Como cuidar de galinhas?

Ter galinhas pode trazer grandes benefícios, como um suprimento regular de ovos frescos para a casa. No entanto, essas aves precisam ser cuidadas corretamente para que tenham uma vida saudável.
Como cuidar de galinhas?

Última atualização: 08 Outubro, 2021

É possível cuidar de galinhas sem ser um avicultor especialista? Sim. Em qualquer caso, se o que se pretende é mantê-las como animais de estimação, deve-se notar que esses pássaros estão um tanto longe de serem semelhantes a um cão ou gato. Seja como for, a realidade é que são animais fantásticos que surpreendem pela sua personalidade e inteligência.

Se você optar por ter um grupo de galinhas em uma propriedade, deve conhecer bem o cuidado delas. Essas aves têm necessidades muito específicas que nem todos podem atender. Vamos ver quais são.

Posso ter galinhas em casa?

A galinha é uma subespécie doméstica da espécie conhecida como Gallus gallus. É uma ave galiforme da família Phasianidae, cuja origem está no sudeste da Ásia.

Apesar disso, o fato de ser classificada como “doméstica” não significa que essa ave seja adequada para todos os lares. Além disso, para ter uma galinha é preciso estar atento à atenção que deve ser dispensada. Em primeiro lugar, você deve se perguntar: “Será que eu posso ter galinhas em casa?”

Essa questão é muito importante e a primeira a ser respondida em todos os casos. Isso ocorre porque em certos locais a manutenção dessas aves é proibida ou uma licença especial é necessária. Se você morar no meio do núcleo urbano da cidade é  bem provável que não possa criar galinhas, por exemplo.

Por outro lado, mesmo que seja permitido ter galinhas na sua área de residência (inclusive sem a necessidade de licença), é sempre necessário cumprir certas regras se houver vizinhos muito próximos. Em certos casos, se desejar incluir um galo no curral, você deve ter em mente que são animais muito barulhentos e podem provocar incômodos logo de manhã.

Além disso, é importante saber se existe um número máximo de animais permitidos em cada cenário. Por fim, se a casa não for propriedade da pessoa que deseja ter galinhas, deve-se sempre pedir permissão ao dono do espaço.

Uma galinha com seus pintinhos.

Cuidando de galinhas: o espaço para viver

Uma vez que esteja claro que é possível manter essas aves em casa, é importante fazer uma análise de tudo o que é necessário para cuidar das galinhas. Ter esses animais de criação requer um investimento econômico, bem como tempo para cuidar deles.

Esses pássaros também precisam de espaço. O local deve servir não só para o estabelecimento de um galinheiro, mas também para proporcionar uma grande área de lazer ao ar livre. Finalmente, existem certas regras municipais que exigem que as galinhas fiquem a uma certa distância da casa.

É essencial considerar os regulamentos regionais antes de criar qualquer animal de criação.

Como deve ser o galinheiro

O galinheiro, espaço habilitado ou galpão disponível para a proteção das galinhas deve estar preparado para garantir a segurança desses animais. Isso significa que deve ser um local fechado e higiênico em partes iguais.

Uma boa estrutura é a única forma de afastar os predadores, mas também os pequenos roedores que podem transmitir certas doenças às aves. Além disso, o galinheiro deve ser um local onde os animais são mantidos secos, protegidos do frio e do sol e livres do estresse.

O espaço protegido para essas aves deve ter boa ventilação, mas também evitar correntes de ar. Além disso, deve ser grande o suficiente para acomodar todas as galinhas sem ficar superlotado.

É comum colocar os comedouros um pouco elevados, pois isso evitará que outros animais (como os roedores mencionados acima) tenham acesso à comida. Além dos comedouros, é importante colocar algumas tábuas de madeira ou poleiros na parede para as galinhas subirem, pois elas gostam de altura.

Além do anterior, não se pode esquecer as caixas de nidificação: deve haver 1 para cada 4 galinhas. É nelas que essas aves colocam seus ovos, por isso devem ter material de cama, como palha, e ser de tamanho adequado para que a galinha fique confortável.

Outra característica importante do galinheiro é que deve ser fácil de limpar, pois a higiene deve ser mantida em longo prazo. É aconselhável espalhar aparas, palha ou outro substrato semelhante no solo em intervalos de alguns dias, pois esse material absorve a umidade das fezes do animal.

