Espécies de elefantes por tamanho

· dezembro 16, 2018
As diferenças entre as espécies deste mamífero também se concentram na forma do seu corpo, pele, cabeça, presas, tromba, orelhas e pernas.

Muitas pessoas não sabem que existem diferentes espécies de elefantes. Muitas vezes, acredita-se erroneamente que existe apenas o elefante africano. No entanto, ele tem um parente na Ásia, e ambos se encontram em risco de extinção.

As diferentes espécies de elefantes

O grande elefante africano, protagonista de tantas histórias, documentários e outras imagens, não está sozinho no mundo.

Elefantes, africanos e asiáticos, têm algumas diferenças importantes, como o tamanho. No que diz respeito à sua inteligência, nenhuma diferença importante foi observada.

Nesse sentido, esses dois tipos de elefantes podem ser classificados, entre outras coisas, pela diferença de tamanho.

O elefante asiático é diferenciado pela forma da cabeça e das orelhas. A princípio, essas duas espécies podem parecer bastante semelhantes.

Mas o elefante africano é geralmente um pouco maior do que seu equivalente asiático.

Diferenças entre o elefante africano e o asiático

Tamanho

A principal característica que diferencia o elefante africano do asiático é o seu tamanho. O primeiro é consideravelmente maior e mais pesado.

De fato, o normal desta espécie é medir 3,5 metros de altura por 7 metros de comprimento. Quanto ao peso, geralmente fica em torno de 4.000 a 7.000 quilos.

Bebê elefante

Por sua vez, o elefante asiático mede cerca de 3 metros de altura por 6 metros de comprimento e, em termos de peso, geralmente chega a 5.000 quilos. Portanto, o elefante africano se consolida como o maior mamífero terrestre.

Forma do corpo

Embora à primeira vista estas duas espécies de elefantes pareçam quase iguais, existem várias diferenças sutis que revelam a origem delas.

Nesse sentido, o espécime asiático tem a espinha na forma de um arco, com o ponto mais alto no centro das costas. Ao contrário de sua contraparte africana, cujo ponto mais alto está na espinha dorsal.

Pele

Parece incrível que a pele também seja um dos pontos de distinção entre essas duas espécies. A pele do africano é consideravelmente mais enrugada e muito mais espessa que a do asiático.

Cabeça

A cabeça do elefante asiático é completamente diferente da do africano. Neste caso, a estrutura tem uma depressão na testa e uma curvatura que vai desta para trás.

Por outro lado, o elefante africano não apresenta nenhuma dessas características.

Espécies de elefantes: o elefante africano

Tipos de elefantes: africanos e asiáticos

Diferenças genéticas

Embora ambos os elefantes pertençam à mesma espécie, também é verdade que eles têm importantes diferenças genéticas.

Essas diferenças são tão grandes que, na verdade, é quase impossível um cruzamento entre essas duas espécies ou vê-las juntas em um mesmo grupo.

Tromba

A tromba de ambos os elefantes é aparentemente a mesmo. No entanto, a do elefante asiático tem um único lobo superior. Por sua vez, o africano tem dois lobos: um no topo e outro no fundo.

Presas

Todos os elefantes africanos, tanto fêmeas quanto machos, têm presas. No entanto, na Ásia há uma pequena diferença, uma vez que apenas elefantes machos apresentam presas longas e pontiagudas, que surgem quando o animal ainda é muito jovem.

Elefante jorrando água pela tromba

Pernas

Mesmo os menores detalhes são diferentes entre essas duas espécies de elefantes, como é o caso de suas pernas.

Neste caso, os africanos têm quatro ou cinco dedos nas patas dianteiras, enquanto nas patas traseiras só têm três. Os elefantes asiáticos, por outro lado, têm cinco dedos nas patas dianteiras e quatro nas patas traseiras.

Orelhas

Vale notar que, além de seu tamanho, as orelhas constituem outra das características mais diferenciadoras entre essas espécies da mesma família.

manada de elefantes

Os espécimes da Ásia, e particularmente da Índia, têm orelhas muito mais curtas e arredondadas do que os africanos. Os últimos têm orelhas tão grandes que até cobrem completamente a região do ombro.

A diferença entre as orelhas de ambas as espécies se deve principalmente ao fator climático. Nesse sentido, as orelhas exercem um papel fundamental na regulação da temperatura.

Portanto, é fácil entender a razão de elas serem maiores, já que as temperaturas na África são muito mais extremas.

Depois de conhecer as principais características desses grandes animais, é mais fácil diferenciá-los. Embora, sem dúvida, o tamanho seja um dos fatores mais importantes e mais fáceis de observar de relance.