12 tipos de joaninhas

Embora a joaninha-dos-7-pontos seja a mais famosa de toda a Europa, na verdade existem mais de 6000 espécies em todo o mundo. Existem muitos tipos de joaninhas e hoje vamos apresentar os mais interessantes para você.
12 tipos de joaninhas

Última atualização: 07 Julho, 2021

As joaninhas, cientificamente denominadas coccinelídeos, são uma família de insetos coleópteros cosmopolitas que abrangem mais de 6000 espécies. Embora a espécie mais famosa e conhecida seja a Coccinella septempunctata, deve-se notar que existem muitos outros tipos de joaninhas, com cores e padrões corporais muito diferentes.

As joaninhas são consideradas controladoras de pragas em muitas regiões, pois se alimentam de afídeos, cochonilhas-de-escama (Coccoidea), ácaros e outros invertebrados que prejudicam as plantações. No entanto, algumas espécies de coccinelídeos podem se tornar uma praga por si mesmas se forem introduzidas em ambientes estranhos. Se você quiser saber mais, continue lendo.

Características das joaninhas

As joaninhas são coleópteros (ordem Coleoptera) e compartilham um grupo com besouros típicos. Essa ordem é a maior de todo o reino animal, compreendendo 40% de todos os insetos e 25% de todos os seres vivos animais. Das mais de 400 000 espécies incluídas nesse táxon, cerca de 6000 são coccinelídeos (Coccinellidae).

Todos esses insetos têm 6 patas, medem de 0,8 a 18 milímetros de comprimento e têm forma curvada, com élitros funcionais (asas) que revestem o abdômen. Dependendo da espécie, podem apresentar padrões coloridos com pontos, listras, linhas verticais ou apenas uma cor geral.

Ciclo de vida das joaninhas

O ciclo das joaninhas é muito rápido, pois leva cerca de 4 semanas para ser concluído. Isso permite que várias gerações coincidam em um único verão, já que as fêmeas são capazes de colocar de 200 a 300 ovos entre a primavera e o verão.

No entanto, o que nem todos sabem é que as joaninhas passam por uma fase larval que dura cerca de um mês. Após se alimentar de afídeos, ácaros ou larvas de outros coleópteros, até 250 por dia, as larvas de coccinelídeos entram em um estágio de pupa, que dura cerca de 15 dias. Os adultos emergem da pupa com uma expectativa de vida de aproximadamente 1 ano.

Tipos de joaninhas

Como já dissemos, existem mais de 6000 espécies de coccinelídeos no mundo. Aqui vamos apresentar 6 das mais curiosas ou conhecidas, citando algumas outras mais brevemente. Não perca!

1. Joaninha-dos-7-pontos (Coccinella septempunctata)

Coccinella septempunctata é a espécie de joaninha mais comum em toda a Europa. Esse invertebrado possui um par de élitros vermelhos com 3 pontos em cada asa, além de outro ponto que aparece próximo à região cefálica, na junção entre ambos. Por esse motivo, é conhecida como “joaninha-dos-7-pontos”. Essa espécie possui uma grande amplitude ecológica, desde que existam afídeos para que se alimentem.

 

A espécie clássica de joaninha.

2. Joaninha-de-2-pontos (Adalia bipunctata)

Essa espécie tem morfologia semelhante ao caso anterior, mas com 2 pontos distantes, um em cada élitro, daí seu nome científico. É encontrada na Europa Ocidental e Central, além de certas regiões da América do Norte. Infelizmente, está se tornando cada vez mais difícil encontrá-la nos Estados Unidos.

 

Uma joaninha-de-2-pontos.

3. Joaninha Coccinella transversalis

Essa espécie, de aspecto atípico e muito diferente das joaninhas europeias, se distribui desde a Índia, passando pelo Sul e Sudeste Asiático, até a Malásia e a Austrália. Mede de 3,8 a 6,7 milímetros de comprimento e apresenta muito pouca variabilidade entre as populações. Chama a atenção pela cor avermelhada de base, com faixas pretas que delimitam a linha média de seus élitros.

 

Uma joaninha diferente.

