A população de gorilas de montanha atinge 1.000 exemplares

· julho 20, 2018
Ao contrário de outras espécies de primatas, também em perigo de extinção, essa duplicou o número de espécimes vivos em 30 anos. Isso apesar da caça ilegal, da destruição de seu habitat e das guerras.

Gorila de montanha, sua população atinge 1.000 exemplares!

O mais antigo parque nacional na África e seus habitantes estão com sorte: o mítico gorila de montanha, protagonista do filme “A montanha dos gorilas”, atinge mil espécimes em sua população selvagem.

O gorila de montanha, a exceção entre os primatas

Os dados são muito positivos: nos últimos 30 anos, a população de gorilas de montanha (Gorilla beringei beringei) duplicou e, além disso, a cada dia eles gozam de melhor saúde.

No ano passado, um grupo de 31 primatologistas de todo o mundo produziu um estudo que mostrou uma situação terrível para os primatas, por causa de um de seus parentes mais próximos, o homem: 60% dos primatas do mundo estão em perigo de extinção e três quartos estão perdendo suas populações a um ritmo alarmante.

Não é assim com o gorila de montanha, que ainda que esteja em perigo de extinção, sua população está em ascensão, algo que não ocorre com a maioria dos primatas. Espécies como o macaco de Gibraltar estão ameaçadas pelo tráfico ilegal, enquanto outros como Babuíno-gelada estão encurralados devido às mudanças climáticas.

gorila de montanha

A conservação do gorila de montanha

A lendária Dian Fossey, que deu sua vida por estes gorilas, ficaria orgulhosa: apesar da caça ilegal contra a qual lutou, a degradação do seu habitat e das guerras que atingem também aos animais em sua área, a população de gorilas de montanha está se recuperando.

O estudo foi capaz de mostrar que ainda existem gorilas selvagens em Virunga: quase 200 espécimes não acostumados ao contato humano. E parte do sucesso da conservação dos gorilas dependeu de este ser um primata único, com uma história fascinante.

Após a morte de Dian Fossey, o parque de Virunga foi aberto ao turismo: milhares de pessoas visitam o parque em pequenos grupos para observarem os gorilas, então eles já estão acostumados com a espécie humana.

Também, um grupo de veterinários conhecidos como “doutores de gorilas” realiza análises diárias dos espécimes, como se fosse uma clínica itinerante, que permite até tratar os gorilas na selva.

gorila de montanha

Como sabem quantos gorilas existem?

Para desenvolver este estudo, um grupo de conservacionistas viajou mais de 2.000 quilômetros em Virunga em busca de fezes, impressões digitais e pelos, para assim contarem os gorilas. As amostras de DNA são processadas para saber se estão falando de duas amostras do mesmo animal ou de diferentes animais.

A estimativa dos pesquisadores mostra a população de gorilas em Virunga em 41 grupos, que perfazem um total de 600 exemplares, aos quais devemos acrescentar mais de 400 indivíduos que vivem na floresta impenetrável de Bwindi, em Uganda.

A análise genética certamente permitiu um censo mais preciso do que o de 2010, além de poder estabelecer melhor a natureza dos grupos sociais desses animais.

No entanto, Virunga ainda é um lugar perigoso para os gorilas e para as pessoas: o sequestro de dois turistas britânicos deve ser adicionado aos guardas mortos para proteger os gorilas, há alguns meses, o que levou o parque a ser fechado para o turismo até 2019.

Isso ocorreu porque o parque precisa reforçar seus protocolos de segurança, já que o turismo é o que mantém o parque e os gorilas nacionais. Graças à figura de Dian Fossey, do turismo e de celebridades como Ellen DeGeneres, que tem investido no parque, é possível garantir mais proteção a esses animais, já que a segurança é vital para Virunga.