos coelhos – em geral – é que os seus dentes crescem durante a vida toda. Para desgastá-los, eles precisam roer diferentes objetos ou alimentos. Se não fizerem isso, podem sofrer com o que é conhecido como ‘má oclusão dentária’, que traz muitos problemas para a sua saúde.

Para evitar que isso aconteça, recomendamos que você ofereça um bom pedaço de madeira que ele possa morder e que a sua dieta inclua alimentos ‘duros’, tais como cenoura ou ração especial para coelhos.

5. Higiene

É essencial manter a higiene das gaiolas, principalmente porque elas são propensas ao acúmulo de bactérias e sujeira, a gerar maus odores e a aumentar as chances de que o mini coelho angorá fique doente. Por isso, retire as fezes e alimentos que ele não tiver consumido todos os dias, e não se esqueça de colocar água fresca diariamente.

Além disso, também é muito importante que o animal esteja limpo. Embora ele mesmo se limpe caso fique enlameado ou muito sujo, passe um pano umedecido pelas suas costas ou pelas suas patas. Também corte as suas unhas de vez em quando para evitar que ele se machuque.

Não é tão complicado criar um mini coelho angorá, mas você precisa ter um pouco de tempo e também dedicação para este belo animal de estimação de aparência ‘fofa’.

  • Guerra Maldonado, A. del C. (2010). Efecto de la suplementación dietaria con metionina sobre la producción de pelo en conejo angora. Avances En Ciencias Veterinarias. https://doi.org/10.5354/0716-260x.1991.4660