4. Joaninha-de-22-pontos (Psyllobora vigintiduopunctata)

Curiosamente, passamos do vermelho tomate para o amarelo berrante. Essa espécie de coleóptero também pertence à família dos coccinelídeos, mas tem élitros amarelos característicos, que também é a tonalidade das larvas. Cada élitro é adornado com 11 pontos pretos, sendo 22 no total, e a região do pronoto (branca) adiciona outros 5 pontos.

Ao contrário das outras, essa espécie não é predadora de pulgões e outros invertebrados. Ela se alimenta de fungos que crescem nos tecidos das plantas.

 

Outro dos tipos de joaninhas.

5. Joaninha-asiática-multicolorida (Harmonia axyridis)

Essa espécie, nativa da Ásia e introduzida na América do Norte para controle de pestes, tornou-se ela mesma uma praga em muitas das regiões de onde não é nativa. Conforme indicado pelo site Invasive Species compendium (CABI),os primeiros espécimes foram introduzidos em 1916, mas foi apenas na década de 1980 que começaram a se tornar um problema.

A joaninha-asiática-multicolorida invadiu os ecossistemas americanos e é um problema para a fauna local. Devido à sua resistência e ao seu potencial prolífico, ela substituiu outras espécies endêmicas de coccinelídeos.

 

Outro dos tipos de joaninhas.

6. A joaninha Coleomegilla maculata

Essa joaninha é endêmica da América do Norte, encontrada em grande parte de Nova York, sul de Ontário e em muitos outros estados. Seu formato é ovalado, com 6 pontos em cada um dos élitros e uma cor de fundo que varia do laranja ao vermelho.

 

Outro dos tipos de joaninhas.

Outros tipos de joaninhas

Por suas belas cores e tonalidades chamativas, as joaninhas são um dos grupos de coleópteros mais famosos do mundo. Apresentamos 6 das espécies mais famosas, mas lembramos que existem até 6000 delas. Para cobrir um pouco mais de terreno taxonômico, confira mais algumas joaninhas:

  1. Papuaepilachna guttatopustulata: além da cor, essa espécie chama a atenção por ser herbívora. Tanto os adultos quanto as larvas se alimentam das folhas de plantas solanáceas.
  2. Brumoides suturalis: essa espécie se destaca por seu padrão de cores. Apresenta um fundo dourado metálico com linhas pretas.
  3. Hippodamia tredecimpunctata: como o próprio nome sugere, essa espécie possui 13 pontos divididos entre os dois élitros. É encontrada na Europa, no Norte da África e em muitas outras regiões.
  4. Hippodamia convergens: é uma joaninha nativa da América do Norte, mas foi introduzida na América do Sul para acabar com as pragas de afídeos.
  5. Anatis ocellata: essa espécie se destaca por ter halos brancos ao redor dos pontos pretos dos élitros.
  6. Novius cardinalis: uma das joaninhas que mais foi utilizada historicamente para acabar com pragas agrícolas, devido à sua especialização predatória, principalmente dirigida à espécie Icerya purchasi.

Existem muitos tipos de joaninhas. A maioria é predadora de afídeos, mas existem outras  que são herbívoras ou que se alimentam de fungos.

Um espécime de Anatis ocellata.

Como você pode ver, as joaninhas vão muito além de um pequeno besouro com 7 pontos pretos nos élitros. Coccinella septempunctata é a mais famosa de todas, mas os tipos de joaninhas se destacam por sua variedade.

Pode interessar a você...
O que as joaninhas comem?
Meus AnimaisLeia em Meus Animais
O que as joaninhas comem?

É um equívoco pensar que esses insetos comem plantas e vegetais para se alimentarem. Leia este artigo e descubra o que as joaninhas comem!



  • Carle, E., & Barden, C. (1996). The grouchy ladybug. New York: HarperCollins.
  • Hodek, I., & Honêk, A. (2013). Ecology of coccinellidae (Vol. 54). Springer Science & Business Media.
  • Hodek, I. (2013). Biology of coccinellidae. Springer Science & Business Media.
  • Obrycki, J. J., & Kring, T. J. (1998). Predaceous Coccinellidae in biological control. Annual review of entomology, 43(1), 295-321.
  • Gordon, R. D. (1985). The Coccinellidae (Coleoptera) of America north of Mexico. Journal of the New York Entomological Society, 93(1).