7 curiosidades sobre os mosquitos

fevereiro 2, 2020
Além do incômodo que seu zumbido pode causar à noite, entre as curiosidades sobre os mosquitos está o fato de eles causarem 750.000 mortes por ano, embora a maioria das espécies seja inofensiva.

Zumbidos, picadas e coceira são os presentes irritantes oferecidos por pequenos insetos voadores, principalmente em noites quentes. Na pior das hipóteses, eles podem transmitir doenças graves. Hoje, contaremos algumas curiosidades sobre os mosquitos que certamente vão chamar a sua atenção.

Curiosidades sobre os mosquitos

Os culicídeos são uma família de dípteros – que têm duas asas – e nematopores – possuem longas antenas filiformes e multissegmentadas –  conhecidos coloquialmente como mosquitos.

Com um corpo alongado e um tamanho que, em geral, não excede 15 milímetros, eles têm uma expectativa de vida que varia entre 10 e 15 dias.

Atualmente, são contabilizadas cerca de 3.500 espécies que habitam grande parte do planeta. Aqui estão algumas curiosidades sobre os mosquitos que vale a pena conhecer.

1. Eles são os animais que causam mais mortes

Embora a maioria dos culicídios seja inofensiva para os seres humanos, algumas espécies desses insetos causam cerca de 750.000 mortes por ano em todo o mundo. Eles são vetores de muitas doenças perigosas, como:

Curiosidades sobre os mosquitos

Os vírus e parasitas que provocam essas patologias são transmitidos através da saliva do mosquito infectado e afetam mais fortemente crianças e idosos.

Contaremos algumas curiosidades sobre os mosquitos, aqueles insetos irritantes que zumbem, picam e podem transmitir um grande número de doenças, muitas delas realmente graves.

2. Somente as fêmeas picam

Os mosquitos se alimentam de néctar da planta, suco de frutas e outros líquidos que podem pegar dos vegetais. São apenas as fêmeas que picam as pessoas e outros animais para sugar o sangue que garantirá o desenvolvimento dos ovos, que serão depositadas em águas estagnadas.

3. Eles usam seis agulhas para sugar o sangue

Se você achava que, para te picar, o mosquito só precisava penetrar o apêndice alongado que ele tem na cabeça, chamado probóscide, na sua pele, você não tem todas as informações sobre ele.

Acontece que dentro desse tubo há seis agulhas que cumprem funções diferentes e complementares. Elas são as seguintes:

  • Duas delas têm uma espécie de ‘dente’ que usam para perfurar a pele.
  • Duas outras são usadas como se fossem pinças para manter a pele separada.
  • Uma das agulhas é responsável pela detecção dos vasos sanguíneos.
  • A sexta agulha é a que suga o sangue.

4. A saliva do mosquito é o que causa a coceira

Quando morde, o mosquito fêmea deixa vestígios da sua saliva na pele. Esta substância desempenha funções anticoagulantes e permite sugar mais facilmente o sangue.

Mosquitos voando

Acontece que a maioria das pessoas é alérgica à saliva desse inseto. É quando o sistema imunológico provoca uma resposta que resulta em vermelhidão, inflamação e coceira.

5. O zumbido é causado pelas asas

Esse som irritante, tão característico dos mosquitos e que muitas vezes ouvimos quando estamos prestes a adormecer, é gerado pelo movimento constante das suas asas. Quanto maior o mosquito, mais alto será o zumbido.

6. Os mosquitos detectam o dióxido de carbono que expiramos

Se você quiser saber por que eles têm uma predileção por zumbir em torno da sua cabeça, a resposta é que eles detectam o dióxido de carbono que é expelido da sua respiração. Eles também são atraídos pelo suor e outros odores, até mesmo os de alguns perfumes.

7. Os mosquitos contribuem para o equilíbrio ecológico

Entre as curiosidades sobre os mosquitos, vale esclarecer que, além do zumbido, do prurido e das doenças que eles transmitem, como todos os seres vivos, eles cumprem uma função importante para manter o equilíbrio natural.

Assim, destacam-se como polinizadores e constituem uma importante fonte de alimento para aves, morcegos, répteis, peixes e anfíbios.