Alimentação das galinhas

Um aspecto fundamental a se conhecer se você quer cuidar bem de galinhas é a alimentação. Esses pássaros são onívoros, então não pense que eles só comem milho, minhocas e ervas.

A base de sua dieta será preparações compostas de vários cereais. No entanto, como complemento, as galinhas se alimentam de frutas, verduras e legumes e também podem comer carnes, peixes e ovos. Claro que, quanto aos ovos, é importante que sejam oferecidos cozidos e com casca. Caso contrário, elas se acostumarão a bicar e comer todos os ovos postos.

A própria casca do ovo também pode ser oferecida a elas e, de fato, é muito benéfica, pois fornece cálcio. Porém, pelo mesmo motivo já exposto, é aconselhável oferecer a casca bem amassada às galinhas para que elas não a associem aos próprios ovos.

Água limpa e fresca deve estar sempre ao alcance. Por fim, deve ser esclarecido que as galinhas comem pequenas amostras de cascalho que coletam do solo que bicam. Estes têm uma função importante, pois auxiliam na digestão dos alimentos por ficarem alojados na moela (elas não possuem dentes). No entanto, se você quiser ajudá-las nesse aspecto, pode adicionar um suplemento mineral à sua alimentação.

Saúde da galinha

As galinhas são vítimas comuns de parasitas. Por esse motivo, em caso de aparecimento de sintomas no galinheiro (penas caídas, sulcos claros, apodrecimento e outros), podem ser usados vermífugos para aves que são adquiridos em lojas de produtos de origem animal ou veterinários.

Além disso (e levando em consideração as regulamentações do lugar onde você mora), às vezes é necessário que as galinhas sejam vacinadas. No caso de as vacinações serem obrigatórias, um profissional veterinário as administrará seguindo um cronograma rigoroso.

Por outro lado, cuidar de galinhas também implica estar atento aos sinais que podem indicar que elas estão doentes. Por exemplo, embora devido às mudanças climáticas seja normal que as galinhas percam mais penas do que o normal em certas ocasiões, em outras, uma queda abundante geralmente indica que algo não está indo bem com sua saúde.

Além disso, outros sintomas que podem indicar doença no animal são:

  • Mudança de cor na barba ou crista.
  • Não bota ovos.
  • Os ovos saem deformados.
  • Parou de comer.
  • Apresenta problemas de mobilidade.

Outras dicas para cuidar de galinhas

Quando se trata de cuidar de galinhas, é importante conhecer o comportamento desse animal. Isso é essencial, visto que é responsabilidade dos tutores permitir que elas desenvolvam seus comportamentos naturais como os seres primitivos que são.

Esses comportamentos incluem se esconder, cavar, escalar lugares altos ou tomar banho de sol. Elas também gostam de tomar banho de terra e comer insetos do chão. Essas aves são bastante inteligentes e entendem facilmente quais são seus horários. Além disso, rapidamente se acostumam a responder às reivindicações de seus cuidadores e gostam de interagir com eles.

Por tudo isso, se você quiser comprar galinhas, também deve considerar o tempo que pode dedicar a elas. Entre alimentação, limpeza, coleta de ovos e interação, pelo menos 2 horas por dia devem ser dedicadas.

As galinhas devem deixar o galinheiro todas as manhãs e voltar quando o sol se põe. Porém, o ideal é que possam entrar e sair quando quiserem, exceto à noite. Essas aves podem até conviver com outros animais. Mesmo assim, não se pode confiar 100% nesse aspecto, pois são elas que sofrem prejuízos caso algo dê errado.

Você conhece o comportamento das galinhas?

Cuidar de galinhas tem muitas vantagens, pois elas eliminam insetos e algumas pragas (como caramujos ou lesmas) e fornecem composto e ovos frescos para a casa. Para que possam exercer suas funções e usufruir de sua companhia, é necessário que tenham saúde, e isso dependerá dos cuidados oferecidos pelo tutor. Não negligencie esses cuidados, e você descobrirá animais com um temperamento incrível.

Pode interessar a você...
O comportamento das galinhas
Meus Animais
Leia em Meus Animais
O comportamento das galinhas

O comportamento das galinhas é gregário, diurno e hierárquico. As fêmeas são boas mães e os machos guardam o território. Saiba mais aqui!