Histórias populares sobre gatos

maio 30, 2019
Essas histórias, embora possam ser fictícias, refletem o quanto a convivência entre os felinos e os seus donos pode ser divertida.

Os gatos são animais muito especiais, que despertam um enorme interesse e curiosidade em todos nós. Por esta razão, existem muitas lendas, histórias e mitos da cultura popular que envolvem esses felinos, suas habilidades instintivas e seus supostos poderes ‘extrassensoriais’. A seguir, veremos algumas histórias populares sobre gatos, sua aparência, comportamento e relacionamento com os seres humanos.

2 histórias populares sobre gatos

1. Um gato, sua dona e uma visita incomum ao veterinário

Em um dia como outro qualquer, uma mulher de uma certa idade entra em uma clínica veterinária carregando um gato dentro de uma caixa de transporte. A mulher pede para falar com o veterinário sobre um problema muito urgente que ela tem para contar.

Gato na caixa de transporte

A mulher afirma que sua irmã, durante a semana anterior, acordou com um verme na sua cama. Ao ouvir a história, e sem entender muito bem por que a mulher o estava consultando, o profissional sugere que a irmã procure um médico. E ele imediatamente lhe pergunta o motivo de sua visita à sua clínica…

Mas a mulher ainda não havia terminado a sua história e continua explicando o problema. Então, ela diz que a irmã já havia ido ao médico, que havia receitado uma medicação antiparasitária. Inclusive, ela já havia tomado a medicação no fim de semana, na noite anterior e naquele mesmo dia.

Já se sentindo cansado da história incoerente, o veterinário diz que lhe parece perfeito que a irmã seguisse as ordens do seu médico. No entanto, novamente, a mulher ainda não tinha terminado a sua história…

A mulher prossegue, contando que a irmã havia tirado do gatinho um verme de três metros (uma imagem que não é nada agradável de imaginar). E então o veterinário responde que existem tênias de vacas e porcos que podem medir ainda mais.

Não era o verme, era o gato

A mulher continua com a sua história, sempre muito nervosa… Ela conta que a irmã havia colocado o imenso verme em um pote para mostrá-la ao seu médico. Logicamente, o veterinário pergunta o que o médico disse quando viu tal verme.

No entanto, a mulher diz que elas não conseguiram chegar ao médico com o verme, porque o gato o havia comido. Então, sua consulta ao veterinário era para saber o que ela poderia fazer com o seu felino depois desse episódio desagradável com o verme.

2. Uma casa encantadora, uma gata gordinha e um final inesperado

No quinto andar de um edifício muito encantador morava uma senhora de quase 60 anos. A mulher, que sempre estava muito bem vestida, era a orgulhosa dona de uma gatinha preta chamada Cindy.

Uma gata gordinha

Um dia, a mulher vai até uma clínica veterinária, muito preocupada com o excesso de peso e nervosismo de sua gatinha. Segundo ela, Cindy havia engordado rapidamente e estava mais inquieta do que o normal.

O veterinário faz algumas perguntas para verificar os sintomas, mas não encontra nenhum sinal de doença. Então, ele pergunta à mulher se a gata já havia sido castrada. A mulher responde que não gostava da ideia de castrar os seus animais e que, por isso, Cindy nunca havia sido operada.

O veterinário prossegue com um exame físico completo, especialmente do abdômen da gatinha. Depois de apalpar a barriga e detectar a presença de fetos em pleno desenvolvimento, o médico olha para a mulher e diz: “Mas senhora, a sua gata está grávida e a senhora não me disse nada?”

Mostrando uma certa irritação diante da pergunta do profissional, a mulher responde: “Não, senhor, isso é impossível. A Cindy nunca sai do meu apartamento.” É claro que o veterinário fez uma cara de espanto e, por alguns segundos, duvidou do próprio diagnóstico.

Mas Cindy não estava tão sozinha…

O veterinário, ao olhar pela janela, observou um grande e belo felino na janela de um apartamento vizinho. Desta forma, ele pergunta para a sua cliente: “Desculpe, senhora, mas você não me disse que a senhora tem outro gato no seu apartamento.”

– “Você não me perguntou isso, doutor. Sim, de fato, eu tenho outro gato em casa”, a mulher respondeu com um tom entre cansado e irritado.

– “Peço perdão, senhora, mas me diga: este gato é macho ou fêmea?” O veterinário pergunta com claro alívio ao perceber que os seus conhecimentos veterinários não tinham falhado.

Como você já deve estar imaginando, a mulher responde que ela tem um gato macho. Com um leve sorriso no rosto, o veterinário pergunta se o outro gatinho foi castrado.

– “Doutor, eu já te disse que não gosto de castrar meus animais. Meu gatinho está íntegro”, responde a mulher novamente, com certa irritação no tom de voz.

Diante dessa resposta, o veterinário informa que os gatos haviam cruzado e que Cindy estava grávida. Com um completo e verdadeiro horror ao ouvir esta afirmação, a mulher diz com grande confiança:

– “Impossível, doutor, ele é irmão dela”.

Aproveitando estas divertidas histórias populares sobre gatos, lembramos a importância de manter um controle reprodutivo eficaz dos nossos gatinhos. Além disso, lembre-se de oferecer a medicação preventiva adequada para os seus animais de estimação durante toda a sua vida.